COMPREENDENDO O PLURAL MAJESTÁTICO DO TERMO ELOHIM

 
 
Você sabe o que é Plural Majestático? Já ouviu falar a respeito desse assunto?
 
O não conhecimento a respeito do Plural Majestático, faz com que muitos não entendam conceitos de grande importância quanto ao termo Elohim, levando muitos a associarem esse termo tão somente a numeral, ou seja, o colocam como algo que se refe a mais de uma pessoa, fazendo-os a acreditar e apregoar que o termo Elohim, é pagão! Outros por também não compreenderem a polissemia do plural majestático, interpretam o termo Elohim como "SUPREMOS" e, "PODEROSOS", quando na verdade  esse tipo de ensino NÃO condiz com o contexto Escritural. Mas afinal de contas, o que é o Plural Majestático?
 
Antes de começarmos a abordar a respeito desse assunto, analisemos algumas informações básicas a respeito do Plural Majestático: No que se refere a terminação plural regular para o gênero masculino em hebráico, temos:  ים(im), conforme podemos observar nos exemplos abaixo:
 
 הר( har) - Significado: monte, no plural fica הרים (harim), cujo significado é "montes". 
 
 בית(bait), cujo significado é "casa", no plural fica בתים(batim) 
 
דבר (davar), cujo significado é palavra; no plural fica דברים(palavras
 
Para os ocidentais, essa terminologia ים(im) é o equivalente a letra S , normalmente encontrada no final de substantivos, para indicar o plural. E é exatamente nesse ponto que queremos chegar, afim de esclarecermos a polissemia do plural majestático e, esclarecer que ao contrário do que muitos apregoam, o termo Elohim, no que diz respeito ao Criador, DE MANEIRA NENHUMA faz menção a mais de uma pessoa.
 
Diante disso, partindo do princípio que o plural em hebráico não é usado UNICAMENTE em número de indivíduos e, ou objetos, atentemo-nos para a afirmação feita por Wilhelm Gesenius em sua obra Hebrew Grammar(1909):

“A suposição de que אֱלֹהִים (elohim) deve ser considerado apenas como um remanescente de pontos de vista politeístas anteriores (ou seja, como sendo  originalmente apenas um plural numérico ) é, no mínimo, altamente improvável, e, além disso, não explicaria os plurais análogos. Que a linguagem rejeitou totalmente a idéia de pluralidade numérica em אֱלֹהִים(sempre que se refere a um Deus), é provado, especialmente por apresentar quase que invariavelmente uma aplicação adjetival singular …” O Plural de Excelência ou Majestático Gramática Hebraica de Gesenius , pg. 398,399. 

 
O que muitos NÃO SE ATENTAM é que o Plural Majestático é usado nos seguintes casos:
1 - para designar poder, autoridade e, o domínio de uma pessoa, sobre outra;
2 - para designar a honra, a excelência e, a dignidade de uma pessoa;
3 - para designar a natureza majestática de uma pessoa;
4 - enfatizar algo em respeito de uma pessoa ou algo.
 
Infelizmente, a falta de compreensão a respeito do plural majestático, faz com que muitos associam o termo Elohim ao paganismo, a Trindade e, a Triunidade, como se estivéssemos falando de quantidade de pessoas e/ou coisas/objetos! E assim fazem, por não compreenderem que o plural majestático no hebráico também é conhecido como “singular de intensidade”, o qual destaca NÃO a quantidade, mas SIM a grandeza ou somatório de atributos presentes no indivíduo e/ou, no objeto a que se refere.
 
 
Vejamos abaixo o que alguns eruditos afirmam a respeito do plural Majestático referente ao termo Elohim, lembrando que: Preservamos o termo Deus usados pelos autores, afim de não adulterarmos a obra dos mesmos, MAS a nível de esclarecimento, comunicamos que nossa emunah(fé) está no NOME YHWH, e o pronunciamos através de sua forma reduzida, a saber: YHW(Yahu). 
 
 
I - " A palavra hebraica usual para Deus é Elohim, outro plural de majestade com um significado singular quando utilizado a respeito de Javé". (The Oxford companion to the Bible, Escrito por  - Bruce Manning Metzger, Michael David Coogan, Oxford University Press, pg. 548, 1993)
 
 
II - " Deus (hebráico Elohim) é um substantivo plural...é um exemplo do costume judáico de pluralizar um nome para denotar excelência e transcedência." ( Introdução ao Antigo Testamento, escrito por Clyde T. Francisco, John R. Sampey, Publicações Casa Batista, pg.40)
 
 
III - "  Elohim, como uma forma gramatical plural, destaca a eminente majestade de Deus, sua transcedência e universalidade. O hebraico e outras líguas semíticas fornecem muitos exemplos desse uso do plural." ( Introdução ao Antigo Testamento, escrito pelo professor Católico Miguel Angel Tabet, pg.96, 2004)
 
 
IV - “ Elohim, é gramaticamente plural, mas não indica um plural numérico (isto é, "deuses). O hebraico usa a forma plural para indicar a honra ou a intensidade, algumas vezes chamado de plural de majestade". A aparência consiste de um adjetivo singula (Salmo 7:9) ou verbo (Gn.20:6) usado com Elohim mostra que se referia a um Deus Único." (Apologetics Study Bible-HCSB, Escrito por Chuck Colson, Norm Geisler, Hank Hanegraaff, pg. 3, 2007)
 
 
V - " Eruditos consideram a forma como sendo um plural, indicando a natureza superior do Deus de Israel sobre os deuses de outros povos." (An Introductory Dictionary of Theology and Religious Studies, Escrito por Orlando O.Espín, James B.Nickoloff, pg.396, 2007 Espin é Doutorado e Professor Católico de Teologia Sistemática)
 
 
VI - " Uma vez que esta palavra é sempre usada com um verbo no singular, é provavelmente, um plural de majestade, em vez de um verdadeiro plural." (Literatura da Sabedoria de Israel: escrito pela Professora Dianne Bergante da União Católica com Mestrado e Doutorado pela St.Louis University)
 
 
VIII - " O plural não sugere politeísmo quando se refere ao Deus de Israel, mas é um plural majestático, a revelação da natureza inifinita de Deus..." (Holman Concise Bible Dictionary, Homan Bible Editorial Staff, pg.443,2011)
 
IX - " Elohim é plural, mas geralmente é singular na construção (usado com um verbo ou adjetivo no singlar). Quando aplicado ao Único Deus Verdadeiro, o plural é evidentemente  devido ao idioma hebraico possuir um plural de grandeza ou majestade...usado para deuses pagãos, anjos ou juízes, como representantes de Deus. Elohim é plural, tanto no sentido como em sua forma". ( Zondervan Illustrated Bible Dictionary, Escrito por J.D.Douglas, Merrill C. Tenney, sobre Elohim)
 
 
X - " Em A Dictionary Of the Bible (Dicionário da Bíblia), William Smith diz: " A fantasioa idéia de que (Elohim) se refere à trindade de pessoas na Divindade dificilmente encontra agora entre os peritos alguém que apóie. Trate-se daquilo que os gramáticos chamam de plural de majestade, ou denota a plenitude da força divina, a soma dos poderes exibidos por ULRRIM."
 
Observem o texto abaixo:
 
Genesis 1:1 " Em princípio criou Elohim o céu e a terra."
 
O texto acima, deixa-nos claro que Elohim, não faz menção a Pessoas Criadoras, mas SIM, de uma única Pessoa! E como podemos constatar isso? A resposta é simples: o verbo que antecede o termo Elohim, é BARA, o qual está conjugado no passado e, na terceira pessoa do singular masculino. Assim sendo, no que diz respeito a Criação, uma Pessoa CRIOU! E, essa Pessoa tem como título o termo Elohim, que o identifica como absoluto e, soberano no que Criou! Portanto, o termo Elohim usado no texto em Gn 1:1, é um plural majestático, o qual NÃO está relacionado a quantidade e/ou números, mas sim, a supremacia, a força e poder inigualável daquele a quem faz menção.
 
1Reis 18:27 " Sucedeu que, ao meio dia, Ulyaohu zombava deles, dizendo: Clamai em altas vozes, porque ele é Elohim; pode ser que esteja falando, ou que tenha alguma coisa que fazer, ou que intente alguma viagem; talvez esteja dormindo, e necessite de quem o acorde.
 
A passagem escritural mencionada acima é bem conhecida, onde é relatado o embate entre os profetas de Baal e o profeta do Yahu. Observem que ambos acreditavam estar servindo ao verdadeiro Elohim e, para provar quem era o verdadeiro e o falso Elohim, o profeta ElYahu lançou um desafio aos profetas de Baal. Com isso, o profeta quis mostrar que somente Yahu é Elohim Poderoso, somente ELE é Elohim original, de modo que tudo e todas as coisas provém dELE: o Ohav, a Emunah, a Justiça, a Verdade, a Humildade, a Esperança, o bem, o mal, a Vida, a Salvação...enfim, tudo provém do Yahu, nada nem ninguém se iguala a sua Santidade e, não há quem comporte a grandiosidade do seu Poder! A sua benignidade dura para sempre e, o seu Ohav é eterno. Os seus preceitos nos revela a sua vontade e, a sua misericórdia, a razão de não sermos consumidos!
 
É essa grandiosidade do Yahu como Elohim Verdadeiro e, Original, que o profeta tornou manifesto perante os profetas de Baal, silenciando os falsos Elohim e, testificando assim, o que temos aprendido: " onde opera a Luz, as trevas não se manifestam!" É essa grandiosidade que identifica o plural majestático do termo Elohim, referente a Yahu.
 
À nível de informação, embora nesse caso a ser citado, não tenhamos o plural de gênero masculino, mas sim o feminino, iremos citá-lo para demonstrar que nem sempre a forma plural no hebráico significa que estamos nos referindo a mais de uma pessoa ou objeto: Por exemplo, no hebráico normalmente o plural feminino dos substantivos terminam em  ות (ot/oth), salvo algumas exceções.

Nas Escrituras, encontramos a palavra Behemoth, a qual é plural da palavra Behemah, cujo significado é Hipopótamo! Observem que mesmo sendo usado a palavra no plural ( Behemoth - בְ֭הֵמוֹת  ), em destaque na cor rosa, a mesma NÃO se refere a vários hipopótamos, MAS SIM, a gigantesca força desse animal. Atentem-se que todo o contexto que se refere a esse animal, está no singular. O verbo que precede a esse animal está conjugado no singular ( Yokhal - יֹאכֵֽל ), em destaque na cor amarela: ele come e, no versículo seguinte é mencionado que esse animal é poderoso, que sua força ( Veonu - וְ֝אֹנ֗וֹ ), em destaque na cor azul, está nos seus lombos e, o seu poder no músculo de seu ventre,conforme podemos constatar no texto abaixo:
 
Jó 40:15-17  "Contempla agora o hipopótamo, que EU criei contigo, que come a erva como o boi. Sua força está nos seus lombos, e o seu poder nos músculos do seu ventre. Endurece a sua cauda como cedro; os tendões das suas coxas estão entristecidos."
 
CONCLUSÃO:
 
Plural Majestático é o meio pelo qual, mesmo se fazendo uso do plural, NÃO significa necessariamente que a palavra esteja se referindo a numeral no que diz respeito a pessoa e/ou algo.
 
O Plural Majestático ENFATIZA os atributos de alguém e/ou algo e, no caso do Yahu, o termo Elohim é usado para designar a grandiosidade do seu poder, da sua força, doseu domínio, da sua santidade, da sua majestade, da sua misericórdia, da sua justiça, da sua verdade, da sua longanimidade, do seu ohav, da sua emunah(fé), enfim, o uso do plural majestático no hebráico não se limita apenas em fator numérico, mas também na designação de atributos!
 
OBS: Caso tenha gostado de nosso estudo e, dos demais postados em nosso site, responda nossa enquete contida na Página Inicial e, desejando ser notificado a respeito das novas postagens feitas em nosso site, envia-nos seu e-mail.

 

Contato

Oholyao em Queimados RJ

oholyaodeiaurrushua@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode