Família: Namoro na congregação - O Que as Escrituras Falam a Respeito Desse Assunto?

 
Após abordarmos através do Estudo sobre Família, a importância de conhecermos o Padrão de família do Yahu, decidimos dar sequência a um outro assunto que cremos também ser de grande importância para a Ohel do Yahu, a saber: O NAMORO NA CONGREGAÇÃO. Compreender a respeito desse assunto é fundamental, pois o relacionamento que lançarmos mão hoje, caso não esteja dentro do que se requer de nós, como filhos da Luz, terá como resultado uma aliança feita a dois, isto é, um relacionamento feito segundo a vontade do casal, mas sem o aval e/ou bençãos do Yahu.
 
E para abordarmos esse tema, começaremos com um texto que muito nos chama a atenção, o qual se encontra em 2Reis 22 ( todo o capitulo), onde nos é revelado aceca do Rei Josias. Pedimos ao leitor que abra a sua bíblia nesse texto e, medite com atenção o fato descrito e, veja o quanto a falta de conhecimento a respeito do que Yahu quer que façamos, leva-nos a uma vida de erros, a uma vida esmirrada na emunah(fé), a uma vida de sofrimento e, derrotas. Destacamos os seguintes versículos ( 2Reis 22:8-13), onde lemos o seguinte: 
 
" Então disse o sumo sacerdote Hilquias ao escrivão Safã: Achei o livro da lei na casa de YHWH. E Hilquias deu o livro a Safã, e ele o leu. Então o escrivão Safã veio ter com o rei e, dando-lhe conta, disse: Teus servos ajuntaram o dinheiro que se achou na casa, e o entregaram na mão dos que têm cargo da obra, que estão encarregados da casa de YHWH. Também Safã, o escrivão, fez saber ao rei, dizendo: O sacerdote Hilquias me deu um livro. E Safã o leu diante do rei. Sucedeu, pois, que, ouvindo o rei as palavras do livro da lei, rasgou as suas vestes. E o rei mandou a Hilquias, o sacerdote, a Aicão, filho de Safã, a Acbor, filho de Miqéias, a Safã o escrivão e a Asaías, o servo do rei, dizendo: Ide, e consultai YHWH por mim, pelo povo e por todo o Yehudah, acerca das palavras deste livro que se achou; porque grande é o furor de YHWH, que se acendeu contra nós; porquanto nossos pais não deram ouvidos às palavras deste livro, para fazerem conforme tudo quanto acerca de nós está escrito."
 
Alguns podem se perguntar: " mas o que tem haver esse texto com o tema desse estudo? A reposta é simples: quando não estamos atentos ao que Yahu estabeleceu como padrão a ser seguido, passamos a percorrer um caminho bem diferente daquele que resulta em benção sobre nossa vida! Foi exatamente isso o que aconteceu com YsraEl, quando se desviou dos caminhos do Yahu, lançando mão de tudo o que lhe era abominável aos olhos. E do mesmo, assim acontece nos dias de hoje, quando rejeitamos a instrução do Yahu, para andarmos segundo o curso deste mundo.
 
Portanto, afim de trazermos a Congregação do Yahu esse entendimento de que, NÃO HÁ COMUNHÃO ENTRE LUZ E AS TREVAS, é que nos propomos a tratar desse assunto, de modo que conhecedores do padrão estabelecido por Yahu, sujeitemo-nos desde cedo a sua vontade, para que em tudo e, em todas as coisas, sejamos bem sucedido. E para isso, faz-se necessário verficarmos o que as Escrituras nos ensinam a respeito de namoro! Existe namoro na Congregação? Existindo, qual deve ser o padrão que agrada a Yahu?
 
Daí a importância de compreendermos a respeito de FAMÍLIA, afim de percebermos que o exemplo de vida dos pais, torna-se o reflexo e/ou herança de benção ou maldição sobre a vida dos filhos.
 
Infelizmente, muitos são os jovens que oriundos de famílias desfeitas, ou de famílias que vivem em constantes conflitos, que perderam o real conceito de família e, assim como os seus pais, vivem numa busca constante da tal "felicidade", sem se importar com o meio em que buscam tais intentos". Outros, assim como Sansão, mesmo com todo o ensino transmitido pelos pais, inclinam-se para os apelos do mundo! E, nisso, tanto um quanto o outro, perdem o foco a respeito do que é certo ou errado, bom ou ruim! Enfraquecendo-se dessa forma na emunah, à medida que se envolvem com o que NÃO é LUZ!
 
Por isso, fizemos questão de começarmos esse estudo, fazendo uso do texto que se encontra em 2Reis, afim de mostrarmos que a falta de conhecimento acerca da vontade do Yahu, leva-nos a ruína! Portanto, jovens, atentem-se a Palavra do Yahu! Atentem-se ao que lhes é ensinado para que em tudo e, em todas as coisas, sejam bem sucedidos e, tenham sobre vós as bençãos do IÁURRU, as quais não estão sobre os filhos da desobediência, mas sim sobre os que O temem, guardando os seus mandamentos  e, os colocando pratica com retidão, obediência, integridade, dignidade, mansidão, justiça, emunah e, ahavah(amor).
 
1ª ANÁLISE - EXISTE NAMORO NAS ESCRITURAS? O QUE ELAS FALAM A RESPEITO DESSE ASSUNTO?
 
As Escrituras NÃO abordam a respeito de Namoro, mas sim em dois tipos de compromissos: 
 
1 - o compromisso pré-nupcial, o qual conhecemos como noivado;
2 - o compromisso pós- nupcial, o qual conhecemos como casamento e, consumado através do sexo.
 
Nesse caso, onde fica o Namoro? 
 
Na verdade, o conceito de namoro é algo recente, vem da expressão Espanhola  "estar en amor", a qual acabou formando o verbo "enamorar" e, este, deu origem ao que hoje conhecemos pelo termo: Namoro.
 
Nos dias de hoje, infelizmente por falta de ensino, ou por rejeitar o ensino, muitos jovens se deixam envolver pela conduta do mundo, a começar pelos relacionamentos afetivos mundano, gerados pela desobediência, pela sensualidade, sexualidade e, muitos das vezes levando-os a uma vida de fornicação e, prostituição, causando-lhes terríveis danos tanto na alma, quanto na emunah.
 
Por isso, falar a respeito desse assunto é de total importância para os jovens na Congregação do Yahu, de modo a trazer ao entendimento destes que, embora o Namoro seja um termo/traço da nossa cultura ocidental, ele não deixa de representar um compromisso sério entre as partes envolvidas, a ponto de muitos o associarem a noivado. Por isso, vale a pena ressaltar o seguinte: NAMORO NÃO É CURTIÇÃO! NÃO É PEGAÇÃO! NÃO É ROLO! NÃO É PASSATEMPO! E MUITO MENOS BRINCADEIRA! NAMORO é o período em que o crente se prepara para vivenciar um momento especial em sua vida: o casamento.
 
Um vez, deparamo-nos com a seguinte frase: " crentes não namoram para se conhecer! Crentes namoram porque já se conhecem o suficiente para caminharem rumo ao matrimônio."
 
Quando li essa frase, lembrei-me de quando eu e, meu esposo firmamos um compromisso! O "Namoro" foi exatamente esse período do querer andar juntos, do saber o que queríamos para a nossa vida, através do  "Namoro", a saber:  o Casamento. E posso dizer-lhes que a espera valeu a pena! O saber esperar, sempre vale a pena! Pois o saber esperar, leva-nos a prática de princípios Eternos, tais como a paciência, a obediência, a humildade e, a emunah.
 
Diante disso, podemos afirmar que, o Namoro para nós crentes no Yahu, deve estar voltado para o casamento. Logo, aquele que não pensa em contrair matrimônio, que não namore! Que este(a) viva para fazer a vontade do Yahu, exercendo com zelo as funções que lhes são confiadas, em prol do Reino de Elohim.
 
Por não terem esse tipo de entendimento, muitos acabam pulando etapas, ao se envolverem em relacionamentos afetivos e/ou amorosos instáveis, infantis, imaturos e, egoístas. E, tais relacionamentos, assim ocorrem, por não compreenderem que o propósito do namoro, NÃO ESTÁ nos beijos, abraços e, amassos, mas sim na preparação para um compromisso sério, voltado para uma vida a dois. 
 
Por isso, quando se fala em namoro entre os crentes, em particular, os jovens, a primeira pergunta que se deve fazer é:
 
1 - por que você quer namorar?
2 - pra que você quer namorar?
3 - você está apto pra namorar?
 
Ter as respostas para essas perguntas é muito importante, pois nos ajudam a esclarecermos aos crentes, mais precisamente aos jovens, que namoro é coisa séria ! Namoro é firmar compromisso, é ter um objetivo a ser alcançado pelas partes interessadas, afim de que, agindo segundo a vontade do YAHU, as bençãos dESTE, estejam sobre a vida do casal.
 
 
2ª ANÁLISE - O PROPÓSITO DO "NAMORO"
 
Já vimos pelo o que já foi abordado neste estudo, que o propósito do Namoro, está relacionado a preparação do casal para uma vida a dois, isto é, para o matrimônio e, embora o mundo não saiba esperar, nem valorizar o casamento, ao contrário, apelam divulgando através da mídia, conceitos de sensualidade, imoralidade, sexualidade, libertinagem, os quais que vão contra ao padrão estabelecido por Yahu no que diz respeito ao período que antecede o casamento.
 
Assim sendo, nós filhos da Luz, precisamos fazer a diferença neste mundo trevoso! Precisamos mostrar ao mundo que o propósito do Yahu para uma vida a dois, precisa ter suas bases bem alicerçadas, antes mesmo de se firmar um compromisso, isto é, faz-se necessário que ambas as partes tenham desde cedo, o entendimento acerca do que é firmar um compromisso e, as responsabilidades que esse compromisso gera na vida de ambos!
 
Portanto, a pureza do compromisso deve estar voltada em fazer a vontade do Yahu(Yhw) e, a vontade do Yahu é que sejamos Santos, é que nos apresentemos imaculados e, Puros diante do que ELE mesmo instituiu como sendo bom para a vida do homem, isto é, o matrimônio.
 
Daí compreendermos a importância de nos sujeitarmos a Elohim, afim de que tenhamos condições de resisitirmos as ciladas, as tentações e, as investida de nosso inimigo, pois assim sendo, não nos deixaremos levar pelos desejos da carne, tão comum entre os jovens que estão com seus hormônios a flor da pele! Por isso, enfatizamos o seguinte: Namoro é compromisso e, não estando o jovem em condições de assumir compromisso para contrair matrimônio, melhor é que se dedique aos estudos, em ser bom filho(a) para seus pais, em ser bom irmão(ã), em ser bom neto(a), dedicando-se ao aprendizado das Escrituras, até que no tempo de Yahu, cumpra-se na vida do jovem, o melhor de Elohim.
 
Como já dissemos acima, o mundo não sabe esperar pelo casamento, e assim faz, porque rejeita o padrão estabelecido por Yahu, por considerar esse padrão loucura, algo antiquado, fora de moda e, estranho! Mas para Yahu, o seu padrão para compromisso firmado antes e, depois do casamento, é exatamente o que lhe agrada aos olhos!
 
Por isso, leitor, você que é jovem e, deseja viver segundo a vontade do Yahu, exerça um princípio fundamental que nos leva a confiar e esperar com paciência as bençãos que Yahu tem para os que nELE confiam, a saber: A EMUNAH (Fé). Não se precipite e, não pule etapas, pelo simples fato de que os demais jovens da sua idade, já namoram, beijam e, praticam atos de extrema intimidade, que convém somente aos casados! Já vocês leitores, que são pais, instrua seus filhos no caminho em que devem andar, de modo que assim fazendo, eles possam colher frutos de alegria e, não de desgosto e amargura, os quais os filhos da desobediência colhem!
 
 
3ª ANÁLISE - DURAÇÃO DO NAMORO
 
Enfim, chegamos num ponto importante: a duração do namoro! 
 
Por falta de conhecimento, muitos pais acabam deixando seus filhos namorarem antes do tempo, entregando-os a seus próprios desejos, dos quais não tem noção das consequências que podem resultar para sua vida futura! Há quem diga que, melhor é deixar seus filhos namorarem debaixo de suas vistas, que vê-los namorando às escondidas! Outros cientes que o namoro de hoje em dia, pula etapas, preferem que seus filhos tenham relações íntimas dentro de casa, que vê-los indo para lugares considerados inadequados para jovens!
 
Diante disso, mais uma vez ressaltamos que: Namoro não é brincadeira, ao contrário, Namoro é compromisso! E a forma com que nos procedemos nesse compromisso, vai determinar se ele é para honra ou para desonra.
 
Voltando ao tema desta terceira análise, o que temos visto e, tem nos chamado a atenção é, o tempo de duração do namoro entre os jovens. Não iremos adentrar no caso dos jovens que namoram sem compromisso, MAS SIM , analisaremos acerca dos que cientes do que querem para sua vida, colocam-se no propósito de contrair matrimôni. Mas... para isso, faz-se ncessário:
 
1 - responsabilidade. 
 
Ser responsável é fundamental para honrar com seus compromissos firmados. O homem responsável cuida do que lhe é confiado e, o mesmo ocorre com a mulher responsável. Portanto o cuidar de quem se ama, não diz respeito apenas ao que tange ao material, mas também o amparo espiritual, de modo que o se fazer um, torne-se uma verdade na vida do casal;
 
2 - ter emprego
 
Esse ponto é fundamental, porque não há como pensar em casamento, achando que ficará isento de responsabilidades. E, de que forma isso é possível? Através do trabalho! Não há como constituir uma família, às custas de terceiros. Por isso, quem deseja firmar compromisso, precisa ter suas bases bem alicerçadas, quer seja no âmbito espiritual, afim de saber amar seu cônjugue nas diferenças e; saber perdoar seu cônjugue nas divergências; quer seja no material, suprindo-lhe as necessidades que surgem para a manutenção familiar;
 
3 - ter uma casa
 
Há um ditado popular que diz assim: "quem casa, quer casa."
Esse ditado é perfeito, porque o ter o próprio espaço, contribui para o rescimento e, o amadurecimento do casal. O firmar compromisso visando a constituir uma família, fica difícil, quando ao invés de ter a própria casa, o casal decide permanecer morando na casa dos pais! 
 
Na cultura judáica, o Noivado "namoro", não deve exceder o tempo necessário para planejar o casamento, pois acreditam que os noivos compartilham uma nefesh(vida) raiz, as quais foram separadas uma da outra, antes de nascerem e, essas nefeshim(vidas), as quais muitos conhecem errôneamente por "alma gêmea", anseiam pelo momento em que estarão unidas novamente através do casamento, pois assim nos foi ensinado: " E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne? Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Elohim ajuntou não o separe o homem." Mt19:5-6
 
Portanto, nesse contexto cultural, uma vez que encontramos nossa metade, é injusto adiarmos desnecessariamente o momento da união, além de considerarem que, noivado prolongado serve para tentação desnecessária para um casal comprometido a postergar(adiar) toda a intimidade até depois do casamento.
 
 
4ª ANÁLISE - NOIVADO, "NAMORO", A PRÉ FIGURAÇÃO DA NOIVA DO CORDEIRO
 
Chegermos nessa parte do estudo, é gratificante, pois somos levados a ver a grandiosidade do amor de Elohim por nós e, a grandeza da responsabilidade de nos apresentarmos imaculados e irrepreensíveis como noiva do Cordeiro de Elohim, a qual tem suas vestes limpas e, sem máculas, assim como o noivo que por ela deu a própria vida. Por isso, é importante mantermos a pureza e, a santidade que Yahu requer de cada um dos que são seus.
 
Vejamos os textos abaixo:
 
1 Coríntios 6:18-20 " Fugi da fornicação. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que fornica peca contra o seu próprio corpo. Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Ruach Kadosh, que habita em vós, proveniente de Elohim, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Elohim no vosso corpo, e no vosso Ruach, os quais pertencem a Elohim."
 
1 Coríntios 7:8-9  "Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu. Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se."
 
1 Timóteos 4:12  " Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no Ahavah(amor), no Ruach, na Emunah(fé), na pureza."
 
 
Precisamos desde cedo, ter em mente que a Congregação é a Noiva do Mashiach Yahushua, pois está comprometida com ELE! É esse conceito de compromisso que pretendemos transmitir para os jovens da Ohel(tenda) da Congregação. Pois do mesmo modo que sabemos que nosso compromisso com a VERDADE tem que ser levado a sério, nosso relacionamento e/ou compromisso com o que aos olhos do Yahu é sagrado, também precisa ser!
 
Por isso é importante o aprendizado na Congregação, de modo que ao instruirmos os jovens e, aos demais crentes acerca do padrão do Yahu para a vida dos crentes, estes possam vivenciar o melhor de Elohim na vida deles. O Conhecer a vontade do Yahu e, sujeitarmos a essa vontade, leva-nos a uma vida presente e, futura propensa a êxito.
 
Portanto, jovens! O esperar é uma virtude que precisa ser exercitada a todo instante em vossa vida. O saber esperar traz alegria ao invés de desgosto! Traz honra para nossos pais e, bençãos sobre nossa vida. Espere com paciência no Yahu, NÃO se precipite! Não pule etapas! Faça diferença no mundo em que se encontra, manifestando a vontade de Elohim para os que nELE confiam e, pertencem.

 

OBS: Caso tenha gostado de nosso estudo e, dos demais postados em nosso site, responda nossa enquete contida na Página Inicial e, desejando ser notificado a respeito das novas postagens feitas em nosso site, envia-nos seu e-mail.
 

 

Contato

Oholyao em Queimados RJ

oholyaodeiaurrushua@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode