Nem só de Pão Viverá o homem...

 
Em uma de nossas conversas matinais, a respeito das Escrituras, meditamos no seguinte texto que se encontra em Lucas 4:4, onde é dito o seguinte: " Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Elohim."
 
O meditarmos nessa palavra, fez com que, percebessemos o quão importante é, termos conhecimento a respeito do que cremos e, acerca de quem temos depositamos toda nossa confiança, além de nos abrir um leque de reflexões acerca da vida que vivemos e, de sonhos que sonhamos, levando-nos a percepção de quão importante é, preservarmos em nós, a esperança na Palavra do nosso Elohim e, dessa forma, darmos testemunho da emunah que em nós opera!
 
Assim sendo, ao nos deparmos com o texto que se encontra em Lucas, o qual nos relata que Yeshua, cheio do Ruach Hakadosh, por este, foi levado ao deserto, um fato nos chamou a atenção, a saber: Yeshua NÃO foi ao deserto por conta própria! Ao contrário! Ele foi movido pelo Ruach e, com que propósito? E, a resposta é: Só o Altissimo sabe! O que podemos afirmar com base nos textos de Marcos 1:12-13 e, Lucas 4:1-2 é o seguinte: após ter sido imerso nas águas do Rio Jordão, Yeshua foi levado pelo Ruach haKadosh ao deserto e, alí foi tentado pelo diabo! E, no que foi tentado, resistiu a tentação, através do conhecimento e, da emunah que tinha acerca daquEle que O ungiu para um propósito e/ou um chamado, a saber: o da Salvação!
 
E, onde queremos chegar com essa reflexão? E, a resposta é: mostrar ao leitor que, o adentrar em situações de risco sem estar devidamente preparado para suportar o que vier pela frente, sem estar cheio do Ruach haKadosh, é correr o risco de padecer no deserto! Envolver-se em relacionamentos fora do padrão do Altíssimo, é padecer no deserto! Fazer promessas, sabendo que não tem condições de cumpri-las, é padecer no deserto; levantar falso testemunho e, semear contenda entre irmãos, o fará padecer no deserto...
 
Atentar-se para esse fato é importante e, sabem por quê? Porque, ajuda-nos a perceber o seguinte: aquele que se aventura a percorrer caminhos que, aos seus olhos parecem fáceis, vantajosos, bons, normalmente, perde-se nesse caminho e, no que se perde, passa a contar com a própria força e, nisso, acaba perdendo a referência do que o move a andar em segurança! 
 
Outro fato que nos chamou a atenção foi o seguinte: Yeshua, NÃO foi levado de qualquer maneira para o deserto, ao contrário! Ele foi pleno/completo/cheio do Ruach! E, o mais incrível é que, mesmo sofrendo as inúmeras investidas do diabo, para fazê-lo pecar contra Elohim, Yeshua, preservou sua plenitude naquele que o moveu ao deserto!
 
E, a respeito desse fato, podemos fazer um paralelo com IsraEl, o qual após ser liberto do Egito, saiu desse lugar cheio do Ruach e, convicto de que, aquEle que o libertou do domínio de Faraó, também o conduziria em segurança pelo deserto, rumo a Terra Prometida a seus pais! Entretanto ... à medida que o tempo ia passando e, sua caminhada pelo deserto persistia, muitos, acabaram se esvaziando do Ruach! Esvaiu-se do povo, a esperança, a fidelidade; a confiança; o temor a Elohim! E, no que se esvaziaram, perderam a referência do caminho certo a seguir! Esqueceram que, "nem só de pão viverá o homem"!  E, o final desse relato, já sabemos: de todos que saíram do Egito, apenas Yehoshua e Calebe, puderam tomar posse, do que lhes foi dado por herança! 
 
Assim sendo, se desejamos ser cheios do Ruach, faz-se necessário conhecermos a Elohim, para então, sujeitando-nos a sua vontade, o diabo fuja de nós! Se desejamos tomar posse do que nos é prometido, que venhamos nos manter firmes na Palavra do Altíssimo, de modo que, diante das "facilidades"; "comodidades" que nos são oferecidas, consigamos discernir de onde e, da parte de quem elas procedem! Yeshua por ter esse discernimento, rejeitou o que lhe foi oferecido no deserto pelo diabo e, assim ele fez, por conhecer a Palavra de Elohim... por saber que, "nem só de pão viverá o homem"!
 
E, nisso, convém meditarmos no seguinte: quantos ao receberem as Boas Novas, se enchem de esperança e, acreditam que, com o Novo Nascimento, todos os seus problemas serão resolvidos! Entretanto, à medida que o tempo vai passando, vendo que ainda estão no deserto; passando pelo desemprego; vendo que os conflitos familiares; emocionais; profissionais, ainda são uma realidade em sua vida, desanimam da caminhada... e, no que desanimam, esvaziam-se do Ruach e, nesse esvaziar, murmuram contra Elohim, desejando mais o pão que, a palavra que vem da boca do Altíssimo! 
 
E, nisso alguém pode se perguntar: " mas porventura é errado desejar o pão"? E, a resposta é: NÃO! E, com base em que, assim afirmamos? Com base na própria palavra de Yeshua, quando Este assim afirmou: "NEM SÓ de pão viverá o homem... ". Percebam que esse NEM SÓ, dá-nos a entender que o pão tem a sua importância no sustento físico do homem, PORÉM, a plenitude do nosso sustento, NÃO está no que perece, MAS SIM, no que é eterno, ou seja, nosso sustento está em toda palavra que sai da boca do Altíssimo, confirmando o que outrora nos foi ensinado, a saber: céus e terra passarão, mas a palavra do Altíssimo, jamais passará! Marcos 13:31
 
Por isso, cuidado com os discursos de um Evangelho "triunfalista" e "imediatista", apresentado por quem não tem compromisso com a Verdade, àqueles que estão sedentos; famintos e, desprovidos de força e esperança, no deserto. O diabo fez uso desse discurso, quando assim disse: " está vendo todos esses reinos? Todos eles eu te dou se prostrado me adorares"! E, o que disse Yeshua? "Somente a YHWH adorarás. Somente a YHWH renderás culto".
 
Portanto, diante de um Evangelho distorcido, o qual procura apresentar soluções imediatistas e, assim angariar para si, seguidores e/ou adeptos, disvirtuando-os do verdadeiro Evangelho, lembre-se do seguinte: você precisa RESISTI-LO! Porque esse tipo de discurso, normalmente acarreta na vida dos que o recebem, frustração; amargura; revolta, quando estes, não vêem em sua vida, o cunprimento do que lhes foi prometido! Daí a necessidade de conhecer o que são as Boas Novas de Salvação! Daí a necessidade de se conhecer a Palavra de Elohim!
 
Tenhamos sempre a memória o seguinte aprendizado: "nem só de pão viverá o homem..." . Se queres viver o melhor de Elohim, busque conhecê-lo! Se desejas ser fortalecido por Elohim, faça de sua Palavra, o seu sutento perfeito!
deserto não é um lugar fácil para caminhar... mas foi pra esse lugar que Yeshua foi levado, cheio do Ruach! E, alí, no deserto, Ele foi tentado, não como Elohim, mas como homem que tinha diante de si, as seguintes opções: a) obedecer ao ETERNO, sujeitando-se a vontade dEste, de modo a NÃO sucumbir a seus próprios interesses; b) desobedecer ao ETERNO, sucumbindo diante de suas necessidades, resultado do esvaziamento 

Contato

Oholyao em Queimados RJ

estudosescriturais@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode