Sacrifício

 
 
Qual a importância de compreendermos a respeito de Sacrifício?
 
O entendimento a respeito desse assunto é de grande importância para os crentes em Yahushua, pois leva-nos a conhecer o propósito de Elohim para com a humanidade, o seu prazer em se relacionar com o homem, o qual em princípio feito a imagem e semelhança de Elohim, conversava com este ao cair da tarde!
 
Compreender a respeito de Sacrifício, leva-nos a perceber o quanto Yahu nos ama, ensinando-nos que pelos nossos erros, pelos nossos pecados, pelas nossas transgressões e iniquidade, faz-se necessário ter quem se colocasse em nosso lugar, para sofrer, ser humilhado, moído, traspassado e, morto, afim de que pela sua morte, viéssemos a ter vida!
 
O Sacrifício, leva-nos a reconhecer nossa dependência de Elohim. Leva-nos a compreender que sem Sacrifício e, sem derramamento de sangue, não há remissão de pecado. É justamente nesse ponto, que podemos perceber a manifestação da misericórdia do Yahu para com a humanidade, pois quem além do Yahu poderia nos conceder o seu melhor para se colocar em nosso lugar? Para sofrer em nosso lugar? Tornar-se pecador, sem ter cometido pecado e, tudo isso, assim fez por amor e, em amor!
 
Como podemos observar, compreendermos a respeito de Sacrifício, vai muito além do que alguns possam imaginar, por isso, propopomo-nos aqui através desse estudo, pautado nas Escrituras Sagradas, trazer luz e entendimento aos que o leem, de modo que não sejamos enganados por aqueles que se infiltrando em nosso meio, distorcem o ensino escritural, afim de invalidar o Novo Testamento e, consequentemente, anular a Pessoa de Yahushua o Mashiach(Ungido).
 
Por mais incrível que nos pareça, há quem acredite que pelo fato de Yahu ser bom, ELE jamais aceitaria sacrifícar seu Filho Unigênito; que ELE não se agrada de Sacrifício, além de outras coisas mais e; na tentativa de justificar tais afirmações, lançam mão de versículos isolados, tais como: "Yahu quer misericórdia e não sacrifício!", mas no que diz respeito a Sacrifício, tais afirmações são verdadeiras?
 
O que essas pessoas não se atentam e, ou não querem se atentar é, que foi o próprio Yahu o primeiro a sacrificar e, assim fez com o objetivo de encobrir o  pecado do homem, vestindo-o e, de igual modo a sua mulher. 
 
Atentem-se que ao desobedecer a ordem dada por Yahu no Éden, o homem se deu conta que estava nú, ou seja, o homem se deu conta que pecou contra Yahu e, para encobrir o seu pecado, ao invés de reconhecer o seu erro, arrependendo-se de seus atos, resolveu buscar em si mesmo a solução para o problema gerado, cobrindo-se com folhas, as quais de nada adiantaram!
 
A partir daí, Yahu apresenta-nos o único meio pelo qual o pecado pode ser encoberto, a saber: através do Sacrifício seguido de derramamento de sangue. Mas o que significa esse derramamento? Significa que alguém teve que morrer para encobrir o pecado do homem! Pois como nos ensina as Escrituras, o salário do pecado é a morte! 
 
Diante disso, alguém pode se perguntar: " mas não seria nesse caso, o certo, o homem pagar pelo seu erro ao invés do animal? A resposta a essa pergunta é: SIM! Mas agradou a Yahu usar de Misericórdia para com o homem, afim de que através deste, um plano maior e, sublime, fosse colocado em ação. Ao imputar ao animal o pecado do homem, temos a pré figuração do sacrifício a ser realizado pelo Cordeiro de Elohim. Um exemplo a ser citado, está no livro de Ex.12, onde o povo ainda cativo no Egito, foi orientado a passar o sangue nos umbrais das portas de suas casas, afim de que não fossem atingidos pela morte. É esse sacrifício que o Cordeiro de Elohim representa, ou seja: A MANIFESTAÇÃO DA VIDA DO YAHU! O Sacrifício requer a morte de um, para se conceder vida a outro.
 
Como podemos observar, o Sacrifício e/ou o Ato de Sacrificar tem o seu simbolismo e, no caso de sacrifício de animais, esse ocorre, não porque Yahu se agrada em ver o sofrimento do que ele criou, mas para lembrar ao homem, que tudo que há no mundo pertence a seu Criador e, levá-lo a reconhecer que sua alma natural, o levou a se afastar de Elohim e, o Sacrifício, é o meio pelo qual o homem se aproxima dESTE.
 

Analisando as Escrituras, observamos que existem vários tipos de sacrifícios, os quais são ofertados por várias razões, entre eles:

a) Sacrifícios comunais: os quais eram realizados em nome de toda a congregação, com acréscimo (Mussaf) nos dias especiais.

b) Sacrifícios individuais: a realização desse sacrifício se dá em duas razões:

1ª Razão -  Para pedir perdão de certos pecados

Neste caso, o sacrifício é aceito somente se a pessoa se arrependeu completamente da falha cometida (e se foi algo contra o próximo, se também se desculpou totalmente e reparou qualquer dano); só então o sacrifício podia trazer à pessoa, o perdão. E de que forma isso era feito? Era feito com a presença da pessoa que buscava o perdão, a qual precisava estar presente no ato do sacrifício, acompanhando todo o processo e pensando que o que está sendo imposto ao animal, deveria estar sendo imputado a ele(a), por ter pecado contra ULRRIM. 

Como podemos perceber, pedir perdão APENAS, não era o suficiente! A pessoa precisava reconhecer o seu erro e, assim sendo, reconhecer que a misericórdia do Yahu, é o motivo dele(a) não ser consumido.

Por isso o Sacrifício se fazia necessário, pois o assistir a todos os detalhes do processo do sacrifício, ou seja, do início ao fim, quando a carne e, outras partes eram queimadas no Altar, estimulava a pessoa a se perguntar: Em que ela se distingue do animal? Por que deixou sua natureza humana dominá-lo(a) a ponto de desobedecer ou transgredir a vontade do Yahu?

2ª Razão - Em agradecimento a ulrrim por algum milagre ou benefício que aconteceu à pessoa.

 
Abaixo,  enumeraremos alguns termos fundamentais, para compreendermos a respeito da oferta e, sacrifício, são eles:
 
1 -  Corban ( קָרְבָּ֖ן ):
 
Significa oferta, oblação( ação de ofertar, fazer uma oferenda), sacrifício. 
 
O termo Corban é encontrado em vários idiomas semíticos e, é derivado do verbo chegar, aproximar. No hebráico recente/moderno é usado no sentido de oferta e consagração. Na Septuaginta é traduzido por "Presente".
 
A raíz da palavra Corban, vem da palavra Qarab, cujo significado é oferecer, chegar perto e, aproximar. Embora essa raíz(qarab) apareça centenas de vezes no Antigo Testamento, Corban por sua vez, aparece 80 vezes, sendo que na maioria delas, aparece no Livro de Levítico e Números e, desse total, as duas exceções ocorrem no livro de Ezequiel 20:28; Ezequiel 40:43
 
Abaixo citamos tr~es textos, nos quais encontramos a ocorrência do termo Corban e, suas flexões verbais:
 
Levíticos. 1:1-3 Chamou YHWH a Moshe, da Tenda da Congregação, disse-lhe: Fala aos filhos de YsraEl e dize-lhes: Quando algúm de vós trouxer oferta(Corban) a YHWH, trareis a vossa oferta (Corbankhem) de gado, de rebanho ou de gado miúdo. Se a sua oferta (Corbanu) for de holocausto de gado, trará ( Keribenu) macho sem defeito; à porta da tenda da Congregação (Ohel Moued) o trará, para que o homem seja aceito perante YHWH."
 
 
Agora, observem atentamente a palavra Corban ( קרבן) e suas flexões em destaque no texto abaixo:
 
 
 
Números 7:25-27
 
" A sua oferta( Corbanu) foi um prato de prata, do peso de cento e trinta siclos , uma bacia de prata, de setenta siclos, segundo o siclo do santuário; ambos cheios de flor de farinha, amassada com azeite , para oferta de manjares; um recipiente de dez siclos de ouro cheio de incenso; um novilho, um carneiro de um ano para holocausto."
 
 
Ezequiel 20:28 " Porque, havendo-os Eu introduzido na terra sobre a qual Eu levantara a minha mão, para lha dar, então olharam para todo o outeiro alto e, para toda a árvore frondosa e, ofereceram alí os seus sacrifícios e, apresentaram alí a provocação das duas ofertas; puseram alí os seus cheitora suaves e, alí derramram as suas libações."
 
 
Resumindo, Corban é tudo oq eu oferecemos a Yahu Elohim, de modo a nos aproximarmos dELE.
 
Com as Escrituras em mãos, vejamos o texto abaixo:
 
Nm 7:25-27 " A sua oferta foi um prato de prata, do peso de cento e trinta siclos, uma bacia de prata de setenta siclos, segundo o siclo do santuário; ambos cheios de flor de farinha amassada com azeite, para oferta de alimentos; Uma colher de dez siclos de ouro, cheia de incenso; Um novilho, um carneiro, um cordeiro de um ano, para holocausto."
 
O termo Corban usado no texto acima, é usado para se referir a todo tipo de ofertas, quer seja de animais e,  manjares (cereais) e, do mesmo modo, mostra-nos uma atenção especial voltada para vários utensílios de prata e ouro, os quais eram oferecidos no Santuário.
 
No texto que se encontra em Ezequiel 20:28, onde lemos o seguinte: " Porque, havendo-os eu introduzido na terra sobre a qual eu levantara a minha mão, para lha dar, então olharam para todo o outeiro alto, e para toda a árvore frondosa, e ofereceram ali os seus sacrifícios e apresentaram ali a provocação das suas ofertas; puseram ali os seus cheiros suaves, e ali derramaram as suas libações."
 
O termo Corban usado no texto em Ezequiel, é usado no sentido de provocação (pagã) das ofertas entregues por YsraEl a outros Elohim.
 
E, nisso, podemos perceber o seguinte: faz-se necessário ao homem, aproximar-se de Elohim, pois a sua Nefesh (Ser/Vida), tem sede de Elohim, conforme nos foi ensinado em Yohanan (Jo) 4:14, onde lemos o seguinte: " Aquele que beber da água da vida, nunca mais terá sede, porque a água que Eu lhe der se fará nele uma fonte de água viva, que salte para a vida eterna."
 
Portanto, o aproximar-se de Elohim é, reconhecer que fora dEle NADA somos, NADA podemos, NADA temos, mas NEle, estamos e seguros e, ao nos colocarmos debaixo de sua autoridade é reconhecermos que, o viver a sua vontade, requer de nó, o renunciar a nós mesmos.
 
Yahushua é o Corban que o próprio Yahu nos concedeu!
 
 
 
2 - Olah( עלה) 
 
Significa Holocausto, oferta queimada por inteiro. Ocorre em torno de 280 vezes no Hebráico Bíblico e, em todos os períodos. Esse tipo de oferta (Olá) podia ser feita com bezerro (Lv 1:3-5), cabra (Lv 1:10) ou aves (Lv 1:14), conforme podemos observar abaixo:
 
Levítico 1:3-5 " Se a sua oferta ( עלה - Olah) for holocausto de gado, oferecerá macho sem defeito; à porta da tenda da congregação a oferecerá, de sua própria vontade, perante YHWH. E porá a sua mão sobre a cabeça do holocausto, para que seja aceito a favor dele, para a sua expiação. Depois degolará o bezerro perante YHWH; e os filhos de Arão, os sacerdotes, oferecerão o sangue, e espargirão o sangue em redor sobre o altar que está diante da porta da tenda da congregação."
 
Levítico 1:10 " E se a sua oferta ( עלה - Olah) for de gado miúdo, de ovelhas ou de cabras, para holocausto, oferecerá macho sem defeito."
 
 
Levítico 1:14 " E se a sua oferta ( עלה - Olah ) YHWH for holocausto de aves, oferecerá a sua oferta de rolas ou de pombinhos."

 

 
O significado central da palavra Olah como Holocausto, era a entrega total do coração e, a vida do ofertante a Elohim. As ofertas pelo pecado podiam acompanhar o Holocausto, quando o ofertante estava interessado numa cobertura ou expiação do pecado.
 
Sua primeira ocorrência Bíblica identifica um tipo de oferta apresentada a Elohim, conforme podemos constatar nos textos abaixo:
 
Gn 8:20 - " E edificou Noah um altar a YHWH; e tomou de todo animal limpo, de toda ave limpa e, ofereceu holocautos (Olot) sobre o altar."
 
 
Lv 1:4 " E porá sua mão sobre a cabeça da oferta(Olah) de elevação e, esta será aceita para servi-lhe de expiação."
 
 
Yahushua é o Olah (Holocausto) perfeito, entregue por Yahu, para remissão de nossos pecados!
 
 
 
3 -  Asham - ( אשם )
 
Significa oferta pela culpa. Presente de restituição e/ou, presente de expiação. Esse termo também é empregado para aludir a uma ofensa contra Elohim e, a culpa incorrida por isso. Também é usado para se referir ao reembolso feito àquele que foi prejudicado
 
Vejamos nos textos abaixo, o termo Asham o termo Asham:
 
Levítico 5:15 " Quando alguma pessoa cometer uma transgressão, e pecar por ignorância nas coisas sagradas do YHWH, então trará ao Senhor pela expiação, um carneiro sem defeito do rebanho, conforme à tua estimação em siclos de prata, segundo o siclo do santuário, para expiação da culpa."
 
 
 
No texto que se encontra em Nm 5:7-8, Asham representa o reembolso àquele que foi prejudicado, conforme podemos observar abaixo:
 
" E confessará o seu pecado que cometeu; pela sua culpa, fará plena restituição, segundo a soma total, e lhe acrescentará a sua quinta parte, e a dará àquele contra quem se fez culpado."
 
 
A idéia básica a respeito de Asham, está ampliada de forma que a palavra venha a significar um presente a Elohim para remover a culpa, conforme podemos constatar em 1Sm 6:3; ou expiar o pecado, conforme podemos observar no texto abaixo:
 
YeshaYahu(Is) 53:10 "Todavia, YHWH agradou moê-lo, fazendo_o enfermar; quando a sua nefesh se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias e; o bom prazer de YHWH prosperá na sua mão."
 
 
Yahushua é a oferta que Yahu nos concedeu, para o perdão de nossa culpa!
 
 
 
4 - Mînha( מִנְחָ֖ה )  (Pronunciamos: Minrrá)
 
Significa oferta de manjares (cereais), tributos, dom, presente, sacrifício, oblação, sendo que, o significado oferta de manjares seja uma tradução mais precisa. Mînha, é um presente que é dado por uma pessoa a outra, um exemplo a ser citado, é o do patriarca Yaacov(Jacó), o qual ao voltar para casa após 20 anos, com medo da reação de seu irmão Esaú, separou do que tinha um presente para este, conforme podemos constatar no texto abaixo, onde a palavra Minrrá está em destaque no texto:
 
Gn 32:13 " E tendo ele passado alí aquela noite, separou do que tinha um presente para seu irmão Esaú."
 
 
Também encontramos o termo Mînha, sendo usado frequentemente como tributo pago a um rei ou susserano. Ler 2Sm 8:2; Sl 72:10; 1Rs 4:21 e; 2Rs 17:3-4
 
Diante disso, podemos constatar que o termo Mînha é empregado para se referir a qualquer oferta ou presente feito a Elohim, quer seja oferta de vegetais, ou sacrifício com derramamento de sangue.
 
IAURRÚSHUA é Mînha agradável, perante os olhos do Yahu!
 
 
 
5 - Hatat ( הטאת ) (Pronunciamos: Ratat)
 
É a oferta pelo pecado, ou expiação pelo pecado, quando ocorre sem o conhecimento do mesmo, conforme vmos resgistrado nos textos abaixo:
 
Vejamos O termo Hatat e, suas flexões nos textos abaixo:
 
Levítico 4:2 " Fala aos filho de YsraEl, dizendo: Quando uma nefesh pecar (heta), por ignorância, contra alguns dos mandamentos de YHWH, acerca do que não se deve fazer e, proceder contra algum deles."
 
 
Levítico 4:13-14 " Mas, se toda a congregação de Israel pecar por ignorância, e o erro for oculto aos olhos do povo, e se fizerem contra alguns dos mandamentos do Senhor, aquilo que não se deve fazer, e forem culpados, E quando o pecado que cometeram for conhecido, então a congregação oferecerá um novilho, por expiação do pecado, e o trará diante da tenda da congregação."
 
Levítico 5:15 " Quando uma pessoa cometer uma transgressão(hatato) e, pecar( Hata por ignorância nas coisas sagradas de YHWH, então trará a YHWH pela expiação, um carneiro sem defeito do rebanho, conforme à tua estimação em siclos de prata, segundo o siclo do santuário, para expiação da culpa."
 
 
Levítico 6:25 " Fala a Araão e a seus filhos, dizendo: Esta é a Lei da expiação do pecado (Hatat); no lugar onde se degola o holocausto se degolará a expiação do pecado (Hatat) perante YHWH; coisa santíssima é."
 
 
 
Yahushua é a oferta pela expiação de nosso pecado!
 
 
 
6 - Zabah
 
O significado básico de Zabah é Sacrifício. Quando um "Sacrifício" era morto pelo sacerdote, ele o oferecia a Elohim. O propósito não era apenas estabelecer comunhão entre Elohim e o homem, mas também representar o princípio de que através do derramento de sangue, há remissão de pecado, conforme podemos observar no texto abaixo:
 
Levítico 17:11 " Porque a vida da carne está no sangue; pelo que vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pelas vossas Nefesh; porquanto é o sangue que fará expiação pela Nefesh.
 
Convém mencionar que existem vários tipos de sacrifício, a saber: 
 
1 - o da Pessach(Páscoa): Ex 12:27;  
 
2 - o Pacífico: Lv 3:1; 
 
3 - o de Ações de Graças e Louvores: Lv 7:12; 
 
4 - o da oferta do Sacerdote: Lv 7:16.
 
O Zabah, NÃO era como o Olah, o qual era completamente queimado no Altar e, também NÃO é como o Hatat, no qual a carne era dada ao sacerdote, visto que a maior parte do Zeba era devolvida a pessoa que fazia o sacrifício.
 
Devido ao fato das pessoas compartilharem a comida do Zabah, o sacrifício se tornou uma refeição comunal, na qual Yahu era o anfitrião do seu povo. A mensagem de Sofonias de Julgamento está baseada nesta concepção de sacrifício.
 
Vejamos no texto abaixo, a palavra Zebah em destaque:
 
Sofonias 1:7 "Cala-te diante do YHWH, porque o dia de YHWH está perto, porque YHWH preparou o sacrifício (Zebah) e santificou os seus convidados.
 
 
A apostasia de YsraEl fez com que Yahu rejeitasse as ofertas e sacrifícios feitos por estes, os quais eram duramente repreenddos pelos profetas de Elohim, conforme podemos observar no texto abaixo:
 
YeshaYahu(Is) 1:11 lemos o seguinte: " De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios (zibhekem), diz YHWH? Já estou farto dos holocaustos de carneiros e da gordura de animais cevados; e não me agrado com o sangue de bezerros, nem de bodes."
 
 
Oséias 6:6 " Porque EU quero misericórdia e não sacrifício (Zabah); e o conhecimento de Elohim, mais que holocaustos."
 
 
1Sm 15:22 " Eis que o melhor é obedecer do que sacrificar (Zebahim); e o atender melhor é do que a gordura de carneiros."
 
 
Por inferência textual, podemos claramente perceber que em nenhum momento, Yahu disse que a realização de sacrifício não deveria ser realizada, até porque, ELE não iria contra o que Ele mesmo determinou
 
O que as pessoas não se atentam é que o que O motivou a rejeitar as ofertas e sacrifício de seu  povo! E, o que o motivou, foi a forma como eles praticavam o sacrifício, ou seja, não atentando-se para os preceitos de Elohim, dentre eles: a emunah( a qual está relacionada a fidelidade; a confiança); obediência, dependência, submissão, misericórdia, justiça e, amor(ahavah).
 
Ora, tudo e todas as coisas foram criadas por Yahu, logo de nada ELE tem falta, mas se alegra com a VOLUNTARIEDADE do homem em se aproximar dELE, reconhecendo a sua importância, colocando-se dependente da sua misericórdia, do seu amor! É isso que Yahu requer de nós: OBEDIÊNCIA, a qual é manifesta através da emunah,da humildade, através do amor! 
 
A apostasia do povo, fez com que o coração deles se afastasse de Elohim, de modo que suas ofertas e sacrifícios de nada adiantavam para Yahu, pois os mesmos, cheiravam mal! Em suas ofertas e sacrifícios, não havia demonstração de arrependimento, de coração contrito, não havia fidelidade, para então ser liberado o perdão! Por isso que, aos olhos do Yahu essas ofertas e sacrifícios eram reprovados.
 
Agora que já conhecemos alguns termos fundamentais a respeito de ofertas e sacrifício, podemos avançar em nosso estudo, afim de compreendermos que, ao contrário do que muitos pensam, Sacrifício NÃO é algo homogêneo, pois como podemos observar nas Escrituras, existem vários tipos de Sacrifício, mas nosso objetivo é, focarmos na importância do Sacrifício e, da Oferta a nós concedida, afim de que, através deesses atos, fôssemos reconciliados para com Yahu Elohim.
 
Assim sendo, cremos que Yahushua é o Sacrifício perfeito de Yahu Elohime e, é esse Sacrifício cujo sangue derramado nos purifica de todo o pecado! O castigo que nos trouxe a paz (shalom), estava sobre ELE! Por isso, hoje podemos entrar na presença do nosso Elohim, não mais de mãos vazias, mas com a oferta e o Sacrifício que representam o perfeito e genuino ahavah(amor) de Yahu por nós!
 
Portanto no Mashiach (Ungido) Yahushua, realizou-se para Yahu, todas as ofertas voluntárias e, os sacrificio necessários para que hoje, recebêssemos o poder de sermos chamados Filhos de Elohim. NELE cumpriu-se a profecia de Yohanan(Jo), que dinte do UNGIDO revelou: " Eis o Cordeiro de Elohim que tira o pecado do mundo." Yohanan(Jo) 1:29
 
Quando compreendemos a importância do Sacrifício e, o por que ele se fez necessário em nosso favor, conseguimos perceber o quanto Yahu nos ama! Que Não há como nos aproximarmos de ULRRIM sem antes estivermos com a mente voltada para o arrependimento de nossos pecados e, sem a liberação do Perdão para os nossos pecados.
 
Diante disso, passamos a compreender que assim como na ciência exata, a todo crédito corresponde um débito de igual valor, no mundo espiritual, para existir vida, faz-se necessário que haja morte! Mas como se dá essas coisas?
 
As escrituras nos ensinam que através de um homem, feito a imagem e semelhança de Elohim, entrou o pecado no mundo e, o salário deste pecado, é a morte. É esse pecado que nos torna inimigos de Elohim, separados de Elohim! É esse DNA pecaminoso que trazemos conosco em nosso nascimento carnal/natural, que precisamos mortificar, de modo que a presença do Yahu encontre espaço em nós! E como isso é possível? Dando crédito a pregação do Yahu! Conhecendo-o de maneira que, o que diz respeito a sua Pessoa, bem como as suas promessas, não sejam segredos para nós, que nELE confiamos, MAS SIM, a certeza de que cada uma delas há de se cumprir.
 
Vejam que outrora, os homens para se achegarem a Elohim precisavam apresentar suas ofertas, mas chegou um tempo em que as ofertas e sacrifícios, não lhe cheiravam bem e, por quê será? Porque, quando deixamos de lado a Fidelidade para com Yahu, no que tange ao servi-lo, nossas ações não exalam sinceridade, confiança, mas sim formalidade e legalismo! E, nisso esquecemos o seguinte: o que Yahu requer dos que o servem é: fidelidade, pois o servo fiel, ama a seu Adon, zelando pelo que a Este pertence, não por força, nem por medo, mas por amor, no qual está o princípio da emunah.
 
 
Portanto, o Sacrifício é para Paz, é para vida, é para trazer de volta aquele que se perdeu e, que por si mesmo não consegue encontrar o Caminho de volta! Daí o Sacrifício, porque apenas retornamos para casa quando reconhecemos nossos erros e, colocamo-nos debaixo da autoridade daquele que temos como o MAIOR sobre nós. Yahushua se fez o MENOR em nosso meio, sendo SERVO de Elohim, sujeitando-se a vontade do PAI e, servindo-O em verdade, em justiça, em humildade, em ahavah(amor), em emunah, de modo que ao vencer a batalha, pelo PAI foi exaltado.
 
Aquele que oferta se faz o menor e, o que recebe, o maior. Isso é que chamamos de Humildade e, é isso que Yahu fez em nosso favor, quando entregou seu Filho para ser sacrificado EM PROL da remissão de nosso pecado, conforme nos é ensinado: " Porque Elohim amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nELE crê não pereça, mas tenha a vida eterna." Yohanan(Jo) 3:16
 
 
Acheguemo-nos a Yahu, nosso Elohim! Vinde e, O adoremos!
 

Contato

Oholyao em Queimados RJ

oholyaodeiaurrushua@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode