Perguntas, Comentários e, Respostas Referente ao Estudo Sobre os Termos EL e, ELOHIM

 
Pergunta nº 1 - Como vocês que um dia foram iluminados, estão hoje às sombras, fazendo uso de termos pagãos, como por exemplo El e Elohim? Termos esses que jamais devem ser usados para se referir ao Criador?
 
Resposta: Pessoaaaallllll. Por favor, NÃO confundam as coisas! A respeito do termo El e, do termo Elohim, não podemos agir feito meninos que nada sabem e, com tudo se espantam!
 
O que apresentamos em nosso estudo sobre El e, Elohim é, que tanto nos textos hebraicos antigos, quanto nas evidências arqueológicas, esses termos por fazerem parte do idioma semita, do qual o hebraico está inserido, também faziam e, continuam fazendo parte do vocabulário do povo hebreu! Ora, assim sendo, o que se faz necesário compreendermos é o seguinte: o termo EL e, o termo ELOHIM, são termos G E N É R I C O S e, P O L I S S Ê M I C O! Ou seja, esses termos são usuais/corriqueiros e, com vários significados na região do Crescente Fértil! 
 
Já, em nosso idioma, esses termos foram traduzidos por: Deus e, deuses.
 
O que muitos não sabem é, que, tais termos, são usados para denotar: algo ou alguém que é PODEROSO; FORTE, para se referir a um Ser espiritual; mas também dependendo do contexto em que esses termos se encontram, eles podem estar se referindo a homens de alta posição social, os quais detém poder e autoridade, os quais são tidos como valentes. 
 
Nas Escrituras, encontramos o termo EL, sendo usado para denotar o domínio de um Ser espiritual sobre uma determinada localidade e/ou, a consagração de um lugar, a esse Ser espiritual, como por exemplo: EL BethEl, cujo significado é: Casa de El, o Poderoso, conforme podemos observar no texto abaixo:
 
Bereshit(Gn) 35:7 " E edificou ali um altar, e chamou aquele lugar El-BethEl; porquanto EL ali se lhe tinha manifestado, quando fugia da face de seu irmão ."
 
Também encontramos o termo EL, atrelado a outras palavras, para nomear cidades, tais como a de Mighdal-EL, cujo significado é: Torre de EL(Poderoso), ou seja, uma cidade a qual EL(o Poderoso) fortificou; para nomear Vales, como por exemplo, o Vale de YphtahEL, o qual foi dado como herança aos filhos de Zebulom, tendo por significado: EL( o Poderoso) abrirá. Vejamos a respeito do que estamos falando, nos textos abaixo:
 
Yahushua(Js) 19:35-38  " E são as cidades fortificadas: Zidim, Zer, e Hamate, Racate e Quinerete, e Adama, e Ramá, e Hazor, e Quedes, e Edrei, e En-Hazor, e Irom, e Mighdal-El, Horém e Bete-Anate, e Bete-Semes; dezenove cidades e as suas aldeias."
 

Yahushua(Js) 19:10-16 " E saiu a terceira sorte pelos filhos de Zebulom, segundo as suas famílias; e foi o termo da sua herança até Saride. E sobe o seu termo pelo ocidente a Maralá, e vai até Dabesete, e chega também até ao ribeiro que está defronte de Jocneão. E de Saride volta para o oriente, para o nascente do sol, até ao termo de Quislote-Tabor, sai a Daberate, e vai subindo a Jafia. E dali passa pelo oriente, para o nascente, a Gate-Hefer, em Ete-Cazim, chegando a Rimom-Metoar, que vai até Neá; e rodeando-a, passa o termo para o norte a Hanatom, chegando ao vale de Yphtah-El, e Catate, Naalal, e Sinrom, e Idala, e Belém; doze cidades e as suas aldeias. Esta é a herança dos filhos de Zebulom, segundo as suas famílias; estas cidades e as suas aldeias."

Dentre os nomes próprios, formados com o termo EL, temos: ELhanan, cujo significado é: Gracioso é EL(Poderoso); ShemuEL, nome este derivado da raíz do verbo Shama, cujo significado é: ouvir com inteligência, com implicação de atenção; obediência; proclamar; soar. Assim sendo, o nome ShemuEL, o qual está conjugado no particípio passivo, tem por significado: ouvido por EL. 

1Sm 3:4 " E chamou YHWH a ShemuEL, e disse ele: Eis-me aqui."

2 Sm 23:24 "Asael, irmão de Joabe, estava entre os trinta; El-Hanan, filho de Dodó, de Belém"

Como podemos observar nos textos acima, o termo EL, está atrelado a outras palavras, formando assim nomes próprios, quer seja de pessoas, quer seja de lugares! E, em ambos os casos, o uso do termo EL, denota o domínio; o poder; a autoridade e, a força do Ser espiritual que está sobre a pessoa e/ou o lugar na qual o termo EL encontra-se presente, de modo a, torná-los consagrados a este Ser.

Percebam que o termo EL nos textos acima citados faz parte do contexto bíblico dos hebreus, ou seja, faz menção ao Ser espiritual do qual os hebreus depositavam a sua emunah! Mas, quando percorremos as Escrituras, deparamo-nos com o mesmo termo, EL, sendo usado para se referir a outros Seres espirituais, adorado por exemplo, em Siquém, região essa que fica entre os montes Garizim e, Ebal(Samaria), bem como em Yerushalaym conforme podemos observar no texto abaixo:

Juízes 9:45-46 " E Abimeleque pelejou contra a cidade todo aquele dia, e tomou a cidade, e matou o povo que nela havia; e assolou a cidade, e a semeou de sal. O que ouvindo todos os cidadãos da torre de Siquém, entraram na fortaleza, na casa do EL Berite."

Malaquias 2:11 " Yehudah tem sido desleal, e abominação se cometeu em YsraEl e, em Yerushalaym; porque Yehudah profanou o santuário de YHWH, o qual ELE ama, e se casou com a filha de EL estranho. "

Como também abordamos no estudo a respeito desse assunto, encontramos o termo EL, sendo usado para indicar movimento em direção a algum lugar. Portanto, NÃO HÁ como falarmos a respeito do termo EL e, ELOHIM sem antes termos bem conceituado e/ou definido em nossa mente, a origem desses termos. A contextualização geográfica; linguística e; histórica, é FUNDAMENTAL para a compreensão desses termos. 
 
Infelizmente há os que associam esses termos apenas a "divindades" e, acabam esquecendo esse conceito de divindade também é genérico, ou seja, na região do Crescente Fértil, todo e qualquer Ser espiritual, é EL.
 
Em razão dessa forma limitada de pensamento e visãor, torna-se difícil para alguns, aceitar que, o Ser espiritual que os hebreus passaram a adorar, isto é, a servir, também fosse tido como EL. Por isso enfatizamos a importância da contextualização! Por isso enfatizamos a importância do ensino e, a busca pelo conhecimento na Congregação! Pois, somente dessa forma, pode haver discernimento; segurança; firmeza; certeza acerca do que apregoamos e, cremos!
 
Aqueles que não se atentam para o que é importante, tomam para si, o que os mantém no equívoco! 
 
 
Pergunta nº 2 - Se a palavra EL e ELOHIM são usadas por povos pagãos para se referirem a deus deuses, por que vocês usam essas palavras para se referirem ao Criador? Por que vocês não usam os termos corretos UL e ULHIM?
 
Resposta: Temos aqui nessa sua pergunta três pontos IMPORTANTES a serem abordados, os quais por sinal, temos pontuado constantemente em nosso estudo e, nas respostas que temos dado aos que nos questionam a respeito de assunto, os quais são:
 
Primeiro ponto: a compreensão de que o termo EL e, o termo ELOHIM, são palavras SEMITAS, usadas por povos semitas, os quais habitam na região do Crescente Fértil, conhecida também como Oriente Próximo!! 
 
Segundo ponto: a compreensão de que o povo hebreu,  também faz parte do povo semita! Assim sendo, a familiaridade linguística entre esse povo e, os demais habitantes do Crescente Fértil, é algo incontestável!
 
Terceiro Ponto: a compreensão de que o hebraico, ao contrário do que muitos pensam e, apregoam, NÃO É uma lashon Kadosh, ou seja, uma língua pura, que caiu do shamaim(céus)! É preciso termos em mente que, o hebraico é um idioma que se formou com o passar dos anos, tendo como raíz, o acadiano! E, é exatamente nesse ponto que, muitos tropeçam, pois não coneseguem associar o hebraico aos demais idiomas semitas! Não conseguem associar que o idioma hebraico se originou através de outros idiomas, pertencentes a povos semitas, considerados por estes, como pagãos!
 
Assim sendo, o termo EL e, o termo ELOHIM, são termos G E N É R I C O S e P O L I S S Ê M I C O S. Quem conseguir compreender isso, já tem meio caminho andado!
 
É preciso desmistificar conceitos que nos foram transmitidos de maneira errônea! EL e ELOHIM não são palavras pagãs, mas sim palavras usadas no dia a dia dos povos semitas e, quem são esses povos semitas? E, a resposta é: são todos aqueles que habitam a região do Crescente Fértil/Oriente Próximo, a saber: Fenícia; Yerushalaym; Síria; Egito; Babilônia...região essa que vai do norte da Africa até a região da Mesopotâmia.
 
 
Comentário 1º - O que vocês não sabem é que Ulhim não é um título, mas sim, a definição daquele que é o Criador (Ser Supremo), Pai de toda a Criação. 
 
Resposta: A respeito desse seu comentário, podemos dizer que ele é bem propício para esclarecermos alguns pontos que, infelizmente muitos ainda não compreendem. E, por que não compreendem? Porque fazem questão de permanecerem no erro, mesmo diante das evidências! 
 
Acreditamos que no intuito de desassociarem toda e qualquer palavra usada por povos semitas, os quais são vistos como pagãos, dos escritos hebraicos, passaram a substituir tais palavras, por outras que NÃO CONSTAM nos registros antigos de textos hebraicos! Ou seja, palavras escritas por Yehudim há mais de 2000 anos, foram substituídas por outras que além de não constarem nesses respectivos textos, também NÃO FAZEM parte do vocabulário hebraico.
 
O mais trsite de tudo isso é, constatarmos que tais criações, são transmitidas como se fossem antigas/arcaicas, quando na verdade não passam de invenções que em nada retratam a veracidade das palavras usadas para descrever fatos; instruções; estatutos; leis!
 
Assim sendo, precisamos ser honestos quanto no que diz respeito ao termo Ulhim. E, no que tange a sinceridade e, a verdade a respeito desse termo, podemos afirmar o seguinte:
 
Primeiro: o termo Ulhim, NÃO SIGNIFICA Ser Supremo e, muito menos o que alguns afirmam: Seres Supremos! Compreender isso é FUNDAMENTAL! 
 
Segundo: o termo Ulhim NÃO É PLURAL de UL, como muitos afirmam e, acreditam! Compreender a respeito disso, também é FUNDAMENTAL!
 
Não estamos aqui para julgar quem faz uso desses termos, até porque, outrora nós também fizemos uso dos mesmos! Mas o que pretendemos através de nossos estudos é, mostrar ao leitor que, os termos Ul e, Ulhim NÃO constam nos textos hebraicos antigos! 
 
Portanto, quando nos deparamos com pessoas afirmando que estes termos fazem parte do hebraico arcaico, a pergunta que fazemos a estes é: "onde está a evidência do que afirmas?" 
 
E, assim perguntamos, porque é comum estas mesmas pessoas apresentarem evidências que o nome do ETERNO, não é Deus; que o nome do ungido não Jesus..., mas essas mesmas pessoas, não mostram evidências de que o termo Ul e o termo Ulhim, estão contidos nos textos por eles chamados de "arcaicos"! E, por que não mostram? Porque na verdade Ul e Ulhim NÃO constam nos textos hebraicos para se referir ao Criador dos Céus e da terra!
 
O que procuramos deixar claro em nosso estudo e, que procuramos enfatizar o maximo possível, é o seguinte: 
 
a) o termo Ul tem por significado: força; vigor; carvalho. Mas o que nem todos sabem é que, tais significados, NÃO são aplicados nos textos hebraicos para se referirem a SERES ESPIRITUAIS, mas apenas a força humana ! O termo que encontramos nos escritos hebraicos antigos para se referir a seres espirituais, é: EL.
 
Mas... como já dissemos anteriormente e, abordamos exaustivamente em nosso estudo, o fato de não quererem associar o EL dos hebreus, com o EL dos demais povos semitas, houve quem achasse por bem, substituir o termo EL, por UL, visto que ambos tem o mesmo significado, mas COM UMA GRANDE DIFERENÇA: O termo Ul NÃO é usado nas escrituras para se referir a seres espirituais, mas sim, o termo EL.
 
Convém ressaltarmos o seguinte: o termo Ul aparece apenas 2 VEZES nos textos hebraicos ! E, nessas duas únicas vezes, aparece flexionado na forma plural, para denotar força humana( Salmos 73:4 - Ulam) e; a homens poderosos(2Reis 24:15 - evilê).
 
b) o termo Ulhim NÃO é plural Ul. E, por que assim afirmamos? Porque gramaticamente falando, o plural de Ul é Ulim.
 
 
E, nisso você leitor pode estar se perguntando, mas qual o significado então da palavra Ulhim? Na verdade tal palavra não tem significado algum, visto que Ulhim NÃO EXISTE no vocabulário hebraico!
 
Compreender a respeito dessas coisas não é difícil, quando voltamos nossos olhos para as escrituras, como quem anseia encontrar a Verdade! 
 
Portanto o que encontramos nos textos hebraicos é Elohim, o qual é plural de Eloah(אלוה). Observem a escrita de Eloah em hebraico, da esquerda para a direita. Percebam que essa palavra termina com a letra Hê(ה) que no final da sílaba, tem som vocálico! Daí, aproveitarmos a ocasião, para chamarmos a atenção para o seguinte fato: a letra Hê no final de sílaba, perde seu som consonantal e, passa a ter som vocálico, o qual pode ser A ou E.
 
Assim sendo, esse discurso onde se afirma que a letra Hê é muda no final da sílaba, é conversa "fiada", CUIDADO! Pois o ser mudo no que diz respeito a letra Hê, denota tão somente que essa letra no final da sílaba perde seu som consonantal e, passa a ter som vocálico! Nada mais que isso!
 
Para finalizarmos nossa resposta, em relação ao seu comentário, convém mencionarmos o seguinte: se substituíram nas Escrituras o termo Elohim, por Ulhim, então todos os seres espirituais descritos nas Escrituras como Elohim, também devem ser descritos como Ulhim, certo? E, sendo o termo Ul descrito como sendo o mais antigo, "arcaico" e, por isso ele deve ser usado no lugar de EL, então onde encontramos nas Escrituras, menção de seres espirituais, "divindades", acompanhados pelo termo El, estes também devem ser chamados de UL, concordam?
 
Mas... não é isso que é ensinado por alguns. E, por quê não é ensinado? Porque entendem erroneamente a palavra Ul e ULhim como sendo termos usados exclusivamente para se referir ao Criador! Logo admitir que uma vez pois que no lugar de El o correto é usar Ul e, no lugar de Elohim, o correto é usar Ulhim, como explicariam o fato de fazer uso desses termos de maneira genérica; ampla como ocorre nos textos antigos hebraicos?
 
Vejamos os textos abaixo:
 
Bereshit(Gn) 1:1 " Em princípio criou Elohim os shamaim(céus) e a terra."
 
Exodo 4:16 " Ele falará por ti ao povo; assim ele te será por boca e, tu lhe serás por Elohim." 
 
1ShemuEl 5:7 " Vendo então os homens de Asdode que assim foi, disseram: Não fique conosco a arca de Elohim de YsraEl; pois a sua mão é dura sobre nós e, sobre Dagom, nosso Elohim."
 
1Reis 5:17 " E disse Naamã: Se não queres, dê-se a este teu servo uma carga de terra que baste para carregar duas mulas; porque nunca mais oferecerá este teu servo holocausto nem sacrifício a outros Elohim, senão a YHWH."
 
Salmos 82:6 " Eu disse: Vós sois Elohim, e todos vós filhos do Altíssimo."
 
Como podemos perceber, o termo Elohim é usado para se referir ao Altíssimo; a homens; a seres espirituais. O que precisamos saber é CONTEXTUALIZAR esse tero no texto em que ele se encontra, de modo a sabermos a quem ele está se referirndo! Portanto, onde não há o devido cuidado com a contextualização, cria-se oportunidade para invenções e, na invenção, o que temos é um prato cheio para ensinos errôneos!
 
 
 

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode