Compreendendo a Respeito de Maldições

 
 
 
 
Esse estudo tem por objetivo, abordar um assunto que é de grande importância para nós, crentes em Yahushua mas, que infelizmente, muitos não dão a devida importância que o assunto merece. Em razão disso, vivem uma vida marcada de traumas, decepções, destruição e, tantos outros males decorrentes de maldições.  
 
Para compreendermos a respeito de maldição, precisamos antes de tudo, ter em mente que:  Salvação e, Herança de maldição, são coisas distintas! Compreender que, a Salvação que nos é concedida mediante Yahushua o Mashiach (Ungido), não invalida, nem descarta as heranças que recebemos de nossos antepassados! Assim sendo, da mesma forma que ao homem é dado o direito de aceitar ou não a salvação que lhe é concedida por Yahu, a este mesmo homem compete rejeitar ou não a sua herança familiar. Daí é fundamental compreendermos o conceito de HERANÇA!
 
Infelizmente, esse conceito para muitos ainda é restrito e, outros nem sequer sabe ao certo a profundidade do que realmente representa a herança em nossa vida espiritual e material. Na maioria dos casos, as pessoas quando ouvem falar de herança, automaticamente são levadas a pensar em bens móveis e, imóveis, em jóias e, tudo o mais que garante aquele que a receber, uma vida de luxo, conforto e, prazer.
 
O que muitos não se atentam é, que o conceito de Herança, vai muito além disso, principalmente quando está relacionada a herança familiar, a qual pode ser boa ou ruim, uma coisa é certa: caberá a nós escolhermos qual delas desejamos preservar em nossa vida. 
 
Embora, haja quem tenha perdido o real conceito de Herança, isso não significa que Yahu se esqueceu desse conceito! Muito menos satir! Por isso, o não se atentar para esse fato, faz com que muitos fiquem na desvantagem, por trazer consigo, herança familiar que ele não tem conhecimento e, por assim ser, faz uso de uma herança, que não partiu deles mesmo, aceitá-la ou rejeitá-la.
 
A perda de conhecimento da história famíliar, faz com que percamos a oportunidade de aprendermos com as experiências de nossos ancestrais e, assim sendo, sem tomarmos conhecimento, acabamos comentendo os mesmos erros que eles cometeram e, consequentemente, acabamos colhendo os mesmos frutos de seus pecados.
 
Diante disso, analisemos com a devida atenção cada ponto enumerado abaixo, a respeito desse assunto.
 
1ª ANÁLISE - DEFININDO O CONCEITO DE HERANÇA
 
Do latim haerentia, a herança é o conjunto dos bens, dos direitos e das obrigações que, à morte de uma pessoa, são transmitidos aos respectivos herdeiros ou legatários, isto é, pela via da sucessão. Herança é, portanto, o direito de herdar e/ou receber algo de uma situação anterior.
 
Para a biologia, a herança é composta pelos caracteres fenotípicos e do genoma que os seres vivos recebem dos seus progenitores. Este tipo de herança transmite-se através do materia genético que se encontra no núcleo celular e que supõe que o descendente terá características genéticas de um dos parentes (os pais) ou de ambos.
 
Outro uso do termo herança diz respeito aos hábitos culturais, sociais ou econômicos, decorrentes de um determinado momento histórico.
 
Quando falamos no âmbito espiritual, a herança é concedida independente da nossa vontade, mas o manter a herança que recebemos, compete a nós decidirmos.
 
De acordo com o Dicionário VINE, Pgª141, a informação que nos é dada a respeito de herança é a seguinte: " herança é uma tradução básica de nahalah. Essa palavra se refere mais adequadamente a uma" possessão", isto é, o direito legal de possuir o que recebeu."
 
Conhecer as nossas heranças familiares, ajuda-nos a reconhecer o modo de vida de nossos antepassados, isto é, seus costumes, suas tradições, no que criam..., de modo que tenhamos condições de saber que tipo de  herança nos foi transmitida. É através desse conhecimento que seremos capazes de distinguir se a herança familiar é benção ou maldição para nossa vida!
 
Há quem diga: " Mas uma vez que o homem aceita a Verdade, a Verdade o liberta, logo toda a maldição é quebrada na vida desse homem, de modo que tudo se faz novo!" Mas, voltamos a falar, precisamos compreender que Salvação e Herança são coisas DISTINTAS! Precisamos compreender que o homem recebe duas heranças em sua vida: 
 
1 - A PRIMEIRA, diz respeito a herança que herdamos de Adam, a qual foi desfeita no madeiro, através do sacrifício de Yahushua, cujo sangue derramado purificou-nos dessa herança pecaminosa, a qual faz separação entre Elohim e o homem. 
 
2 - A SEGUNDA, diz respeito a herança que herdamos de nossos pais e, antepassados, os quais por falta de conhecimento de Elohim e, de sua vontade, andavam segundo o curso deste mundo, envolvendo-se com a idolatria, com a feitiçaria, com o ocultismo, deixando-se inflamar pela inveja, pela ganância, pelo ódio, pelo ciúme e, tantos outros sentimentos trevosos, tornando-se dessa forma, aborrecedores de Elohim e, atraindo para si, herança de maldição.
 
Atentem-se que, Adam conhecia Yahu, conversava com ESTE ao cair da tarde, recebeu dELE autoridade para cuidar do Jardim plantado pelo próprio Yahu, recebeu autoridade para nomear os animais e, também recebeu uma ordem: não comais da árvore do conhecimento do bem e do mal. Vejam que Adam conhecia a vontade do Yahu, mas preferiu desobedecer! É esse pecado gerado da desobediência( Herança pecaminosa) a vontade do Yahu, que Yahushua veio por fim através do seu sacrifício! É essa dívida que Yahushua veio pagar! Agora, compete ao homem quitar a outra herança, a que diz respeito a herança de maldição familiar, proveniente da falta de conhecimento de Elohim e, de sua vontade, mas de que forma o homem consegue fazer isso? A resposta é: Através da autoridade que há no Nome Yahushua! Autoridade essa, que ELE nos concedeu para que em seu NOME expulssássemos demônios, ao impor as mãos sobre os enfermos, estes sejam curados, ao bebermos algo mortífero, não nos causasse dano! 
 
E nisso, conseguimos compreender o que nos foi ensinado: " o conhecimento da Verdade, leva-nos ao conhecimento da vontade de Elohim, de modo que ao se sujeitar a essa vontade, o homem verdadeiramente se torne livre! Livre da herança do pecado, livre das maldições!
 
O Sacrifício de Yahushua, concede-nos as condições necessárias para nos mantermos irrepensíveis, puros e, livres de todo o mal!
 
Analisemos o exemplo abaixo:
 
Um homem ao abrir o portão de sua casa, depara-se com um carteiro, o qual com um telegrama em uma de suas mãos, chama pelo seu nome. Ao atender o carteiro e receber o telegrama, ao abri-lo, lê a seguinte mensagem: " Sr Fulano, favor comparecer ao escritório de advocacia, localizado no endereço tal, Bairro tal e, nº tal, para resolver assunto referente a herança."
 
Ao comparecer no respectivo escritório, descobre que um parente, o qual até então ele não tinha conhecimento, deixou para ele uma herança cosntituída de vários imóveis, terrenos, lojas, ações em grandes empresas e, um grande valor depositado em diversos bancos. Diante de tudo o que lhe foi apresentado, Sr Fulano ficou maravilhado, pois reconheceu tal herança como benção em sua vida! Viu na herança recebida, a solução para eventuais dívidas que precisavam ser quitadas, era a oportunidade de sair do aluguel!
 
Onde queremos chegar com esse exemplo?  A resposta é simples! Queremos falar que diante de uma herança material, a qual o homem toma conhecimento de sua existência, ele pode ou não aceitar essa herança que lhe é dada. No caso do Sr.Fulano, ele reconheceu como benção e, de bom grado, a aceitou! Mas quando se trata de uma herança familiar, de âmbito espiritual, onde não temos conhecimento de sua procedência, se acarretará em nossa vida benção ou maldição, como aceitá-la ou rejeitá-la? Como podemos escolher algo do qual não temos conhecimento?
 
E nessa falta de conhecimento, muito das vezes o homem não entende por que mesmo procurando viver uma vida idônea, atentando-se para a palavra do Yahu, as coisas não mudam em sua vida! Os conflitos familiares persistem! Sua vida financeira é uma bagunça!Seus filhos não obedecem. Dinheiro não rende em suas mãos. Vive individado, não consegue concretizar o que planeja, o que sonha. Em sua família, as mulheres são assoladas por enfermidades, que muito das vezes, as levam ao óbito. A infidelidade conjugal é uma constante e, manter o casamento só por milagre! O medo, a depressão, problemas psicológicos e, tantos outros problemas de família, que por não se ter conhecimento de suas origens, o homem acaba aceitando o discurso, de que essas coisas, são " fatalidades" da vida! São provas que todo o crente passa para reconhecer que não há quem tenha, o controle de algo nessa vida! Enfim, analisando cada um a si mesmo,observando a vida que vive, veja se há algo em comum com a vida que seus pais vivem ou viveram! Veja se há alguma semelhança com a vida que seus avós, seus tios, primos e, irmãos vivem ou viveram! Procure conhecer melhor a vida que seus familiares tem vivido, procure conhecer sua herança familiar! E assim fazendo, você terá condições de aceitá-las ou rejeitá-las em sua vida.
 
2ª ANÁLISE - DEFININDO MALDIÇÃO
 
Quando recorremos ao dicionário, a definição que encontramos a respeito dessa palavra é: Ato ou efeito de amaldiçoar. Palavras com que uma pessoa deseja que advenham males a outra; praga. 
 
Como podemos observar, a Maldição é o meio pelo qual, uma pessoa sofre os efeitos de um ato, o qual se dá em razão de algo e/ou, alguém. Daí buscarmos compreender o que faz com que nos sobrevenha uma maldição! É justamente nesse ponto que desejamos adentrar!
 
Vejamos o texto abaixo:
 
Exodo 20:5 " ...porque EU, YHWH teu Elohim, sou Elohim zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem.
 
Deuteronômio 11:26-29 "Eis que hoje eu ponho diante de vós a bênção e a maldição; a bênção, quando cumprirdes os mandamentos do YHWH vosso Elohim, que hoje vos mando; Porém a maldição, se não cumprirdes os mandamentos do YHWH vosso Elohim, e vos desviardes do caminho que hoje vos ordeno, para seguirdes outros deuses que não conhecestes."
 
Deuteronômio 30:19 " Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência."


Como podemos observar, a benção ou a maldição estão estreitamente ligadas a fazer ou não a vontade do Yahu! E partindo desse princípio, quando tomamos conhencimento do que Yahu quer que façamos e/ou, o caminho que ELE quer que venhamos a trilhar, o obedecer gera em nossa vida benção, mas o contrário, resulta em maldição! 

O que muitos não se dão conta é, que a desobediência dá direitos legais para que espíritos demoníacos atuem na vida do homem! Há quem pense: mas como uma pessoa que não tem conhecimento da vontade do Yahu, pois nem sequer o conhece, pode sofrer consequencias da maldição, uma vez que, não se tem consciência se o que faz ou fez é errado, ou vai contra a vontade do Yahu?

Vejam o que nos é revelado no texto abaixo:

Naum 1:3 " YHWH é tardio em irar-se, mas grande em poder, e ao culpado não tem por inocente."

Levítico 5:17 " E, se alguma pessoa pecar, e fizer, contra algum dos mandamentos do YHWH, aquilo que não se deve fazer, AINDA QUE NÃO SOUBESSE, contudo será ela culpada, e levará a sua iniqüidade."

Portanto o fato de não termos conhecimento acerca de Yahu, não torna o homem inocente perante a Elohim. Dessa forma, o homem responderá por seus por seus pecados, por suas iniquidades e transgressões, além de trazer consigo toda a herança de maldição oriundas da vida de desobediência e rebeldia de seus antepassados!

 

3 - ANALISANDO OS TIPOS DE MALDIÇÃO
 
Destacamos três tipos de Maldições, são elas:
 
I - a Maldição concedida por Yahu, com o objetivo de despertar a atenção do crente, de modo a fazer com ele retorne de seus maus caminhos, de modo que se reconcile com Elohim;
 
II - a Maldição feita por satir e/ou seus servos, com direito legal de amaldiçoar, com o objetivo de causar danos, perdas, destruição e, morte;
 
III - a ação feita por satir e/ou seus servos, sem o direito legal de amaldiçoar, mas com a permissão do Yahu.
 
A maldição concedida por Yahu é aquela que se dá mediante a desobediência a sua palavra, ao que ELE estabeleu como padrão para que se cumpra a sua vontade. Um exemplo disso, está na orientação que ELE deu a seu povo, de modo que eles ao obedecerem a sua palavra, seriam benção onde quer que estivessem, bem sucedidos no que viessem a realizar, seriam bendidos na entrada e na saída, enfim, as bençãos do Yahu estariam sobre o seu povo, em razão da obediência. Mas também nos ensina que as consequencias da desobediência a sua palavra, a sua intrução, resultam em maldição! Portanto, os que pertencem a Yahu, quando desobedecem a sua palavra e, a sua vontade, rejeitando a sua instrução, colocam-se debaixo da maldição do Yahu.
 
Ler Deuteronômio 11:26-32
 
No que diz respeito a maldição feita por satir e/ou seus servos, com direito legal, o que temos é o resultado da herança pecaminosa que recebemos da parte de Adam, em razão da desobediência quanto a ordem recebida do Yahu. 
 
Através desse pecado, satir passou a ter o direito legal para atuar na vida do homem, de modo a roubar, matar e destruir famílias e, nações!
 
Gn 2:16-17 " E ordenou YHWH Elohim ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás."
 
Gênesis 3:17-20 "E a Adam disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida. Espinhos, e cardos também, te produzirá; e comerás a erva do campo.
No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás."
 
Observem que a desobediência de Adam gerou sobre a vida dele uma maldição, a qual foi transmitida ao demais que vieram após ele. Todos foram amaldiçoados, tanto a mulher, quanto a serpente, quanto os animais e, toda a terra. A autoridade de governar que Yahu concedeu ao homem, este entregou a satir no momento em que sucumbiu ao desejo pecaminoso, rejeitando a instrução de Elohim.
 
E nisso, as Escrituras nos revelam em Lucas 4:1-6, o seguinte: " E Yahushua, cheio do Ruach Kadosh, voltou do Jordão e foi levado pelo Ruach ao deserto; e quarenta dias foi tentado pelo diabo, e naqueles dias não comeu coisa alguma; e, terminados eles, teve fome. E disse-lhe o diabo: Se tu és o Filho de Elohim, dize a esta pedra que se transforme em pão. E Yahushua lhe respondeu, dizendo: Está escrito que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Elohim. E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; porque A MIM ME FOI ENTREGUE, e dou-o a quem quero."
 
É esse direito legal concedido a satir, que permite a ele e, seus servos demoníacos a atuar na vida do homem que desconhece e, rejeita a palavra do Yahu e, seus estatutos.

 

Já no que diz respeito a maldição feita por satir e/ou seus servos sem direito legal, o que temos é o resultado de uma ação em que o crente mesmo em obediência a vontade do Yahu e, não estando debaixo de maldição, satir pede para atuar assim mesmo, como foi no caso de Jó.
 
Jó 1:6-13 " E num dia em que os filhos de Elohim vieram apresentar-se perante YHWH, veio também Satanás entre eles. Então YHWH disse a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu a Yahu, e disse: De rodear a terra, e passear por ela. E disse YHWH a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Elohim, e que se desvia do mal. Então respondeu Satanás a YHWH, e disse: Porventura teme Jó a Elohim debalde? Porventura tu não cercaste de sebe, a ele, e a sua casa, e a tudo quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste e o seu gado se tem aumentado na terra. Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema contra ti na tua face. E disse YHWH a Satanás: Eis que tudo quanto ele tem está na tua mão; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do YHWH."
 
Esse tipo de maldição em que satir não tem direito legal para agir na vida do homem, mas mesmo assim agi, assim acontece com a permissão do Yahu, afim de que os que são seus, dêem testemunho tanto no reino visível e invisível do que é servir a Yahu e, quão grande é o poder dESTE em favor dos que nELE confiam. É o que chamamos de provação, onde somos ao ser provado, o testemunho do crente é aprovado por Elohim. 
 
 
4ª ANÁLISE - CONHECENDO AS ORIGENS DAS MALDIÇÕES
 
Conhecer a procedência da maldição que nos sobrevém, é de grande importância para que venhamos confessá-las e, automaticamente nos arrependermos dos pecados que deram origem a essas maldições e, por fim, usarmos de autoridade na quebra dessas maldições. Vejamos abaixo, alguns fatores que dão origem a maldições:
 
I - por Herança: 
 
a) através dos pecados de antepassados;
b) através de consagrações feitas a satir que não foram respeitadas;
c) através de aceitação, por ancestrais, de maldições sobre a vida de seus descendentes;
d) através da permanência nos pecados de antepassados.
 
 
II - por Envolvimento com coisas impuras e profanas:
 
a) trazendo pra dentro de casa ou escritório, objetos amaldiçoados;
b) ao manusear coisas profanas;
c) ao dar honra a entidades demoníacas;
d) ao seguir a moda ditada por demônios.
 
 
III - por Violação de direitos territoriais:
 
a) ao invadir o terrenos de satir;
b) ao guerrear contra satir, sem ter recebido da parte do IÁURRU ordem para assim fazer;
c) viver numa terra impura ou amaldiçoada;
d) viver numa casa impura ou amaldiçoada
 
 
IV - por Rituais demoníacos:
 
a) através de desenhos ocultistas;
b) pelo uso de objetos amaldiçoados;
c) através de presentes amaldiçoados recebidos
 
 
V - outras Situações:
 
a) por riducalirizar satir;
b) por ter feito uso de alimentos sacrificados a ídolos;
c) através do ódio;
d) através do ciúme;
e) através de palavras mal proferidas;
f) quebra de voto feito com ULRRIM.
 
 
Todas essas ações citadas acima, dão a satir o direito legal de nos atacar, uma vez que essas ações abrem portas para sua atuação. Somente quando reconhecemos esses pecados, confessando-os e, arrependendo-nos de cada um deles, é que essas maldições são quebradas. Somente assim fazendo, retiramos de satir e, de seus servos demoníacos, o direito legal que um dia receberam por herança, em razão de não guardamos os mandamentos do IÁURRU e, por não andarmos segundo os seus preceitos.
 
Portanto, o não conhecer a vontade de ULRRIM, faz com que o homem peque e, consequentemente, sem saber, passe a dar direito legal para satir lançar maldição sobre sua vida.
 
 
5ª ANÁLISE - A IMPORTÂNCIA DE SE CONFESSAR O PECADO DE NOSSOS ANTEPASSADOS:
 
 
Levítico 26:39-41 "E aqueles que entre vós ficarem se consumirão pela sua iniqüidade nas terras dos vossos inimigos, e pela iniqüidade de seus pais com eles se consumirão. Então confessarão a sua iniqüidade, e a iniqüidade de seus pais, com as suas transgressões, com que transgrediram contra mim; como também eles andaram contrariamente para comigo."
 
 
Neemias 9:1-3 "E, no dia vinte e quatro deste mês, ajuntaram-se os filhos de YsraEl com jejum e com sacos, e traziam terra sobre si. E a descendência de Yaoshorul se apartou de todos os estrangeiros, e puseram-se em pé, e fizeram confissão pelos seus pecados e pelas iniqüidades de seus pais. E, levantando-se no seu lugar, leram no livro da lei do YHWH seu Elohim uma quarta parte do dia; e na outra quarta parte fizeram confissão, e adoraram a YHWH seu Elohim."
 
Dayanul( Dn) 9:4-14 "E orei a YHWH meu Elohim, e confessei, e disse: Ah! YHWH Elohim grande e tremendo, que guardas a aliança e a misericórdia para com os que te amam e guardam os teus mandamentos; Pecamos, e cometemos iniqüidades, e procedemos impiamente, e fomos rebeldes, apartando-nos dos teus mandamentos e dos teus juízos;...Ó YHWH, a nós pertence a confusão de rosto, aos nossos reis, aos nossos príncipes, e a nossos pais, porque pecamos contra ti. A YHWH, nosso Elohim, pertencem a misericórdia, e o perdão; pois nos rebelamos contra ele, E não obedecemos à voz do YHWH, nosso Elohim, para andarmos nas suas leis, que nos deu por intermédio de seus servos, os profetas. Sim, todo o Israel transgrediu a tua lei, desviando-se para não obedecer à tua voz; por isso a maldição e o juramento, que estão escritos na lei de Merrushua, servo de Elohim, se derramaram sobre nós; porque pecamos contra ele...Como está escrito na lei de Merrushua, todo este mal nos sobreveio; apesar disso, não suplicamos à face do YHWH nosso Elohim, para nos convertermos das nossas iniqüidades, e para nos aplicarmos à tua verdade."

 
Como podemos observar através dos textos acima mencionados, a não observância da vontade do YHWH, acarretou sobre YsraEl e Yehudah aflições, derrotas, cativeiro! Vejam que ao tomar conhecimento das palavras do Yahu através dos livros do profeta YeshaYahu(Is), Daniel e deu conta das razões que levaram o seu povo ao cativeiro babilônico, a saber: a desobediência e, transgressão a lei do Yahu. E ao reconhecer as iniquidades do povo e, confessá-las, juntamente com as suas, sabia que Yahu na sua infinita misericórdia, perdoaria Yehudah.
 
Diante da grande miséria, desprezo e, humilhação que os Yehudim(Judeus) de Yaohudah passavam após o cativeiro babilônico, Neemias reconhceu que por não guardarem os mandamentos, nem os estatutos, nem os juízos que Yahu ordenou a Merrushua, lembrou-se das seguintes palavras do Yahu: " da palavra que ordenaste a Moisés, teu servo, dizendo: Vós transgredireis, e eu vos espalharei entre os povos." Neemias 1:8 - Também se lembrou da misericórdia do YHWH, o qual disse que no momento em que o povo se convertesse e, guardasse os seus mandamentos e, os cumprisse, YHWH os ajuntaria e, os colocaria no lugar escolhido por ELE próprio, para alí fazer habitar o seu NOME." Neemias 1:9 "

 

2 Crônicas 7:14 -  " E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.
 
 
6ª ANÁLISE - COMPRENDENDO O TEXTO EM EZEQUIEL 18:2
 
Há quem utilize o texto que se encontra em Ezequiel 18:2, o qual diz assim: " que quereis vós dizer, citando na terra de YsraEl este provérbio: os pais comeram uvas verdes e, os dentes dos filhos se embotaram?" para corroborar com a idéia de que não se faz necessário confessarmos os pecados de nossos pais, pois os pecados destes, não serão cobrados nos filhos!
 
Infelizmente, os que assim afirmam, não se atentam para o seguinte fato: o texto mencionado em Ezequiel aborda acerca da salvação! Aborda a respeito da busca individual que cada um deve ter acerca do Yahu, afim de que, conhecendo a sua Palavra e, sujeitando-se no cumprimento dela, o homem justo, não padeça, ao contrário, por pertencer a Elohim, nELE se mantenha viva.
 
O texto em Ezequiel deixa bem claro: o que se requer do homem que guarda os mandamentos do Yahu e, as ordenanças feitas por ESTE é a OBEDIÊNCIA.
 
Portanto, o texto em Ezequiel, mostra-nos que a Salvação é individual!! Essa busca pela intimidade com Elohim e, o conhecê-lo é algo individual! Notem que o texto deixa claro que o pecado leva a morte, mas a integridade do homem que pratica a justiça do Yahu, o conduz a salvação! Daí, compreendermos que realmente o filho não levará sobre si, a iniquidade do pai e, nem o pai, a iniquidade do filho, mas certamente, a parte ímpia que se converter de seus pecados e, guardar os estatudos de Elohim e, proceder com retidão e justiça, ao invés da morte, encontrará vida, pois Yahu não se alegra com a morte do ímpio, antes, deleita-se quando este se converte de seus maus caminhos.
 
Diante disso, reafirmamos mais uma vez que, Salvação e Herança, são coisas DISTINTAS! A Salvação é individual, conforme constatamos no livro de Ezequiel, cada um responde pelos seus atos, já a Herança, ao contrário é transmitida de pai pra filho e, assim sucessivamente.
 
Sugerimos ao leitor que leia atentamente todo o livro Ezequeil 18, afim de analisar todo o contexto da mensagem alí contida.
 
 
7ª ANÁLISE - QUEBRANDO AS MALDIÇÕES
 
Como vimos em nosso estudo, a desobediência no que diz respeito a Palavra do Yahu, acarreta danos, prejuízos, perdas, humilhações na vida do homem e, para por fim a essa vida de desordem e derrota, o que as Escrituras nos ensina é:
 
1º - Reconhecer nossos pecados, os pecados de nossos pais e, antepassados;
2º - Confessar esses pecados;
3º - Arrependermo-nos desses pecados.
 
Quando reconhecemos, confessamos e nos arrependemos de nossos pecados, das iniquidades e transgressões cometidas por nossos pais e antepassados, retiramos de satir e, de seus servos demoníacos, o direito legal que a eles foi dado, para agir na vida dos que desobedecem a palavra do Yahu, aos que rejeitam submeter-se a vontade de Elohim.
 
Vejam bem, enfatizamos aqui que o reconhecer os pecado de nossos pais e antepassados, NÃO SIGNIFICA que estamos assumindo a culpa deles, MAS SIM, reconhecendo que o fato deles não terem se atentado para a Palavra do Yahu e, os seus preceitos, fizeram com que vivessem debaixo de maldição e, consequentemente, transmitissem para seus descendentes essa herança de maldição.
 
Daí, nós que recebemos de Yahushua a autoridade para em seu NOME repreendermos e expulsarmos esses espíritos demoníacos de nossa vida, desfazendo toda a obra de maldição por eles lançadas, de modo que onde operava a maldição através da prostituição, deixe de existir, onde operava a maldição através da ganância, deixe de existir; onde operava a maldição através de enfermidade diversas, deixe de existir, onde operava a maldição através de casamentos desfeitos, deixe de existir; onde operava a maldição em relacionamentos fracassados, deixe de existir, onde a maldição operava através da miséria deixe de existir, onde operava a maldição através de conflitos familiares, deixe de existir e, assim com tantas outras ações manifestadas através de maldições que sejam desfeitas e quebradas na autoridade que há no NOME de Yahushua.
 
 
ORAÇÃO
 
Óh Yahu, bem sabemos que TU és bom e, que a sua misericórdia é a razão de não sermos consumidos. Portanto, confessamos os pecados de nosssos antepassados, os quais não te conheceram, nem mesmo a sua vontade, por isso, a todo instante te aborreciam com a desobediência, com a idolatria, feitiçaria, bruxaria, encantamentos e, tantas outras coisas abomináveis diante dos teus olhos. 
 
Reconhecemos que todos esses pecados e, iniquidades oriundos da rebeldia e, por não se atentarem aos seus preceitos, fez com eles anadassem segundo o curso deste mundo, concedendo dessa forma a satir e, a seus servos demoníacos, direitos legais para lançarem sobre nós e, sobre nossa família herança de maldição, tais como, alcoolismo, prostituição, envolvimento com coisas ilícitas, enfermidades, desemprego, miséria, depressão, brigas e discórdias entre irmãos, entre sogra e nora, entre genro e sogro, entre pais e filhos, atuando também através de casamentos mal sucedidos, adultério, os quais geraram ressentimentos, mágoas, amarguras, ciúme e, tantos outros sentimentos  e, ações trevosos.
 
Óh Yahu confessamos os nossos pecados herdados de nossos pais, de nossos antepassados e, nos envergonhamos de cada um deles e, rejeitamos toda essa herança de maldição da qual tomamos conhecimento, sobre nossa vida e, descendentes, pois cremos que, na Nova Vida que recebemos mediante o Mashiach(UNgido) Yahushua, não há espaço para o que é impuro, nem para o que é profano e, nem para o que lhe aborrece.
 
Portanto Yahu, purifica-nos na sua Palavra, pois a sua Palavra é a Verdade que nos torna verdadeiramente livres de todo o mal! E na autoridade que há no NOME Yahushua, expulsamos e retiramos de nossa vida, todo o direito legal que um dia foi concedido a nossos inimigos, de modo que, assim fazendo venhamos desfrutar da plenitude de suas bençãos, da tua misericórdia, do teu ahavah(amor) e, do teu poder em nosso favor. Que a tua Palavra seja para todo o sempre a nossa bandeira, lâmpada para nossos pés e, luz para o nosso caminhar, afim de que atentos a sua Palavra e, a sua vontade, não pequemos contra TI.  Amén.
 
 
OBS: Caso tenha gostado de nosso estudo e, dos demais postados em nosso site, responda nossa enquete contida na Página Inicial e, desejando ser notificado a respeito das novas postagens feitas em nosso site, envia-nos seu e-mail.
 

 

Contato

Oholyao em Queimados RJ

oholyaodeiaurrushua@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode