Genealogia de YAHUSHUA

 

Conhecendo a Genealogia acerca de Yahushua, o Ungido, descrita por

MatitYahu - Genealogia Matrilinear
 

Neste estudo trataremos de um assunto importante quanto à pessoa de Yahushua, o Ungido salvador e rei de Israel, a saber: o que diz respeito a sua genealogia, a qual é descrita tanto por MatitYahu (genelaogia matrilinear), quanto por Lucas(genealogia patrilinear).

 

É importante mencionar que para entendermos acerca da genealogia de Yahushua, precisamos ter em mente as profecias referentes ao Ungido, as quais são:

1º) O Ungido deve vir da semente de Abraham(Abraão) - Gn22:18

2º) O Ungido deve vir da linhagem de Yitzháq(Isaque) -   Gn21:12

3º) O Ungido deve vir da linhagem de Yaacov(Jacó) - Gn24:17

4º) O Ungido deve vir da tribo de Yehudah(Judá) - Gn49:10

5º) O Ungido deve vir da linhagem de Yshay(Jessé) - Is.11:1

6º) O Ungido deve vir da linhagem de David - Jr 23:5

              

Outro ponto importante a ser mencionado, diz respeito a POLISSEMIA, lembrando que Polissemia são palavras que possuem vários significados. O cuidado com a polissemia, ajuda-nos a compreendermos qual a palavra que se enquadra no contexto, do texto analisado.

Princípio básico:

As genealogias bíblicas que chamamos de “árvores genealógicas”, são provenientes da semente do varão. Isto é, do sêmen, por isso a tal árvore genética de um clã (tribo), por exemplo, contava-se através dos homens, varões e não das varoas.

Para que Yahushua seja o verdadeiro Ungido, conforme a predição profética é necessário que ele seja filho carnal (descendente) de David, sendo assim, descendente carnal da tribo de Yehudah e, conseqüentemente, filho de Yosef (esposo de Miriam), caso contrário, não se cumpre nele, o plano messiânico relatado nas profecias, inclusive nos salmos, assim como na Torah.

 

Genealogia de MatitYahu

Observem o texto em destaque abaixo oriundo do grego:

Mateus 1:16;  “...e a Jacó nasceu José, marido de Miriam, da qual nasceu Yahushua, que se chama Ungido”

Nota: no grego, convencionou-se a apresentar Yosef (José) da genealogia de MatitYahu (Mt) como o MARIDO de Miriam, “Maria”. A grande questão é que quase por unanimidade entre os estudiosos, diz-se que o livro de Mt, foi oriundo do hebraico. Diante disso, a questão é: qual a palavra em hebraico que se enquadra e/ou se ajusta no lugar de marido, convencionado nos escritos gregos?

Vejamos, na forma aramaica, língua semita, no lugar de “Marido”, a palavra usada é: GA’BRA., palavra essa polissêmica, ou seja, com vários sentidos, as quais são:

1º) Pai;

2º) Marido;   

3º) homem.

 

Os tradutores ao optarem por traduzir a expressão aramaica GA’BRA como esposo e/ou marido ao invés de Pai, ocasionaram, não apenas uma contradição na genealogia em MatitYahu(Mt), mas também suprimiram 1(uma) geração.

Analisando as escrituras, podemos observar que ao que tudo indica, Maorem teve dois “Yosefs” em sua vida:

1º -  todo mundo conhece, o seu esposo;

2º -  o seu pai, o qual tinha o mesmo nome de seu marido.

 

Assim, quando aparece o nome Yosef na genealogia de MatitYahu, a expressão aramaica GA’BRA deve ser traduzida como PAI e não ESPOSO. Essa tese é reforçada no verso dezessete com a afirmação de que, o Ungido devia aparecer depois de três seqüências de 14 gerações após Abraham (Abraão):

MatitYahu1:17:  “De sorte que todas as gerações, desde Abraham (Abraão) até David, são catorze gerações; e desde David até a deportação para a Bavel, catorze gerações; e desde a deportação para a Bavel até o Ungido, catorze gerações.

 

Sendo assim, 14+14+14 é igual a 42, no entanto, em MatitYahu temos: 14+14+13 sendo o equivalente a 41, faltando uma geração justamente no último bloco, onde aparece a expressão ambígua Ga’bra:

 

Quadro da Genealogia descrita por MatitYahu

 

 

Comentário: De fato, se somarmos o número de gerações descrita no capítulo 1(um) de MatitYahu(Mt), encontraremos 14 gerações de Abraham a David. De David a deportação babilônica, também dá 14 gerações. O erro grave é que da deportação babilônica até o Ungido, só dá 13 gerações!

A pergunta que nos vem à memória é: Como isso é possível, uma vez que, no verso 17 a afirmação é de 14?

 

EXPLICAÇÃO: Ao tomar Yosef como marido de Miriam(conhecida como Maria), suprimiu-se uma geração, colocando dessa forma, tanto Miriam(conhecida como Maria) quanto Yoosef numa mesma geração!!!

No momento em que fazemos uso de um dos significados da palavra aramaica Ga’bra, de modo que haja sentido, confirmação e coerência na genealogia descrita por MatitYahu, Yosef é apresentado como Pai de Miriam(conhecida como Maria).

Como podemos perceber, o nome Yosef, era um nome comum; popular em Israel e, com certeza, este também era o nome do pai de Maorem.

Por isso, dessa forma, seria contado mais um, nas gerações e daria 14, solucionando a imensa contradição! Então as últimas 14 gerações antecedentes à Yahushua, são:

 

 

Traduzindo corretamente:

MatitYahu 1:16;  “...e a Yaacov(Jacó) nasceu Yosef, Pai de  Maorem (Maria), da qual nasceu Yahushua, que se chama Ungido.”

O incrível é que no versículo 19, quando o autor faz referência ao esposo de Maorem, a palavra usada NÃO FOI GA’BRA,mas SIM, BA’lA, cuja raíz, encontra-se na palavra BA’AL, a qual denota explicitamente os seguintes termos: marido, dono! Esta variante parece proposital, pois desta forma, não tem como confundir os “Yosefs”.

“...E como Yosef, seu Ba’la (esposo), era justo...”

Isto implica que a genealogia de MatitYahu, NÃO está relacionada ao esposo de Miriam, Yosef, mas SIM, da própria Miriam, mãe de Yahushua! Essa genealogia, retrata a descendência direta de Yahushua com a linhagem de David.

Conclusão: A genealogia de MatitYahu, deixa de pertencer à Yosef e, passa a ser de Miriam, ou seja, a genealogia de MatitYahu, é uma Genealogia Matrilinear.

 

A prova dos dois “YOSEFS”

Em MatitYahu(Mt) 1:16, o pai de Yosef( José) é Yaacov(Jacó). Em Lc 3:23, o pai de Yosef é Eli. Como podemos observar, estamos diante de duas pessoas distintas, ou seja, o Yosef descrito em MatitYahu, NÃO é o mesmo descrito em Lucas!

Nota 1 - Observem atentamente na figura abaixo, extraída da Peshitta Aramaica, a palavra circulada em vermelho no versículo 16, a qual traduzida para o inglês, temos: Kinsman.

 

 

Nota 1 - No Google tradutor, essa palavra Kinsman é traduzida por: PARENTE masculino.

 

Nota 2 - No dicionário Michaelis, temos a seguinte definição para a palavra Kinsman: parente, homem da mesma família.

 

Nota 3 - link: https://dicionario.reveso.net/inglesdefinicao/kinsmantemos as seguintes definições para a palavra Kinsman:

1º) relação sanguínea ou relação de casamento;

2º) membro de alguma raça, tribo ou etnia.

 

Nota 4 - link: https://dictionary.reference.com/browse/kinsman?s=t , temos as seguintes definições para a palavra Kinsman:

1º) relação sanguínea, da parte masculina;

2º) relativo a casamento;

3º) pessoa da mesma nacionalidade ou grupo étnico.

 

Agora, vejamos no versículo 19, a palavra circulada em vermelho: her husband. A tradução dessa palavra para o português é: seu esposo e/ou seu marido.

 

Como podemos observar, a palavra usada no versículo 16( Kinsman), NÃO É A MESMA usada no versículo 19( her husband), logo o significado delas também NÃO é o mesmo no contexto escritural dos textos citados. Resumindo: mudando as palavras, mudam o significado das mesmas.

 

Conhecendo a Genealogia acerca de Yahushua, o Ungido, descrita por

Lucas - Genealogia Patrilinear

 

Ao contrário da genealogia de Manyaohu, a genealogia descrita por Lucas, não está regulada pela quantidade de gerações. Nessa genealogia, a contagem se dá a partir de Yahushua e, termina com Adam.

A genealogia descrita por Lucas, é por adoção, por direito.

Vejamos o texto que se encontra em Lucas 3:23 “ E o mesmo Yahushua começava a ser de quase trinta anos, sendo ( como se cuidava) filho de Yosef e, Yosef filho de Eli."

 De acordo com o texto citado acima, podemos observar dois pontos importantes:

1º) o Yosof mencionado em Lucas 3:23, NÃO se trata do mesmo Yosaf descrito na genealogia em MatitYahu;

2º) o Yosaf mencionado em Lucas 3:23, é esposo de Miriam, pai por adoção de Yahushuae, por fim, filho de Eli;

3º) o Yosaf mencionado em MatitYahu 1, é Pai de Miriam, filho de Yaacov e, avô de Yahushua.

 

Contato

Oholyao em Queimados RJ

oholyaodeiaurrushua@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode