Congregação localizada em Tiatira


Apocalipse 2:18-28  " E ao anjo da igreja de Tiatira escreve: Isto diz o Filho de Elohim, que tem seus olhos como chama de fogo, e os pés semelhantes ao latão reluzente: Eu conheço as tuas obras, e o teu amor, e o teu serviço, e a tua emunah, e a tua paciência, e que as tuas últimas obras são mais do que as primeiras. Mas algumas poucas coisas tenho contra ti que deixas Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensinar e enganar os meus servos, para que forniquem e comam dos sacrifícios da idolatria. E dei-lhe tempo para que se arrependesse da sua fornicação; e não se arrependeu. Eis que a porei numa cama, e sobre os que adulteram com ela virá grande tribulação, se não se arrependerem das suas obras. E ferirei de morte a seus filhos, e todas as igrejas saberão que eu sou aquele que sonda os rins e os corações. E darei a cada um de vós segundo as vossas obras. Mas eu vos digo a vós, e aos restantes que estão em Tiatira, a todos quantos não têm esta doutrina, e não conheceram, como dizem, as profundezas de Satanás, que outra carga vos não porei. Mas o que tendes, retende-o até que eu venha. E ao que vencer, e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações, E com vara de ferro as regerá; e serão quebradas como vasos de oleiro; como também recebi de meu Pai. E, dar-lhe-ei a estrela da manhã. Quem tem ouvidos ouça, o que o Ruach diz às Congregações".


De acordo com a historiografia e, as evidências arqueológicas, Tiatira era uma grande cidade comercial que alcançou sua proeminência em aproximadamente no ano 100 E.C. Esse crescimento, contribuiu para o aumento no número de corporações e/ou associações comerciais, número esse, maior que em qualquer outra cidade da Ásia Menor. 

 
No que tange a economia, destacava-se o comércio voltado para a atividade textil, quer seja na produção de tecidos, quer seja na produção de produtos voltados para o tingimento destes. De acordo com o escritor Craig S. Keener em seu livro: Comentário Histórico Cultural do Novo Testamento, a economia em Tiatira, parecia dar importância aos ofícios e às artes profissionais e, dentre essas atividades, ele destaca a do bronze e, embora esta não seja vista como uma atividade de destaque por alguns estudiosos, Craig vê sua importância, ao constatar a existência de associações que representavam aqueles que atuavam na atividade deste metal.
 
Bom... mas em meio as práticas comerciais existentes em Tiatira, o de Púrpura( substância de cor vibrante, no tom de vermelho escuro, quase roxo) era o de maior destaque, tanto que, a encontramos nas Escrituras, como por exemplo: no livro de Atos 16:14-15, onde é feito menção de uma mulher chamada Lídia,  mulher essa, temente a Elohim e, vendedora de Púrpura. De acordo com esse texto, provavelmente a presença de Lídia na Cidade de Filipo estava relacionada a sua atuação comercial, onde representava a corporação e/ou associação da qual fazia parte.
 
O comércio desses tecidos tingidos de Púrpura, bem como da própria Púrpura, fazia de Tiatira uma Cidade rica, pois tal atividade comercial era voltada para atender a pessoas de alto "nível social", tais como: imperadores; reis; governadores; nobres..., retratando dessa forma, honra; status e; poder daqueles que se vestiam com tais tecidos.
 
No que tange a idolatria, a situação em Tiatira, em nada diferia das demais regiões citadas em Apocalipse, ou seja, seus habitantes estavam totalmente envolvidos nesta prática, tendo como principal divindade, Apolo, filho de Zeus, além das dvidindades associadas à profecia e ao sol.
 
A adoração ao Imperador, como não poderia deixar de ser, também era uma prática comum nessa cidade. Este, o imperador, era visto como alguém ligado ao deus Apolo, como uma manifestação terrena deste.
 
Como podemos observar, fica claro que, a maior batalha travada pelos crentes das Congregações descritas em Apocalipse, era a de se manterem longe da sedução idolátrica!
 
Assim sendo, através de análise contextual, torna-se possível compreendermos o porque das advertências feitas pelo Ungido, às Congregações localizadas na Ásia Menor, visto que, na sociedade da qual faziam parte, abster-se das velhas práticas idolátricas; suportar as pressões sindicais e/ou associações relacionadas as suas atividades comerciais, NÃO era tarefa fácil!
 
Quando adentramos na carta em si, destinada aos crentes da Congregação em Tiatira, percebemos que estes foram elogiados em sua conduta, no que tange a Emuná e, as obras por eles praticadas, que de tão abundantes, foi dito o seguinte: "as obras posteriores se tornaram maiores que as anteriores", denotando dessa forma que, esses crentes estavam em constante trabalho... em constante semeadura em prol do Reino de Elohim, PORÉM, algo aconteceu para que, logo após receberem tantos elogios, fossem repreendidos pelo Ungido. E, o que nos vem a mente é: O que teria motivado essa repreensão? E, a resposta é: o fato deles tolerarem falsos profetas, que é prefigurado na pessoa de Jezabel, a qual de acordo com o que nos é relatado no livro de 1Reis 21, era uma mulher idólatra, que não media esforços, nem as consequências, para obter o que queria. 
 
Como já dissemos acima, a sedução pela idolatria, estava fazendo estragos dentro da comunidade dos santos em Tiatira, uma vez que, o ensino desta falsa profetisa, estava pautado na linha do sincretismo, ou seja, de uma mistura de conceitos e doutrinas, dos quais muitos dos moradores desta cidade, por fazerem parte das chamadas associações de trabalhadores, acabavam fazendo delas sua "bússola", seu padrão de conduta e, vida. E, a respeito dessas associações, convém mencionarmos que, cada uma delas tinha o seu Padroeiro, o qual era homenageado em procissões e, em rituais realizados em seus templos, onde eram oferecidos banquetes  a respectiva "divindade/padroreiro", sendo a carne desse banquete, o principal componente da oferenda.
 
Outro ponto importante a mencionarmos é o seguinte: Tiatira era uma cidade onde existia o Oráculo de Sibila, um culto que tencionava, ou seja, um culto que tinha por objetivo, envolver profetisas no estilo grego. Talvez, por isso, a palavra de Jezabel, tenha encontrado espaço/entrada na Congregação situada em Tiatira, visto que esta, em sua maioria, era formada por pessoas de cultura helenista.
 
E, em meio a erros e acertos, o que nos chama a atenção acerca dos crentes em Tiatita é, a benevolência do Altíssimo! É a imensidão de seu amor para com o homem; no resgate deste, de modo que ao corrigi-lo, este homem, em humildade, pratique a submissão; a obediência e, o temor a Yah Elohim, tornando-se desse modo, participante de seu Reino. 
 
Percebam que, enquanto há fôlego de vida, há tempo para o ARREPENDIMENTO!  
 
Como podemos percber, a exortação feita aos crentes em Tiatira, tinha por objetivo, despertá-los para o arrependimento dos erros por eles praticados, a saber: a prostituição doutrinária; a fornicação e, o comer dos sacrifícios da idolatria. A permanência em tais práticas acarretaria a seguinte sentença : Castigo e Tribulação.
 
Vemos nas Escrituras que, quando Yah Elohim decreta esse tipo de sentença sobre alguém e/ou, sobre algum povo, é porque a maldade encontrada no meio destes, havia ultrapassado todos os limites, assim como se deu em Sodoma e Gomorra (Gn 18:20), onde lemos: " Disse mais YHWH: Porquanto o clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado, e porquanto o seu pecado se tem agravado muito".
 
Mas nem tudo estava perdido em meio a idolatria!!! Apesar de todas as dificuldades, havia em Tiatira crentes que não se renderam aos "encantos" dos ensinos de Jezabel, nominado no texto, como sendo coisas profundas de satanás. E, como conseguiram resistir? Eram estes melhores que os demais? E, a resposta é: NÃO! Estes conseguiram resisitir, porque escolheram manter-se firmes nas instruções do Ungido e, confiantes nas promessas feitas aos que perseverassem na emunah: " E, ao que vencer e, guardar até ao fim as minhas obras, EU lhe darei poder sobre as nações... e, dar-lhe-ei a Estrela da manhã."
 

Assim sendo, a lição que podemos obter através desse ensino é o seguinte: VIGILÂNCIA, que somada a emunah faz com que estejamos atentos a todo e qualquer ensino que nos chega as mãos e aos ouvidos, de modo a não sermos presas fáceis de doutrinas "estranhas", "ecumênicas"... cujo objetivo é desviar o crente de suas convicções acerca da Palavra de Elohim.

Portanto, sejamos vigilantes amados! Pois NEM TUDO o que nos parece agradável aos ouvidos, é bom! Que estejamos atentos; que sejamos sóbrios; que venhamos nos manter firmes e confiantes no Altíssimo, pois conforme nos foi ensinado, não sabemos o dia nem a hora que tais promessas se cumprirão(Mc 13:32-33), por isso é importante a vigilância; a perseverança e, a emunah, afim de que não sejamos pegos de surpresa, num estado de vaso sem unção, que ao ser pesado na balança da Justiça e da Verdade, é pego em falta!

 
Shalom!
 

Contato

Oholyao em Queimados RJ

oholyaodeiaurrushua@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode