Perguntas, Comentários e, Respostas, referente ao Estudo Sobre Alma

 
 
Estamos compartilhando nesse tópico os comentários recebidos a respeito do estudo que abordamos sobre Alma. As respostas dadas a cada um desses comentários, tem por objetivo esclarecer ao leitor a importância de se compreender a respeito da Criação de Yahu Elohim, descrita em Genesis.
 
Caso você que esteja tendo acesso a esse nosso tópico, não encontrar em meio aos comentários que recebemos, um que seja semelhante a sua dúvida, envia-nos sua pergunta, afim de somarmos no conhecimento da verdade.
 
Abaixo estãos alguns dos comentários que recebemos a respeito desse estudo que elaboramos sobre Alma. Talvez em um desses comentários, esteja a sua dúvida leitor. Esperamos conseguir através das respostas aqui dadas, sanar suas dúvidas no nome Yahushua, o Ungido.
 
Vamos as Respostas:
 
1° Comentário - O que distingue o homem dos demais animais, é a nichamat cha-aim.
 
Resposta: ERRADO! Precisamos ter bem definido em nossa mente o seguinte: a Nichamat-cha-aim é o FÔLEGO proveniente do Yahu, o qual vivifica tudo o que por ELE é criado. Assim sendo, tanto o homem, quanto os animais selváticos, quanto os domésticos, aquáticos, os répteis, as aves, os vegetais, dentre os demais que Yahu criou, tem fôlego de vida (Gn 6:17), ou seja, tem Nichamat-cha-aim! E quando esse fôlego é retirado, esses seres criados morrem! Portanto, o que difere o homem das demais criaturas, é a forma como ele foi criado e, o modo como esse fôlego lhe foi concedido! De acordo com as Escrituras, Yahu ordenou para que as águas fossem povoadas de enxame de SERES VIVENTES(Gn 1:20) e, assim se fez! E, do mesmo modo, ordenou que a terra produzisse SERES VIVENTES(Gn 1:24). E, assim foi feito, segundo a palavra do Yahu. Já no que diz respeito a criação do homem, ELE mesmo o criou do pó da terra, vivificando-o através de seu fôlego de vida (Nichamat-cha-aim), o qual foi soprado nas narinas deste homem(Gn2:7), tornando-o em um SER VIVENTE, ou seja, em Nefesh Hayah.
 
Abaixo pontuamos alguns textos onde a nichamat cha-aim(fôlego de vida), é descrita como Ruach cha-aim, de modo a deixarmos claro, com base nas Escrituras que, em TUDO o que Yahu criou, há FÔLEGO DE VIDA e/ou RUACH CHA-AIM:
 
Gn 6:17 " Porque estou para derramar águas em dilúvio sobre a terra para consumir TODA a carne em que há fôlego de vida debaixo dos céus. TUDO o que há na terra perecerá.
 
 
Gn 7:15 " De TODA a carne em que havia fôlego de vida, entraram de dois em dois para Noé na Arca."
 
 
Observem agora o texto abaixo que se encontra em:
Gn 7:22 " TUDO o que tinha fôlego de vida em suas narinas, TUDO o que havia em terra seca morreu."
 
 
2° Comentário - Alma é sim algo à parte do Corpo. Porque segundo as Escrituras, a Alma é a VIDA DO CORPO. Até mesmo porque no ensino hebraico, a Alma é quem vitaliza  o corpo e, também é dito que saindo a alma do corpo, esse morre.
 
Resposta: ERRADO! Esse conceito no qual a alma é apresentada como algo à parte do corpo, NÃO EXISTE antes do cativeiro babilônico, como já mostramos ao longo desse estudo. Esse conceito de alma á parte do corpo, é do período pós exílio, no qual os Yaohudim sob fortes influências persas e, mais tarde grega, assimilaram conceitos estranhos aos que foram transmitidos aos seus antepassados.
 
Novamente reafirmamos o seguinte: compreender a formação humana fazendo uso de conceitos gregos, dentre eles o conceito de Alma, dificilmente o indivíduo conseguirá compreender que o homem é um SER completo e, indivisível! Todo o Ser deste homem NÃO atua de maneira independente, ou à parte, mas sim em unidade! Daí, quando uma pessoa está ansiosa, todo o seu SER responde a essa ansiedade. Do mesmo modo quando alguém sente medo, raiva, alegria...todas essas emoções são manifestadas através do corpo, mas NÃO significa que este é independente do Ser.
 
3° Comentário - Os animais também são chamados de seres vivos, em razão da mudança no sentido de nefesh, relacionado a garganta, passou para respiração.
 
Resposta: ERRADO! Sabemos que Nefesh é uma palavra polissêmica, ou seja, possui significados diversos, daí a importância de sabermos qual destes se enquadra no contexto analisado. Assim sendo, garganta é um dos significados atribuídos a Nefesh no que tange a respiração; fôlego. Portanto, afirmar que houve mudança de garganta para respiração, não faz sentido, quando se conhece a formação do aparelho respiratório, quer seja dos animais, quer seja dos homens. Assim sendo, garganta está relacionada a respiração pelo fato do ar inspirado, percorrer o caminho que leva esse ar(fôlego) até os pulmões! Diante disso, os animais são Nefesh Hayah( Seres Viventes), porque Yahu assim determinou que eles fossem, quando deu ordem as águas para serem povoadas de enxames de SERES VIVENTES e, do mesmo modo deu ordem a terra para produzir SERES VIVENTES! Os animais são Nefesh Hayah, porque neles há fôlego de vida! Gn 1:20-24
 
4° Comentário - Nefesh é a vida de toda a carne
 
Resposta: ERRADO! A primeira coisa que se faz necessário para aqueles que se deparam a respeito do que é Alma, é compreender o que é Nefesh! E quando enfatizamos a importância de se compreender o que é Nefesh, assim falamos porque, dificilmente aqueles que buscam obter esse entendimento fazendo uso de conceitos filosóficos gregos, compreenderão o real conceito de Nefesh no hebraico!
 
Mais uma vez reafirmamos o seguinte: o sentido de Nefesh na criação descrita em Genêsis, diz respeito a SER/SERES. Daí a necessidade de conceituarmos esse termo no contexto em que ele está inserido! O indivíduo pode saber todos os significados de Nefesh, mas se ele não souber encaixar o significado correspondente desta palavra, ao texto que está sendo analisado, ficará sem entender o que está lendo e, nisso sua leitura torna-se ineficaz!
 
Portanto, Nefesh NÃO é a vida de toda a carne! Nefesh NÃO é um agente vivificador! Nefesh no contexto da criação descrita em Genesis está associado ao que foi criado, ou seja, os Seres que Yahu ordenou para que povoassem as águas, ordenou para que a terra produzisse, dentre outros por ELE criados! TUDO o que Yahu criou são SERES, ou seja, são Nefesh! E, estes Seres criados, foram CRIADOS VIVENTES, mas o homem, ou seja, o SER(Nefesh) criado por Yahu, somente TORNOU-SE um SER VIVENTE, isto é, uma Nefesh Hayah, quando lhe foi soprado nas narinas, o Fôlego de Vida(NIchamat cha-aim).
 
 
 
5° Comentário - As Escrituras revelam que a vida está no sangue, conforme Lv 17:14
 
Resposta: SIM. É verdade! No sangue há vida! Mas a questão é: Por que há vida no sangue? Você leitor, já parou para pensar nisso? Entendermos a respeito disso, é importante, pois ajuda-nos na COMPREENSÃO do papel que o Fôlego de vida exerce nos seres criados por Yahu.
 
Há vida no sangue, pela seguinte razão: porque no sangue é transportado o FÔLEGO/RUACH que nos vivifica! 
 
A partir do momento em que este sangue deixa de circular pelo corpo, todos os orgãos que compõe o Ser Vivo, deixam de funcionar em razão de perderem o fôlego e/ou a energia que os vivifica. Dentre os órgãos que compõe o homem, podemos citar: o pulmão, o qual sem o fôlego de vida, deixa de oxigenar o sangue e, consequentemente, deixa de eliminar o dióxido de carbono; o coração deixa de exercer o seu papel que é o de bombear o sangue oxigenado proveniente do pulmão; o cérebro deixa de exercer suas funções motoras, sensoriais e, emocionais.
 
Como podemos perceber, a ausência do fôlego no sangue, leva à morte TUDO o que compõe o homem! Assim sendo, NÃO é apenas o corpo que morre, mas TODO o SER (NEFESH), em sua totalidade.
 
E, nisso, confirma-se o que nos foi ensinado através das Escrituras: " com a morte, o homem que foi feito do pó, torna para o pó, mas o fôlego/Rúrra cha-aim, torna para Elohim que O deu."
 
6° Comentário - As Escrituras falam que não devemos temer os que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes temei o que pode destruir tanto a alma quanto o corpo no inferno. Manyaohu 10:28.
 
Resposta: Esse texto deixa mais que claro que Alma NÃO É IMORTAL! Pois se assim fosse, não haveria a possibilidade dela ser eliminada por alguém, neste caso, Yahu! O que compreendemos a respeito desse texto é o seguinte: Yahu é o único que pode matar o homem em sua TOTALIDADE, isto é, matar o SER com tudo que o compõe e, ainda lançá-lo no inferno!
 
7° Comentário - A parte do homem feita do pó da terra, é o corpo.
 
Resposta: ERRADO! As Escrituras NÃO AFIRMAM ISSO! As Escrituras nos revelam que do pó da terra, Yahu criou o homem. Ponto final! E quando criou o homem, Yahu o criou completo, TOTALMENTE completo! É esse entendimento que falta a muitos...compreender que NÃO foi apenas o corpo que Yahu criou do pó da terra, MAS SIM TUDO, o que compõe o homem criado por Elohim. Assim sendo, quando homem morre, ou seja, o Ser Vivente (Nefesh Hayah), TUDO que o compõe, também morre e, juntamente com ele, tornam para o pó, ou seja, suas emoções, sua dor, sua angústia, seus medos, sua inteligência, sua raiva, suas lembranças...enfim, NÃO é apenas o corpo que é feito do pó da terra, mas também as demais coisas que são através deste corpo manifestadas. Portanto, o homem é um SER em sua totalidade, onde tudo o que o compõe quer seja emoções, órgãos vitais, intelecto, corpo, foram feitos do pó. 
 
Vejamos abaixo, alguns textos que separamos, onde nos é revelado o seguinte:
 
Eclesiastes 3:20 " TODOS vão para um lugar; todos foram feitos do pó, e todos voltarão ao pó."
 
Observem que no texto acima, Salomão diz que TODOS foram feitos do pó e, para o pó retornarão. Esse TODOS, não está relcaionado tão somente ao corpo, mas SIM ao SER criado em sua totalidade, quer seja o ser humano, quer seja o ser animal!
 
Eclesiastes 9:10 " Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.
 
Observem que no texto acima citado, Salomão nos relata que com a morte, é o homem que vai para a sepultura e, NÃO somente o seu corpo! Confirmando assim o que nos foi ensinado: " No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás. (Gn 3:19)
 
Salmos 103:14 " Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó."
Observem que o salmista no texto citado acima, deixa claro que o homem é pó e, NÃO apenas o seu corpo. Precisamos entender que o que Yahu criou do pó da terra, foi o homem em sua TOTALIDADE, ou seja, Yahu criou o homem completo e, para vivificar esse homem formado do pó, soprou-lhe nas narinas o seu fôlego de vida (Nichamat-cha-aim).
 
Jó 21:23-26 " Um morre na força da sua plenitude, estando inteiramente sossegado e tranqüilo. Com seus baldes cheios de leite, e a medula dos seus ossos umedecida. E outro, ao contrário, morre na amargura do seu coração, não havendo provado do bem. Juntamente jazem no pó, e os vermes os cobrem."
 
Observem no texto acima que, Jó nos fornece o seguinte entendimento: tanto o que morre na força de sua plenitude, quanto o que morre na amargura do seu coração, MORREM no pó! E o que torna para o pó, é o que dele foi formado, ou seja, o homem.
 
Jó 34:14-15 " Se ELE pusesse o seu coração contra o homem, e recolhesse para si o seu RUACH e o seu FÔLEGO(Nishamat), toda a carne juntamente expiraria, e o homem voltaria para o pó."
 
Observem atentamente que a partir do momento em que Yahu recolhe para si o seu RUACH e/ou o seu FÔLEGO do homem, tudo o que compõe esse homem expira, ou seja, morre! E, consequentemente, o homem torna para o pó, pois do pó foi feito! Como podemos perceber, NÃO é apenas o corpo que torna para o pó, MAS SIM, o homem em sua totalidade!
 
Portanto, de acordo com o ensino escritural, É INCORRETO afirmar que a parte feita do pó da terra, é o corpo, pois se assim fosse, o que retornaria ao pó seria apenas o corpo, MAS de acordo com as Escrituras,  quem torna ao ao pó é o homem, que do pó foi criado.
 
 
8° Comentário - Foi a Nefesh(vitalidade) do homem criado tornou-se em Nefesh hayah
 
Resposta: ERRADO! Não havia vitalidade no SER(Nefesh) criado, pois se assim fosse, para que Yahu sopraria de seu Fôlego para tornar esse homem um Ser vivente? Não podemos inventar teorias, mas sim buscar no Yahu o discernimento acerca do que cremos e, apregoamos! E, o que as Escrituras nos revelam é que Yahu criou o homem do pó da terra e, este ao receber em suas narinas o fôlego do Yahu, tornou-se um Ser Vivificado, ou seja, tornou-se em Nefesh Hayah. Portanto o que dá vitalidade, vigor, alento e, força ao homem é o fôlego de vida que Yahu, soprou-lhe nas narinas. É esse fôlego que torna para Yahu, quando o homem morre!
 
Vejamos o texto abaixo:
 
Gn 7:22 " Morreu tudo o que tinha FÔLEGO de RUACH de vida nas narinas, isto é, tudo o que estava em terra firme."
 
Jó 33:4 "O RUACH de Elohim me fez e, a inspiração do Todo Poderoso me deu vida (Nichamat)."
 
 
9° Comentário - O homem não possuia vida plena, ele era como todos os animais.
 
Resposta: O que seria esse "não possuir vida plena?" O que podemos afirmar de acordo com as Escrituras é o seguinte: antes de receber o fôlego de vida do Altíssimo, o homem era tão somente um SER (Nefesh), ao contrário dos demais Seres criados por Yahu, os quais foram criados com vida! O homem só se tornou como os demais Seres viventes, quando se tornou um Ser vivente também! E, de que forma o homem se tornou um Ser vivente( Nefesh Hayah)? A resposta é: quando ele foi vivificado através do fôlego de vida do Yahu!
 
10° Comentário - O homem era apenas Nefeh e corpo, quando foi criado. Quando ele recebeu a Nichamat cha-aim, sua Nefesh se tornou em Nefesh Hayah.
 
Resposta: ERRADO! Mais uma vez enfatizamos o seguinte: de acordo com as Escrituras o que Yahu formou do pó da terra, foi o homem em sua totalidade, isto é, Yahu criou um SER (Nefesh) completo, o qual precisava ser vitalizado! E, de que forma se deu essa vitalidade e/ou vivificação? A resposta, de acordo com as Escrituras é: através do Fôlego de vida (Nichamat cha-aim), quando então o SER(Nefesh) criado, tornou-se em Nefesh Hayah.
 
Diante disso, afirmar que o homem era apenas Nefesh e corpo, é ERRADO, pois o homem como Nefesh, ou seja, um SER, ele é completo. Portanto NÃO podemos resumir a sua totalidade apenas ao seu corpo, MAS SIM, levarmos em consideração tudo o que o compõe, tais como: sentimentos, intelecto, personalidade, dentre outros, os quais são manifestos através do corpo!
 
11° Comentário - Antes o homem era um corpo criado do pó da terra, possuia uma Nefesh e, era como os animais.
 
Resposta: ERRADO! De acordo com as Escrituras, o homem NÃO possuia uma Nefesh, o homem É Nefesh! E sua formação, deu-se de modo diferenciado dos demais seres criados por Yahu, pois como já vimos, os animais NÃO se tornaram em Nefesh Hayah, eles já foram criados como Nefesh Hayah(Seres viventes), ao contrário do homem que, tornou-se em Nefesh Hayah a partir do momento em que Yahu soprou-lhe nas narinas, o seu Fôlego de vida!
 
12° Comentário - Quando IÁURRU inseriu na Nefesh do homem, a nichamat-cha-aim, este homem passou a ser a imagem e semelhança do ALTÍSSIMO.
 
Resposta: ERRADO! As Escrituras em nenhum momento afirma que foi através do Fôlego de Vida soprado nas narinas do homem, que este se tornou a imagem e semelhança de Elohim! O que as Escrituras nos afirmam é o seguinte: após Yahu ter criado terra, céus e, mar, e tudo o que neles há, decidiu então, criar o homem a sua imagem e semelhança. Ponto final!
 
De acordo com as Escrituras, o papel desempenhado pelo Fôlego de Vida(Nichamat cha-aim) foi o de VIVIFICAR, o Ser criado do pó da terra, ou seja, tornar esse Ser (Nefesh) em um Ser Vivente(Nefesh hayah).
 
Portanto NÃO é o Fôlego do Yahu, soprado nas narinas do homem que o tornou a imagem e semelhança de Elohim! O que tornou o homem a imagem e semelhança de Elohim, foi o fato do próprio Yahu ter dito: “ façamos o homem a nossa imagem e semelhança”! 
 
O querer interpretar o que Yahu disse, faz surgir em nosso meio teorias diversas! Por isso, preferimos ficar com o que nos foi revelado: somos a imagem e semelhança de Elohim, porque assim Yahu falou. Ponto final!
 
13° Comentário - O relato bíblico afirma que tanto homem, quanto os animais, tem Nefesh, porque a alma dá vida ao corpo.
 
Resposta: ERRADO! Mais uma vez reafirmamos o seguinte: de acordo com o que nos é ensinado nas Escrituras, tanto o homem, quanto os animais NÃO possuem Nefesh, ELES SÃO NEFESH! É fundamental entender isso! Pois há uma grande diferença entre o ser algo e, o ter algo! Assim sendo, mais uma vez afirmamos: o homem e os animais, NÃO TEM Nefesh, eles SÃO Nefesh!
 
Outro ponto importante que devemos ter bem definido em nossa mente é o seguinte: a palavra Alma NÃO define o real conceito da palavra hebraica Nefesh. Por isso, muitos tem dificuldade para compreender a criação do homem, pois Alma é um conceito designado pelos filósofos gregos, para explicar a formação humana! Diante disso, podemos conceituar Nefesh e, seus significados, mas Alma…não há como definir! Por isso, evitamos o seu uso, pois não retrata com clareza, o conceito descrito pela termo hebraico, Nefesh, do qual foi traduzido.
 
Veja que no comentário é dito que alma dá vida ao corpo, mas como é possível isso, uma vez que aprendemos que Nefesh no contexto da criação, está relacionado ao Ser/Seres completo(s), isto é, em sua totalidade! Agora perguntamos: como um Ser é capaz de vitalizar o seu próprio corpo? Tem o homem vida em si mesmo? É isso que as Escrituras nos ensinam?
 
Ora, o que temos aprendido com as Escrituras é que, o Fôlego vivifica a Nefesh! Portanto, Nefesh com tudo que a compõe: corpo, emoções, personalidade, intelectualidade, dentre outros, é vitalizada/vivificado por meio do Fôlego, o qual é a energia que nos mantém acessos/vivos!
 
14° Comentário - ULHIM não é carne, mas RÚKHA. Essa é a Sua imagem. Portanto, quando a Palavra de YAOHUH nos diz que ULHIM criou o homem de acordo com Sua imagem, isso quer dizer que em acréscimo ao corpo e alma o homem também tinha isso que é a imagem de YAOHUH.
 
Resposta: ERRADO! As Escrituras NÃO nos afirmam isso! O que as Escrituras nos afirmam é o seguinte: Yahu é RUACH(Jo 4:24). Mas o fato dELE ser RUACH, NÃO significa que o homem também seja! O que as Escrituras nos revelam é: o homem é Nefesh(Ser). E, como um Ser criado por Yahu, recebeu da parte dEste o RUACH/FÔLEGO de vida, de modo que se tornou em Nefesh Hayah.
 
Portanto, enfatizamos o seguinte: Yahu é RUACH! E, quanto ao homem, este é NEFESH(Ser), o qual tem dentro de si, o Fôlego/Ruach de vida que o vivifica, identificando-o dessa maneira, como um Ser vivo/vivente. Assim sendo, há uma grande diferença entre o Ser RUACH e, o ter RUACH. 
 
Diante disso, mais uma vez reafirmamos o seguinte: O fato do homem ter sido feito a imagem e semelhança de Elohim, NÃO significa que ele seja semelhante a Yahu , no que tange a ser RUACH! O que precisamos entender é o seguinte: o que torna o homem a imagem e semelhança do Yahu, é o fato deste ter dito que assim faria o homem, e fez! Ponto final. Uma vez que Yahu disse, está selado e confirmado. O que passar disso, é invenção! 
 
15° Comentário - Uma vez que Adam era corpo, nefesh e rúkha antes que comesse do fruto proibido, e uma vez que, como vimos, ele continuou a ter corpo e alma depois que ele comeu, o que foi perdido para ele naquele dia foi o rúkha que ULHIM lhe dera. Ele continuou a ter corpo e alma, mas ele não tinha rukha.
 
Resposta: Em nenhum momento encontramos tais afirmações nas Escrituras! A primeira coisa que precisa ser esclarecido é o seguinte: O homem é Nefesh e, nessa Nefesh Yahu soprou seu Fôlego/Ruach de vida (Nichamat cha-aim), de modo que esse homem viesse a se tornar Nefesh Hayah, ou seja, um Ser Vivente.
 
Outro ponto importante a ser esclarecido é: Se os que creem na tricotomia, afirmam que o homem é composto de corpo, alma e, espírito, como então afirmar que com o pecado, o homem perdeu esse Rúrra, uma vez que de acordo com as Escrituras, foi esse RUACH/FÔLEGO que vivificou o Ser criado do pó da terra? Portanto, essa afirmação dos tricotomistas, torna-se contraditória, concordam? Ou eles acreditam que após o pecado, o homem se tornou em zumbi, ou seja, num “morto vivo”?
 
Diante disso, o que cremos é o seguinte: o que o homem perdeu ao desobedecer a ordem/palavra do Yahu, foi a sua imortalidade, a qual estava condicionada a Obediência, conforme nos é revelado em Gn 2:17 “ mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa NÃO comerás; porque no dia em que comeres, certamente morrerás.”
 
Portanto, o homem, mesmo após o pecado, continuou sendo Nefesh Hayah (Ser vivente) com toda sua totalidade! De acordo com as Escrituras, com o pecado, o homem perdeu: 1º) sua condição de imortalidade (Gn 2:17); 2º) sua comunhão com Elohim, porque a ação do pecado resulta nisso: no afastamento do homem para com aquELE que o criou (Isaías 59:2). 
 
Daí a necessidade do arrependimento das obras mortas, seguido da liberação do perdão e, com o perdão, o sepultamento do velho homem, decorrente do pecado. Assim sendo, com o arrependimento, o homem passa a ter uma metamorfose mental, ou seja, torna-se convertido a Elohim, de modo que assim como Yahushua conhecia a vontade do PAI e, a praticava, o homem convertido através do arrependimento, também busque agradar a Yahu, mediante a obediência, a submissão, humildade, dependência, emunah(fé) e, ohav(amor)! 
 
E, nisso, mais uma vez reafirmamos o seguinte: Yahu criou do pó da terra o homem, o qual é um Ser(Nefesh). E, este Ser foi criado completo, por isso, não podemos separá-lo do seu corpo, como se dele não necessitasse e, vice-versa! O Ser e, toda a sua totalidade, ou seja, tudo o que o compõe estão unidos de maneira tal, que não há independência, mas sim uma unidade entre eles. Daí quando o Ser fica abatido, ansioso, aflito, alegre, cansado, agitado, com medo, doente, tudo o que o compõe sofre e/ou reage a essas ações através do corpo. Portanto é importante compreendermos que, o homem é um Ser em sua totalidade, que mediante ao Fôlego de vida, tornou-se um Ser vivente! É importante compreendermos que o homem é Nefesh! E, Nefesh não se divide, Nefesh é a totalidade do Ser.
 

16° Comentário - É errado afirmar que o homem é Nefesh, pois segundo o ensino escritural, o homem é formado de corpo, alma e, espírito!

Resposta: ERRADO! As Escrituras NÃO nos afirmam isso! Esse ensino provém da filosofia grega. O que as Escrituras nos ensinam, em Genesis é o seguinte: o homem é NEFESH. E, o que é ser NEFESH? É ser uma pessoa completa. Precisamos retirar de nossa mente esse conceito grego de que o homem é corpo! O homem TEM um corpo e, isso é diferente de ser um corpo!

Precisamos entender que o homem, como um  Ser, possui sim um corpo, no qual, suas ações e reações são manifestas. Assim sendo, reafirmamos que, o homem é Nefesh e, essa Nefesh, possui um corpo! E, nessa Nefesh foi soprado o fôlego de vida! Observem que as Escrituras NÃO falam que o fôlego foi soprado no corpo, mas SIM, que o fôlego foi soprado nas narinas do HOMEM, o qual é um SER(Nefesh), de modo que este SER(Nefesh), tornasse um Ser vivente (Nefesh Hayah), ou seja, passasse a ter vida!
 
É muito comum, deparar-nos com pessoas que defendem a visão tricotômica do homem, fazendo uso dos dois únicos textos em que nos é apresentado: corpo, alma e, espírito. São eles: 1Tess 5:23 e Hb 4:12. Bom, analisemos então o texto abaixo:
 
 
Observem atentamente que no texto em 1Tess 5:23 é dito o seguinte: "que Elohim de paz vos santifique em TUDO!" E, ainda nos apresenta duas palavras importantíssimas, que corroboram com o que cremos, são elas: ὁλοτελεῖς (pronunciamos: holoteleis, cujo significado é COMPLETO)  e ὁλόκληρον ( pronunciamos: holokleron, cujo significado é: INTEIRO).
 
Vejam que são duas palavras que nos remetem a TOTALIDADE do homem criado do pó da terra e, vivificado pelo Fôlego de vida. Portanto É IMPOSSÍVEL, o que é completo e, o que é inteiro, seja-nos apresentado em partes independentes, vivendo à parte um do outro! 
 
Agora vejamos o que cremos que está sendo ensinado através do texto em 1 Tess 5:23 - “ E o mesmo Elohim de paz vos santifique COMPLETO e INTEIRO, seu RUACH, sua NEFESH e, o seu CORPO, possam ser preservados sem culpa na vinda do  nosso Governante Yahushua, o Ungido."
 
Atentem-se que a SANTIFICAÇÃO não é apenas para o corpo, MAS SIM, para o Ser COMPLETO, o Ser INTEIRO! É acerca disso que está sendo falado e, é acerca disso que apregoamos. O homem é NEFESH em sua TOTALIDADE, e essa Nefesh, a partir do fôlego do Yahu, tornou-se em Nefesh Hayah(Ser vivente).
 
Diante do que afirmamos a respeito do texto que se encontra em 1 Tess 5:23, não se faz necessário abordarmos o texto em Hb 4:12, uma vez que já mostramos que o homem é um Ser completo. Ele possui corpo? Sim! Ele possui um Ruach? Sim! Ele é corpo e alma? DE JEITO NENHUM! O homem é Nefesh(Ser) em sua totalidade, e essa Nefesh foi vivificada através do Fôlego de vida(Nichamat cha-aim) que Yahu soprou nas narinas do homem! Não é difícil entendermos isso, quando nos desfazemos dos conceitos filosóficos gregos usados para interpretar a criação de Elohim.
 
 
17° Comentário - Não podemos afirmar que Nefesh no Antigo Testamento, denota a pessoa integral, ou em sua totalidade (com personalidade, apetites, emoções e, habilidades mentais) e, inseparável do corpo, porque Nefesh no contexto geral é apenas um termo que especifica ALGO QUE VITALIZA O CORPO isso em todas as suas dimensões: PENSAMENTO, SENTIMENTOS E OBRAS. O próprio texto em Manyaohu 6:25 diz: "Manyaohu 6:25 " Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?"
 
Resposta: ERRADO! Em nenhum momento as Escrituras nos afirmam que Nefesh vitaliza o corpo! Pois se assim fosse, o homem teria vida em si mesmo, o que NÃO é verdade! Portanto, o que as Escrituras nos ensina é o seguinte: é o Fôlego de Vida, o qual provém do Yahu, que vivifica a Nefesh, de modo a tornar essa Nefesh, em Nefesh Hayah! 
 
A respeito do texto citado no comentário, o qual se encontra em Manyaohu 6:26, façamos a seguinte pergunta: “Está mesmo Elohim preocupado com o corpo, ou com o SER? A salvação nos foi enviada para o corpo, ou para o Ser humano? Porventura a salvação se dá apenas para uma parte do Ser criado do pó da terra, ou para o SER em sua totalidade?
 
Assim sendo, HÁ REALMENTE uma grande diferença entre Nefesh e o Corpo e, a diferença começa com os conceitos que usamos para defini-los! Nós, fazemos uso da doutrina hebraica e, não da doutrina grega! E, nessa diferença, aprendemos o seguinte: Nefesh no contexto da criação tem por significado SER/SERES e, corpo é o que compõe o Ser/Seres, criados por Elohim! Dessa forma, não colocamos o corpo acima do Ser e, nem o Ser acima do corpo, pois reconhecemos que um depende do outro e, nisso há unidade, há totalidade, ou seja, um ser completo e inteiro, conforme verificamos no texto em 1 Tess 5:23.
 
18° Comentário - Alma (Nefesh substância animalesca que anima o corpo). Essa substância no ser humano foi alterada com a Neshamat Cha-aim de Yaohuh que tornou-se Nefesh Hayah ou seja, por ser imagem e semelhança de ULHIM, o ser humano passou a ter vida permanente.
 
Resposta: ERRADO! As Escrituras EM NENHUM MOMENTO nos afirma que Nefesh é uma substância animalesca que anima o corpo!!!
 
Vejam o quanto é importante compreendermos a respeito de Nefesh. Infelizmente há quem ao deparar-se com os diversos significados dessa palavra, esquecem de contextualizá-la no texto em que está inserida. 
 
Um ponto que cremos ser de grande importância para os que desejam realmente compreender a respeito de Nefesh é o seguinte: em um de seus significados, Nefesh é traduzida por vida e, é exatamente nesse ponto em que queremos chegar! Abram sua Bíblia no texto: 1Reis 17:17-22 
 
Nesse texto é revelado a história de uma mulher viúva que após ter vivenciado em sua vida, o milagre de Elohim, através do profeta ElYahu, seu filho adoeceu! E, essa enfermidade que assolou o filho dessa mulher, agravou-se de tal maneira que nele, NÃO ficou mais Fôlego! 
 
 
Diante disso, a viúva questionou o profeta acerca dessas coisas, ou seja, o por que de seu filho ter falecido! Nisso, o profeta pegou o filho da viúva e,  ao colocar-se sobre o menino, clamou a Yahu para que a vida do menino lhe fosse restituída!
 
Bom, onde queremos chegar com tudo isso? E, a resposta é simples! Quando nos deparamos com o texto em hebraico, encontramos o seguinte: saiu do menino o Fôlego de Vida (Nichamat Cha-aim), dái compreendermos que ele faleceu/morreu!
 
Logo em seguida, no versículo 21, deparamo-nos com o profeta clamando a Yahu, afim de que Este, fizesse entrar dentro do menino, a Nefesh! Como então explicarmos isso? Qual o significado de Nefesh nesse contexto escritural?
 
 
Assim sendo, o NÃO entendimento acerca do que é Nefesh, tem levado a muitos, ao se depararem com esse texto, a acreditarem e, adotarem para si, o conceito grego, onde é ensinado que Nefesh é algo que vivifica o corpo do homem, como se fosse um “espírito vivificador”! Uma vez que nesse texto em 1Reis 17:17-22, é o que parece estar subentendido, mas é exatamente esse conceito que deve ser combatido, pois está totalmente fora do ensino escritural!
 
Bom, vejamos então o que nos é ensinado a respeito de Nefesh nesse texto citado em 1 Reis 17:17-22 !
 
O significado de Nefesh nesse texto está relacionado a vida e, quando falamos vida, estamos nos referindo a EXISTÊNCIA! Nefesh NÃO é apresentado como algo vivificador, o que texto nos ensina é o seguinte: o profeta diante do menino sem Fôlego de vida, clamou a Yahu para que Este fizesse com que o menino voltasse a existir, pois somente quem tem fôlego tem existência, do contrário, o que se tem é ausência!
 
Diante disso, o que podemos perceber através das Escrituras é que, ao pedir a Yahu para que a Nefesh fosse introduzida novamente dentro do menino, o que o profeta pediu foi: “ faça YHWH, com que este menino volte a ter vida, ou seja, volte a existir.”
 
Portanto, devemos ter o seguinte cuidado com a palavra Nefesh, quando esta significa vida, pois o conceito de vida associado a essa palavra diz respeito a Existência, a tornar a viver! E, NÃO com fôlego como muitos, erroneamente afirmam!
 
 
19° Comentário - Somente o ser humano recebeu o sopro de Yaohuh.
 
Resposta: ERRADO! Afirmar que somente o ser humano recebeu o fôlego de vida foge totalmente do que nos é ensinado nas Escrituras, quando a mesma nos revela que, o que vivifica a NEFESH é o fôlego do Yahu( Nichamat cha-aim / Ruach Cha-aim). Assim sendo, uma vez pois, que Yahu ordena que as águas sejam povoadas de seres viventes( Nefesh Hayah) e, do mesmo modo a terra, perguntamos: o que torna tanto o homem, quanto os animais em Seres viventes, senão o Fôlego do Yahu? 
 
Observem o texto que se encontra em Gn 6:17 e, atentem-se para o seguinte fato: em razão da terra estar corrompida e, cheia de violência, uma vez que TODA a carne havia corrompido seu caminho sobre a terra, Yahu decide então derramar águas em dilúvio sobre a terra, afim de consumir TODA a carne em que há FÔLEGO DE VIDA!! Ora, sabemos que com o dilúvio, apenas Noé e sua família sobreviveram e, os animais que entraram na arca aos pares de cada espécie, logo NÃO apenas o homem pereceu, mas TUDO o que havia debaixo dos céus e, na terra! Portanto nesse TUDO está incluido homens e, também os animais.
 
Como podemos perceber, o Fôlego de vida está presente em tudo o que foi criado por Yahu! É bem verdade que a forma como Yahu soprou de seu Fôlego no homem, distingue dos demais animais, mas isso NÃO significa que estes não receberam do Yahu o seu sopro, pois do contrário, como poderiam ser chamados de Seres viventes?
 

Outro texto que nos deixa claro que os animais também possuem fôlego de vida,  encontra-se em Gn 7:14-15, onde lemos o seguinte: “Eles, e TODO o animal conforme a sua espécie, e TODO o gado conforme a sua espécie, e TODO o réptil que se arrasta sobre a terra conforme a sua espécie, e TODA a ave conforme a sua espécie, pássaros de TODA qualidade. E de TODA a carne, em que havia espírito de vida (Ruach Cha-aim), entraram de dois em dois para junto de Noé na arca.”

Veja abaixo, o texto em Gn 7:15, onde nos deparamos com o Ruach Cha-aim em destaque, ou seja, o Ruach da Vida, o qual vivifcou TODA a carne, quer seja do homem, quer seja, dos animais.

20° Comentário - Segundo as Escrituras o corpo volta ao pó e o Rúkha do homem que está amalgamado a sua Nefesh volta para ULHIM que o deu. Justamente por que o homem foi feito imagem e semelhança de Yaohuh ULHIM.

Resposta: ERRADO! Em nenhum momento encontramos nas Escrituras esse conceito de que, o que volta para o pó é o corpo e, muito menos encontramos nas escrituras a afirmação de que é o Rúrra do homem que está amalgamado a sua nefesh que torna para Yahu! Em nenhum momento as Escrituras nos revela tal coisa!

Em razão desse tipo de conceito grego, que muitos são os que acreditam na tricotomia e, nesse conceito tricotômico de: corpo, alma e espírito, acabam inventando uma morada para a alma que eles tanto apregoam! Afinal, não encontrando uma morada, buscam de todas as formas encontrar um lugar pra esta, após a morte do homem! E de que fora fazem isso? E, a resposta é: afirmando que ela(Alma) está amalgamada a nefesh do homem! E, nisso, confundem-se cada vez mais em suas próprias teorias.

Bom, vejamos então mais uma vez o que as escrituras nos afirmam:

1° - do pó da terra, Yahu formou o HOMEM! Portanto, NÃO está escrito Corpo! Está escrito: HOMEM! E qual a diferença? TODAS! Pois quando interpretaram o pó da terra como Corpo, separaram o que é indivisível, isto é, o HOMEM daquilo que o compõe! Precisamos ter em mente o seguinte: O HOMEM tem corpo, mas ele não é composto apenas disso! O HOMEM também é composto por : emoções, intelecto, personalidade, percepção, carne, músculos, veias, nervos… Daí entendermos que NÃO há como separar o homem do que o compõe, pois um depende do outro! Por isso, mais uma vez reafirmamos: O HOMEM é um SER( Nefesh) completo, ou seja, em sua totalidade!

2° -  quando o homem morre, o que torna para o pó NÃO é tão somente o seu corpo, MAS SIM, o HOMEM COMPLETO, ou seja, TUDO o que o compõe! E, tornando o homem para o pó, o que com ele NÃO foi formado, torna para aquele a quem pertence. Assim sendo, a Nichamat cha-ai m ( Fôlego de vida), e, ou como também encontramos nas Escrituras: o Ruach Cha-aim( Ruach da vida) torna para Yahu .omo podemos perceber claramente, não há espaço para o conceito grego de Alma nas Escrituras! O que percebemos é que: o HOMEM em sua totalidade torna para o pó, enquanto que o Ruach cha-aim, torna para Yahu, pois a Este pertence! Portanto, de acordo com as Escrituras, fica claro sabermos pra onde vai o HOMEM quando morre, assim como também sabemos, pois nos é revelado nas Escrituras pra onde vai o Ruach Cha-aim! E, nisso perguntamos? E a Alma? Pra onde vai? E, a resposta é: Não vai! Porque Alma no conceito grego, não condiz com o conceito hebraico!

Essa história de que o Ruach do homem salvo está amalgamado com sua Nefesh, NÃO existe nas escrituras! Esse conceito é para justificar o conceito errôneo a respeito do que chamam de alma. É para dar a alma um lugar que não está descrito nas Escrituras!

Um ponto importante a ser esclarecido é o seguinte: quando se fala RUACHA do homem, NÃO significa que este tenha um Ruach gerado de si mesmo. O que se tem é o homem fazendo uso do Ruach que lhe foi concedido na criação. Como assim? Alguém pode se perguntar!

Vejamos um exemplo bem simples para facilitar a compreensão do leitor: imagine uma pessoa que mora em uma casa alugada. Ela se refere a essa casa como sua e, não como de outra pessoa. Quando decide reunir os amigos e familiares, essa pessoa NÃO DIZ: “ pessoal vou organizar uma festa na casa que aluguei!” O que essa pessoa diz é: pessoal, vou realizar uma festa em minha casa, aceitam participar? Perceberam a diferença?

Embora a pessoa more em uma casa alugada, ela tem essa casa como sendo sua, visto que, usufrui dela e, do mesmo modo, paga os impostos pertinentes a esse imóvel, tais como IPTU, água, luz, telefone. A mesma coisa se dá com o Ruach do homem. Na verdade, o Ruach pertence a Yahu, mas o fato do homem ter fluindo dentro de si esse Ruach, esse Fôlego, toma este, como sendo seu!

Um outro exemplo que podemos citar é o seguinte: quando afim de abrir os olhos de alguém que amamos, decidimos dar conselhos! E, em alguns casos o que muitos ouvem é: “ a vida É minha! Faço dela o que bem entender! Ora, quem é o homem para ser dono do que não lhe pertence? A vida não é do homem! A vida pertence a Elohim! Por isso, quando o fôlego de vida nos é retirado, o que sobra é um SER sem vida, ou seja, Nefesh morta!

Diante disso, podemos compreender que quando o homem morre, ou seja, quando este SER(Nefesh) morre, torna para o pó do qual foi feito, e o Ruach que é do Yahu, torna para Este.

E, nisso, fica mais que claro que, NÃO EXISTE lugar para a Alma no contexto escritural! Por isso, reafirmamos que essa história de falar que a alma do justo se amalgama de maneira tal que quando o homem morre, o resultado de “mistura” vai para Yahu, é totalmente fora das escrituras! De acordo com o ensino escritural, o que torna para Yahu é tão SOMENTE o que a Ele pertence, ou seja, o Fôlego de vida ( Nichamat Cha-aim) e/ou como encontramos em algumas passagens nas escrituras: Ruach Cha-aim( RÚRRA da vida).

Ora, sabemos que Nefesh no contexto da criação, significa SER/SERES. Também sabemos que Alma é a tradução dada em nosso idioma para o termo Nefesh! Assim sendo, afirmar que Alma é imortal, foge do contexto escritural, uma vez que, Alma no contexto da criação diz respeito aos seres criados por Yahu. E, são exatamente esses seres que em razão do pecado, teve como salário, a morte!


21° Comentário - A Alma do justo volta para o mundo de ULHIM. Assim como Yaohushua disse que ele não é desse mundo, o ser humano também não é.

Resposta: ERRADO! O próprio Yahushua assim orou: " PAI, não vos peço que os tire do mundo, mas que os livre do mal." (Jo 17:15) Ora, sabemos que realmente Yahushua NÃO é deste mundo, uma vez pois que, NÃO se deixou seduzir pelo mundo, assim como os que o recebem também NÃO são. Daí, compreendermos quando Ele completa a sua oração da seguint maneira: Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade. (Jo 17:17-19)

Por isso é importante contextuaizarmos o texto em questão, de modo a termos o seguinte entendimento: O que é NÃO fazer parte desse mundo? 

De acordo com as Escrituras, o NÃO fazer parte desse mundo é, andar na presença de Elohim! É fazer o que agrada a Yahu! É NÃO temos comunhão com o mundo! Logo, os que aborrecem ao mundo, agradam a Elohim, mas os que desagradam a Elohim, andam segundo o curso desse mundo.

Dando sequência a resposta ao comentário recebido, As escrituras NÃO nos afirmam que com a morte, a Alma/Nefesh do justo vai para Elohim. O que as escrituras nos ensinam é que com a morte, o homem torna para o pó, e, na sepultura ele encontra descanso, enquanto aguarda o dia da ressurreição.

Vejamos o que nos é revelado no texto em Ap.11:11 “ E depois daqueles três dias e meio o Ruach de vida, vindo de Elohim, entrou neles e, puseram-se sobre seus pés e, caiu grande temor sobre os que os viram.”

Sugerimos que leiam todo o texto de Ap.11, afim de perceberem que o texto se refere a duas testemunhas, as quais após o seu testemunho, a besta lhes fará guerra e as vencerá e, matará. E, nisso o que nos chama a atenção é o seguinte: Essas testemunhas ficarão mortas na praça da grande cidade, por três dias e meio, pois não permitirão que sejam sepultadas. Passados os três dias e meio, o Ruach da Vida, vindo de Elohim, entrará nessas testemunhas até então MORTAS, de modo que tornarão a viver!

Ler também Jo 8:44

 

Deixe aqui seu Comentário e, Perguntas

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode