Pergunta nº 6 - Como vocês explicam o fato de que, em Atos 17:24 é dito que o Criador não habita em Templos feito por mãos humanas, mas em Mateus 23:21, Yeshua diz que, aquele que jurar pelo Templo, jura por ele e, por aquele que nele habita.

 
Resposta: Essa pergunta é de excelente nível! E, esperamos que nossa resposta consiga elucidar a dúvida de todos que, porventura se questionam a respeito do que você nos perguntou! 
 
Vamos as respostas:
 
Observe com atenção, os textos mencionados por você, abaixo: 

Mateus 23:21 " E, o que jurar pelo Templo, jura por ele e por aquele que nele habita."
 
Vejamos abaixo, o mesmo texto acima, em grego:
 
 
 
Observe que colocamos em destaque, a palavra κατοικοῦντι( pronunciamos: katoikounti), que possui dentre o seus significados: estabelecer-se em residência fixa; habitar permanentemente; alojar-se permanentemente; isto é, residir, no sentido literal ou, figurado( conforme podemos observar no texto que se encontra em YeshaYahu 66:1-2, onde lemos o seguinte: O shamaim(céu) é o meu trono, e a terra o estrado dos meus pés. Que casa me construireis, diz YHWH, ou qual será o lugar do meu repouso? Não foi minha mão que fez tudo isso?).
 
 
Vejamos agora, o texto que se enocntra em Atos:

Atos 17:24  " O Elohim que fez o mundo e tudo o que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens."
 
Vejamos o mesmo texto acima, em grego:
 
 
Observerm que a palavra em destaque, é: κατοικεῖ , cujo significado, de acordo com o Dicionário Strong, é o mesmo da palavra κατοικοῦντι, destacada no texto em MatitYahu 23.
 
Bom ... agora que já comparamos um texto com o outro e, percebemos que em ambos os casos, os textos fazem menção a habitação, convém agora sabermos como contextualizar essa informação para respondermos sua pergunta! 
 
Vamos as respostas ...
 
De acordo com o Dicionário Strong, o significado das palavras destacadas nos textos que apresentamos em grego, referem-se a habitação, a qual, pode ter sentido literal ou metafórico. Daí, a necessidade de sabermos, em que estilo literário a palavra está inserida no texto!
 
Nós, que fazemos parte da Congregação de Yah em Queimados RJ, compreendemos os textos que você citou da seguinte maneira: quando o texto diz: " quem jura pelo templo, jura por este e por aquele que nele habita", cremos que assim é, porque em si mesmo, o templo de nada vale, PORÉM, quando a pessoa entregava no templo suas ofertas, suas orações e, sacrifícios para holocaustos, assim faziam, crendo que, estavam entregando o seu melhor, a quem de direito, a saber: Yah Elohim. Mas, se o Altíssimo não habita em templos, o que motivava as pessoas a irem até o ele(templo), para entregarem suas ofertas?
 
A resposta que cremos ser a mais coerente é: o entendimento que o povo tinha acerca do que é fazer algo em nome de alguém! Assim foi com Moshe; assim foi com Yehoshua(Josué), homens revestidos com a autoridade de YHWH, que agiam em nome de Elohim ; assim também foi com os profetas, oráculos de YHWH que falavam em nome dESTE; o mesmo se deu com os Sacerdotes e Levitas, os quais receberam do Altíssimo, autoridade para exercerem no templo, as funções estabelecidas pelo próprio YHWH. 
 
Assim sendo, o agir em nome de alguém, é como se este alguém estivesse agindo! Por isso, em tudo e em todas as coisas que eram e, que são feitas, são para honra e louvor do Altíssimo!
 
Outro ponto importante a ser mencionado é o seguinte: o ir ao templo, demonstrava que o povo estava atento as instruções da Torah, mais precisamente no livro de Levíticos capítulo 1 ao 6, onde é mencionado acerca do local em que as ofertas para o Altíssimo, deveriam ser entregues e, a quem elas deveriam ser entregues! Por isso, voltamos a afirmar que, o templo em si, de nada vale, mas, o fato do próprio ETERNO ter instruído IsraEL a entregar no templo, assim o povo fazia, crendo que ELE receberia as ofertas e, as orações feitas nesse lugar!
 
Portanto, habita Yah Elohim nos templos? Nas Igrejas? literalmente? NÃO! Pois como ELE mesmo disse: "que casa me edificareis ?" ; " o céu é o meu trono"! Ora... sendo assim, como comportar o poder do Altíssimo entre quatro paredes? Como limitar sua presença por cômodos?
 
Entretanto, metaforicamente falando, o Altíssimo, faz-se presente onde a autoridade do seu Nome está! Por isso, metaforicamente, podemos dizer que somos o templo de Yah Elohim, mas veja bem... ME-TA-FO-RI-CA-MEN-TE falando! Pois, como já vimos, a presença do Altíssimo, NÃO é corpórea, mas SIM, mediante a autoridade que seu nome exerce, em meio aos que nELE confiam!
 
Por isso, quando Yeshua diz: "quem jura pelo templo, jura por aquele que nele habita", nosso entendimento é: o juramento NÃO é para o templo em si, mas SIM, para com o ETERNO.
 

Contato

Oholyao em Queimados RJ

estudosescriturais@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode