Estudo Sobre Tatuagem

TATUAGEM – Fazer ou não fazer? Eis a questão!

Shalom!

Nosso objetivo em em elaborarmos esse estudo sobre Tatuagem é, trazer ao entendimento do leitor, através de uma análise escritural e, também sócio- cultural, as razões pelas quais Yahu determinou para que seu povo, NÃO marcasse o corpo.

Mas... nos dias de hoje, o que mais temos visto, são pessoas que, no desejo de fazerem parte um grupo social e, interagir com esse grupo, de modo a não serem visto como um "Peixe fora dágua", adotam para si hábitos e, costumes dos quais muito das vezes nem sequer sabem a procedência. Pessoas que maracam o corpo numa demonstração de "amor eterno", tais como o de pais pelos filhos e, vice-versa;  para demonstrar "saudade", neste caso de alguém que morreu; demonstrar amor pelo cônjugue; para expressar a paixão pelo seu time; para cultuar o que aos olhos lhes parece belo, neste caso, a tatuagem está relacionada com jovialidade, vigor, força ... enfim, o que não falta para estes adeptos da tatuagem, são motivos para grafarem o setimento que lhes aflora à pele!

Por isso, para alguns é difícil compreender o por que da proibição do Altíssimo em tatuar o corpo! Por isso, estes não conseguem ver na tatuagem um ato errôneo, pois costumam associa-la a SENTIMENTO, tais como: sentimento de amor; de carinho; de afeição; de respeito, que nutrem por alguém ou por algo, bem como ao sentimento de cultuar o que aos olhos lhe parece belo, como por exemplo, o próprio corpo! 

E, no associar a tatuagem a questão sentimental, não se dão conta da questão espiritual que há por trás do tatuar o corpo! Não se dão conta dos vínculos espirituais estabelecidos através desse ato, o qual para ser praticado, gera no corpo cortes e, derramamento de sangue.

Diante disse, deparamo-nos com dois grupos distintos: 

1º) os que são a favor da tatuagem; 

2º) os que são contra a prática da tatuagem. 

Cada um desses grupos apresentam as razões que os levam a praticar ou, não o ato de marcar o corpo, MAS a questão primordial, é saber o seguinte: por que Yah instruiu seu povo a não golpearem a própria carne? Será que foi por mero "capricho"? E nos dias de hoje? Será que essa ordem continua valendo? E, caso continue valendo, é aplicada apenas para os Yehudim ou para todos que fazem parte da Congregação do Yahu?

De uma coisa temos certeza: a sujeitar-se a vontade de Elohim, estreita cada vez mais os laços de FIDELIDADE para com ELE.

 

1 - Analisando a Tatuagem sob a luz das Escrituras.

 

De acordo com as Escrituras, a prática de golpear o corpo pelos mortos e, fazer tatuagem É PROIBIDO, conforme o texto que se encontra em Levítico 19:28, o qual, propomo-nos a apresenta-lo em três versões distintas, LEMBRANDO QUE, preservamos a forma como consta escrito o Nome Sagrado nesses textos, afim de fazermos uma análise contextual, mas nossa emunah está pautada em YHWH, Nome esse que pronunciamos em sua forma reduzida, a saber: Yah (YH). Para quem desejar saber mais sobre o Tetragrama Sagrado, acesse o link: www.oholyao-em-queimados-rj.com.br/estudos-escriturais/compreendendo-a-respeito-do-tetragrama-sagrado/

 

ANALISANDO O TEXTO DE LEVÍTICO 19:28

 

1 - Tradução na versão Revista e Atualizada – João Ferreira de Almeida:

Levítico 19:28 “Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o SENHOR.”

 

2 - Tradução na versão Revista – Bíblia de Jerusalém:

Levítico 19:28 “ Não fareis incisões no corpo por algum morto e, não fareis nenhuma tatuagem. EU sou Iahweh.”

 

3 -  Tradução de acordo com a Torah:

Levítico 19:28 “ E incisões por um morto, não fareis em vossa carne, e escrita de tatuagem não poreis em vós; EU sou o ETERNO.”

 

Como podemos observar, as palavras que aparecem no texto em Levítico a respeito de marcas pelo corpo são: escrita, marca, tatuagem e, incisões(obs.: incisões significa: corte, golpe, talho)Mas a questão é: Porque Yah(Yh) proibiu essa prática em meio a seu povo? 

Observem que as tatuagens mencionadas nos textos acima fazem menção a mortos. E, nisso há quem diga: "então, sendo assim, não estou comentendo nenhum erro, visto que não tatuo meu corpo pelos mortos!" Mas o que estes NÃO compreendem é o seguinte: o texto em Levítico 19:28, deixa claro duas situações: 

1ª - INCISÕES, a qual diz respeito a golpes na carne, pelos mortos;

2ª - ESCRITA/REGISTRO, a qual diz respeito a marcas no corpo. Neste caso, a proibição é para toda e qualquer situação e, não apenas no que tange aos mortos!

 

O entendimento a respeito dessa questão, leva-nos a dois pólos distintos: o Obedecer e o Desobedecer. O sujeitar-se a Elohim( princípio de Luz - Dependência), ou o agir por sua própria vontade( princípio das Trevas - Independência).

 

Vejamos o texto abaixo:

Destacxamos no texto acima 3(três) palavras, a saber:

Conforme texto acima, destacamos 3 palavras, a saber: 

 

Vale lembrar que a palavra KETOBET, é uma flexão do verbo KATAV ( כתב ), cujo significado no hebraico é: escrever, registrar e, alistar, dando-nos a idéia de algo definitivo, ou seja, de uma escrita definitiva, logo, a tradução do texto em Levitico, seria: “ Pelos mortos não golperás vossa carne e, nem fará sobre vossa carne, registo/escrita."

Dando sequência ao verbo Katav ( כתב ), este aparece três vezes nas Escrituras. Abaixo, podemos observar o verbo Katav em destaque flexionado nos textos:

Deuteronômio 27:3

Tradução:

Dt.27:3 – “ E havendo-o passado, escreverásכתבת - katavta ) nelas todas as palavras desta lei, para entrares na terra que te der YHWH, teu Elohim, terra que mana leite e mel, como te falou YHWH, Elohim de teus pais.”

 

Deuteronômio 27:8


Tradução:

Dt.27:8 – “ E naquelas pedras escreverásכתבת - pronunciamos: Katavta ) todas as palavras desta Lei, exprimindo-as nitidamente.”

 

YermYahu(Jeremias) 36:2

Tradução:

Jr 36:2 – “ Toma o rolo de um livro e, escreve (כתבת) nele todas as palavras que te tenho falado de YsraEl e, de Yehudah e, de todas as nações, desde o dia em que te falei, desde os dias de Josias até ao dia de hoje."

Como podemos observar nos textos mencionados em Deuteronômio e YermYahu( Jr), o verbo Katav é usado para denotar REGISTRO/ESCRITA/MARCA definitiva! E, é esse mesmo verbo que encontramos flexionado em Levítico 19:28. 

Portanto a ordem do Yahu foi essa: " Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis MARCA (כתבת) alguma sobre vós. EU sou YHWH."

Daí comrpreendermos que DUAS ORDENANÇAS foram dadas pelo Altíssimo em Levítico 19:28: 1ª) a proibição de golpear a carne pelos mortos e; 2ª) a proibição de fazer qualquer tipo de marcas no corpo.

 

A tradição judaica também fala sobre isso no Midrash “Kedoshim” dizendo:

Um judeu não pode tatuar seu corpo

”Nos tempos de outrora, sacerdotes da idolatria costumavam se tatuar. E, muitas vezes, as pessoas se tatuavam após a morte de um parente para mostrar como estavam tristes. A Torah proíbe um judeu de tatuar seu corpo. Esta lei nos mantém afastados dos idólatras e seus costumes.

Outra razão pela qual a Torah proíbe tatuagem é porque o corpo nos foi dado como um presente por Elohim. É uma mitsvá cuidar bem do corpo. 

 

2 - O que significa marcar o corpo pelos mortos?

 

No texto em Levítico, somos orientados por Yahu a não fazermos incisões por um morto em nossa carne e, nem fazermos escrita de tatuagem em nós.

Mas a pergunta feita  nessa análise contextual é: O que significa marcar o corpo pelos mortos? Significa o envolvimento do indivíduo no ritual de luto, com derramamento de sangue, de modo que com esse ato, abra-se uma “porta” de entrada para que o espírito se faça presente na vida do que se golpeia.

Por isso, encontramos mais uma vez Yah orientando o seu povo, a não se assemelharem aos povos das demais nações em suas práticas, conforme descrito no livro de Dt.14:1: “ Filhos sois de YHWH, vosso Elohim; não vos dareis golpes..”

O que se espera do crente não é a auto flagelação de seu corpo, por meio de práticas relacionadas à invocação ou, na prática de reverenciar aos mortos, mas sim, o contentamento com o agir do Yah(Yh) em sua vida e, na vida dos que estão a sua volta, visto que tudo o que Yah(Yh) faz é bom e, suas sentenças, perfeitas.

Entender isso é de grande importância, pois requer de nós RENÚNCIA e, FIDELIDADE! 

Assim sendo, pode até ser que alguém diga: " minha tatuagem não foi pelos mortos!", mas a questão que precisa fica bem esclarecido é o seguinte: tatuagem tem haver com MARCA e, também a GOLPES ( os quais ferem o corpo, fazendo-o sangrar).

Portanto, tomar conhecimento acerca do que significa marcar o corpo e, a sua origem, ajuda-nos a compreender o motivo pelo qual Yah(Yh) orientou o seu povo a não praticar tais atos, pois os mesmos estão relacionados a rituais de práticas místicas e, idolátricas, as quais são abomináveis perante os seus olhos.  Logo, como um povo separado para Elohim, que venhamos colocar em prática o que nos foi ensinado: “aquele que é santo, santifique-se ainda mais.”       

 

3 - O que há por detrás de uma Tatuagem?                     

O que geralmente as pessoas que marcam seus corpos não se atentam é, que por detrás de uma tatuagem, por mais simples que ela se pareça, há mensagens ocultas e, vínculos que se estabelecem no reino espiritual.

Na maioria das vezes, os que marcam seu corpo, não se dão conta das conseqüências desse ato no reino espiritual e, na forma como esse ato atuará nas diversas áreas de sua vida, confirmando o que nos foi ensinado: “por falta de conhecimento, o povo perece.”

A remodelação do corpo que nos foi dado por Elohim, afim de ser morada do seu Ruach, descreve a insatisfação do homem diante do que tem recebido e, nisso busca em si mesmo, a perfeição do que na verdade já é perfeito.

Surge então o culto ao corpo, a busca pelo perfeccionismo, o aumento e/ou estímulo a sensualidade, o culto a jovialidade, os quais levam o homem a cultuar e reverenciar a si mesmo, ao invés do Criador. (Rm 1:25)

Diante disso, na eminência da prática que lhe bate à porta, o que se faz neessário ter em  mente é:

1º -  Porque fazer a tatuagem?

2º -  Para que fazer a tatuagem?

3º -  Para quem fazer tatuagem? 

Daí reafirmarmos que o estar disposto a fazer a vontade do Yah(Yh), requer de nós a pré-disposição de renunciarmos a nossos “achismos”, ao nosso conceito humano de certo ou errado, a fim de vivermos os princípios de Elohim, tais como: obediência, submissão, humildade e dependência. Lembrando que esses princípios são vivenciados pela emuná (fé) que nos é concedida e, não por vista e/ou conceitos humanos.

Portanto se a sua resposta as perguntas feitas acima, estiverem relacionadas a sua própria vontade, fazendo porque acha bonito, porque viu em alguém e, sentiu vontade de fazer o mesmo, ou porque foi estimulado(a) por amigos, namorado(a), esposo(a), porque é moda, uma coisa é certa: o marcar seu corpo, encontra-se fora da vontade de Elohim. E o que está fora do contro da vontade de Elohim, NÃO resulta em honra e louvor ao Nome Yah(Yh).

E se porventura, sua resposta for do tipo: " tatuei para trazer no corpo a minha emuná(fé); "pra trazer o Nome daquele que é verdade em minha vida"! Ou então: " o Criador vê o interior e, é isso que importa pra ELE"! , você estará diante de um sério problema, a saber: a DESOBEDIÊNCIA, pois em nehum momento Yah(Yh) pediu para que os seus assim procedesse.

Assim sendo, aquele que anseia em agradar a quem se ama, OBEDECE. E a ordem dada foi: Não GOLPEI a vossa carne, nem faça mMARCA arca  alguma sobre vós.

O que as pessoas precisam se atentar é, o que está em foco não é o que elas pensam, não é o que elas acham, nem o que elas gostam, mas sim, o que fomos orientados a fazer. 

 

Há os que dizem: " mas eu não sabia que era proibido, como fico agora que conheço a verdade?"

O que precisamos ter em mente é o seguinte: com o Novo Nascimento, tudo se faz novo! Agora, pois, nenhuma condenação há para os que estão no Mashiach Yeshua, nosso Adon. Daí a importância de nos mantermos firmes e compromissados com o Reino de Elohim, pois na Obediência para com a vontade do Yah, o poder dEste é manifesto em nosso favor. Portanto, viestes para o Congregação do Yah com o braço, a perna, a orelha, o pescoço, as mãos, a língua e, os pés marcados? Não os lance fora! Cuide deles vivendo em novidade de vida, consagrando-se a Elohim e, mantendo-se na posição que fostes chamados, conforme nos é ensinado em :

1 Coríntios 7:18-24 " É alguém chamado, estando circuncidado? fique circuncidado. É alguém chamado estando incircuncidado? não se circuncide. A circuncisão é nada e a incircuncisão nada é, mas, sim, a observância dos mandamentos de Elohim. Cada um fique na vocação em que foi chamado. Foste chamado sendo servo? não te dê cuidado; e, se ainda podes ser livre, aproveita a ocasião. Porque o que é chamado pelo Adon, sendo servo, é liberto do Adon; e da mesma maneira também o que é chamado sendo livre, servo é de Mashiach(Ungido). Fostes comprados por bom preço; não vos façais servos dos homens. Irmãos, cada um fique diante de Elohim no estado em que foi chamado."

 

1 Tess.5:22-23 – Abstende-vos de toda a aparência do mal. E o mesmo Elohim de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso Ruach e, Nefesh e Corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis, para a vinda do nosso Adon Yeshua ha Mashiach(Ungido)"

 

Gl.2:20 – Já estou crucificado com Machiach; e vivo, não mais eu, mas o Mashiach(Ungido) que vive em mim; e a vida que agora vivo, na carne, vivo-a na fé do Filho de Elohim, O qual me amou e, se entregou a si mesmo por mim."

 

Portanto a obediência e a submissão a vontade do Yah é exercida pela fé, mortificando a nossa carne em Mashiach, de modo a nos apresentarmos NÃO como escravos, mortos em nossos desejos, MAS SIM vivos através daquele que nos vivificou e nos fez sacerdotes para Elohim.

Em razão disso, sugerimos que leiam todo o livro de 1ShamuEl 15, o qual leva a meditarmos sobre DECISÃO, sobre nossas ESCOLHAS, cientes que independentes se as mesmas forem boas ou más, teremos que arcar com cada uma delas.

Que venhamos pedir a Yah(YH) do seu Ruach de sabedoria, de conhecimento e, entendimento a cerca desse assunto, de modo que nossas escolhas e decisões estejam em harmonia com a sua vontade.

 

A origem da Tatuagem

Numa abordagem histórica e cultural.

 

A tatuagem não tem uma origem local certa, visto que é encontrada em vários lugares, dentre eles: Egito, cuja prática de inserir pigmentos sobre a pele, era praticada há mais de 4000 anos antes do Messias; na Ásia, pesquisas indicam que a tatuagem começou a ser difundida 2000 anos antes do Messias; nas Américas, estudos revelam que os índios norte americanos, como os da tribo Sioux, atribuíam a prática de tatuar o corpo, a questão religiosa e, do mesmo modo, as civilizações Maia, Inca e Astecas.

 

Na Oceania, onde encontramos os povos da Polinésia, Indonésia, e Nova Zelândia, a prática da tatuagem estava normalmente relacionada a religião. Dentre esses povos, encontramos os maoris, os quais se tornaram conhecidos pelos desenhos feitos nos rostos, chamados de “moko”. A religião era o que também motivava as tatuagens dos povos das antigas civilizações européias, como por exemplo: os celtas, vikings, normandos e saxões.

 

Alguns pesquisadores acreditam que a prática de tatuagens e outras modificações corpóreas, tais como desenhos à base de fogo e navalhas, foram introduzidas na cultura humana, a partir do orgulho e o reconhecimento que os homens obtinham ao voltarem de guerras e caçadas. Quanto mais cicatrizes um homem possuía, mais status ele alcançava no meio em que vivia.

 

Está a tatuagem relacionada ao paganismo?

 

A prática da tatuagem, de acordo com pesquisadores, está relacionada à origem e, ao crescimento de religiões pagãs e misticismo. Em razão disso, propusemo-nos a enumerar algumas publicações feitas em livros pró-tatuagem, cujos autores NÃO têm por objetivo inibir e/ou ir contra a sua prática, MAS SIM, mostrar a ligação espiritual e, a conexão religiosa existente na prática de marcar o corpo.

De acordo com esses autores, o fundamento, a origem, o propósito e o significado da tatuagem, encontra-se no paganismo, xamanismo, adoração a divindade Baal e, no misticismo ocultista.

Obs.: Xamanismo é um conjunto de crenças ancestrais que engloba práticas de magia e evocações para estabelecer contato com o mundo espiritual. Essa conexão permite ao xamã(líder espiritual) curar doenças, influenciar a natureza, facilitar a caça, adivinhar segredos, predizer o futuro, afastar o mal e, exercer funções de sacerdote.

Em algumas partes da África, foram encontradas múmias femininas com cicatrizes ornamental em toda a parte inferior do abdômen. A série de pontos e traços realizados, com o objetivo de obter proteção e fertilidade, estão ligados ao poder feminino primordial do universo - a maternidade.

 

Vejamos algumas dessas publicações:

1 - “Tatuar o corpo é muitas vezes um ritual mágico em culturas mais tradicionais e o tatuador é um sacerdote ou xamã respeitado.”

(Michelle Delio, Tattoo: The Exotic Art of Skin Decoration, p. 73)

 

2 - “Nas Ilhas Fiji, Formosa, Nova Zelândia e em certas tribos índias norte americanas, tatuar era visto como uma cerimônia religiosa levada a cabo por sacerdotes e sacerdotisas.”
(Ronald Scutt, 
Art, Sex and Symbol, 1974, p. 64)

 

3 – “O processo de tatuar um corpo, que envolvia rituais complexos e tabus, só poderia ser feito por sacerdotes, e estava associado a crenças que eram conhecidas apenas pelos membros da casta sacerdotal.… Hambly concluiu que, historicamente, tatuar se tinha originado em conexão com rituais antigos de escarificação( técnica de modificação do corpo que consiste em produzir cicatrizes no corpo através de instrumentos cortantes.) e sangria, que estavam associadas com práticas religiosas destinadas a colocar a alma humana em harmonia com forças sobrenaturais, e garantir a continuidade entre esta vida e a próxima.”

(Gilbert, Steve, Tattoo History: A Source Book, p. 158)

 

4 – O tatuador, o xamã ou o sacerdote ocultista muitas vezes usa a tatuagem como um ponto de contacto, ou zonas de entrada para o mundo espiritual. De fato, até ao século 20, a tatuagem foi sempre um veículo para invocações religiosas pagãs. Mesmo hoje, em muitos países ocidentais, acredita-se que a tatuagem é uma ponte para o mundo sobrenatural.

A respeito desse assunto, a famosa bruxa e autora Laurie Cabot escreve o seguinte sobre as tatuagens: As origens da tatuação estão relacionadas com artes mágicas antigas.”

(Laurie Cabot, Power of the Witch, cited in Masonic and Occult Symbols Illustrated by Dr. Cathy Burns, p. 301)

 

5 – De acordo com Amy Krakow na sua crônica:  The Total Tattoo Book, “tatuar sempre teve funções bem definidas: marcar um ritual de passagem duma fase da vida, invocar os espíritos, orgulhosamente, desafiadoramente ou, sorrateiramente mostrar quem tu és através da arte corporal.”

 

6 – Muitas tribos praticavam tatuação terapêutica, como por exemplo:  Os Ojibwa, os quais, tatuavam as têmporas, a testa e as bochechas daqueles que sofriam de dores de cabeça ou dores de dentes que eles julgavam terem sido causadas por espíritos malignosMúsicas e danças que eram supostas exorcizar os demônios acompanhavam a cerimônia de tatuação.  (Gilbert, Steve, Tattoo History: A Source Book, p. 90)

 

7 – “A tatuagem centra-se na personalização do corpo, tornando-o num verdadeiro corpo e templo digno do espírito que habita dentro dele. . .Tatuar o corpo, portanto, é uma forma de manter as necessidades espirituais e materiais do meu corpo em equilíbrio.”

(Michelle Delio, Tattoo: The Exotic Art of Skin Decoration, p. 8)

 

8 – O motivo pelo qual perfurar a pele pode ser considerado com algum grau de admiração não é difícil de encontrar, uma vez que, em primeiro lugar, há o derramamento se sangue – o que para o mundo selvagem é algo cheio de significado como um fator de rejuvenescimento e imortalidade. Há em adição a abertura de várias entradas por onde o mal pode penetrar. . .”

(Hambly Wilfrid D. 1925. The History of Tattooing and its Significance, p. 233, cited in Gilbert, Steve, Tattoo History: A Source Book, p. 162)

 

9 – “A revista Rolling Stone descreve o famoso artista tatuador durante a tatuação como alguém . . . . que permite que os seus demónios-clientes o ajudem a guiar a agulha.

(Rolling Stone magazine, March 28, 2002, p. 40)

 

10 – “Seja o que for, as tribos primitivas estavam sem dúvida, convencidas que o espírito, havendo escapado do corpo por altura da morte, retinha uma réplica do anfitrião terrestre. Devido a isso, eles usavam as tatuagens como identificação no próximo mundo e um passaporte para a futura felicidade.” (Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 63)

 

11 – “Entre outras tribos índias existia a convicção que durante a viagem em direção aos céus – em direção às “muitas moradias” – eles seriam parados por uma mulher velha e examinados (em busca de tatuagens na testa, no queixo ou no pulso). Se não houvesse alguma, o soldado desafortunado seria empurrado de um ponto alto e lançado na Terra sem esperança de alguma vez readquirir aceitação no mundo espiritual.”

(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 63)

 

12 – “Os Hindus em Bengal acreditavam que sem tatuagens os pais não seriam capazes de reconhecer os filhos no outro mundo.
(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 63)

 

13 – “Outras tribos defendiam que as mulheres sem tatuagens serviriam de comida para os deuses.”

(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 64)

 

14 – “No entanto, a adoração do deus-Sol baal envolvia a marcação das mãos com o sinal divino [tatuagens] numa tentativa mística de adquirir força.”

(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 64)

 

15 – De acordo com suas pesquisas e estatísticas, Ronald Scutt, em seu livro: Art, Sex and Symbol, 1971,p.13 lista as razões que levavam as pessoas a fazerem uma tatuagem.

Destacamos a 2ª, a 5ª, a 6ª e a 9ª razões, as quais são:

2. Garantir um lugar no céu.

5. Aplacar os maus espíritos na altura da morte.

6. Adquirir características especiais através do totemismo* e a adoração de ancestrais.

9. Tornar o corpo sexualmente interessante.

 

*Totetismo: conjunto de idéias e práticas baseadas na crença da existência de um parentesco místico entre seres humanos e objetos naturais, como animais e plantas. O conceito se refere a uma ampla variedade de relações de ordem ideológica, mística e etc.

 

16 – Estas tatuagens agem como talismãs protetores e conferidores de poder a quem o usa. Há até alguns artistas corporais que executam tatuagens ritualistas, piercing, marcações, e cortes. Eles podem até sugerir que tu consultes o teu quadro astrológico como forma de escolheres a melhor altura para fazer a tua arte corporal. Eles irão arder incenso e acender velas.”

(Jean-Chris Miller, The Body Art Book : A Complete, Illustrated Guide to Tattoos, Piercings, and Other Body Modifications, p. 29)

 

17 – Alguns tatuadores no Ocidente estão a experimentar tatuação ritualista. Este método de trabalho incorpora rituais para a criação deum espaço sagrado na área onde a tatuagem será posicionada. Usualmente incenso é queimado e os deuses convidados para abençoar os resultados.”
(Michelle Delio, Tattoo: The Exotic Art of Skin Decoration, p. 75)

 

Imagens de Tatuagens em povos antigos

 

A evidência mais antiga a respeito da tatuagem foi encontrada numa geleira perto do Monte de Similaun, na fronteira da Áustria com a Itália. Trata-se de Otzi ( apelido dado em razão do local onde foi achado em  1991), um homem que de acordo com análises genéticas, sua idade corresponde a 5300 anos. Em seu corpo foram achadas 57 tatuagens, dentre elas, uma que acompanhava toda a espinha dorsal, além de uma cruz numa das coxas, e desenhos tribais por toda a perna.

Segundo alguns pesquisadores, essas tatuagens possuíam significados religiosos, provavelmente para tratar os sintomas de doenças de que Otzi parece ter sofrido, como parasitas digestivos e artroses.

 

Imagens de Otzi

 

Señora de Cao – Dama de Cao.

Esse achado no norte do Peru, retrata-nos uma mulher que teria vivido por volta do ano  350 depois do Messias.  Além do seu suntuoso espólio, o que mais chamou a atenção dos pesquisadores, foi o processo de mumificação, o qual foi submetida, de modo que sua pele permanecesse intacta, facilitando dessa forma a visualização das inúmeras tatuagens existentes nos braços, pernas e pés , a quais retratam aranhas, serpentes e felinos estilizados.

 

 

Seria uma mera coincidência as tatuagens abaixo?

 

 

  

Observem que os mesmos desenhos retratados na pele da Señora de Cao (serpentes,aranhas, felinos), são os mesmos marcados na pele de pessoas nos dias de hoje. Daí a necessidade de compreendermos o que significa ser separado para Elohim, de modo que em obediência a ordem dada, façamos a diferença e, a diferença NÃO ESTÁ em sermos semelhantes as nações, MAS SIM, na obediência a vontade do Yah(Yh) Elohim.

 

Múmia Chiribaya – Sul do Peru

 

 

Na foto acima, podemos observar a mão tatuada da múmia de Chiribaya datada de 1200 anos, a qual foi encontrada ao Sul do Peru. Essa prática era comum entre os fazendeiros residentes na região de Chiribaya no período que vai de 900 a 1350 anos depois do Messias. 

 

A foto abaixo seria uma mera coincidência com a foto da múmia de Chiribaya?

 

 

 

Princesa Ukok – Sibéria Montanhas do Altai

 

 

 

   

Encontrada nas Montanhas do Altai - Sibéria, a múmia de uma mulher, a qual,acredita-se pertencido a uma família real ou, uma curandeira. Seu corpo foi encontrado em excelente estado de preservação em um permafrost localizado em um alto platô siberiano. Uma das peculiaridades presentes no corpo da princesa, que morreu há 2500 anos, eram as suas tatuagens no braço esquerdo, que ainda estava com parte da pele preservada.

Conhecida como Princesa Ukok, por conta do planalto em que foi descoberta em 1993, seu corpo estava praticamente intacto, contudo seu rosto e pele do pescoço haviam deteriorado, mas a pele de seu braço esquerdo sobreviveu, revelando sua elaborada arte corporal, a qual apresenta muitas semelhanças com as tatuagens de hoje. Em seu ombro esquerdo foi desenhado um animal mitológico, formado pelo bico de um cervo e os chifres de um capricórnio. 

 

Abaixo temos digitalizado, as tatuagens encontradas no corpo mumificado da Princesa Ukok

 

 

 

 

Abaixo temos digitalizado a reconstituição do rosto da Princesa Ukok, por especialistas em taxidermia

 

As tatuagens abaixo, seriam uma mera conscidência?

    

  

 

Sacerdotisa de 2000 anos antes do Messias.

 

 

Observem as tatuagens nas costas, mãos, braços e pernas da múmia abaixo. As linhas horizontais e paralelas à altura do estômago possivelmente estejam associadas a proteção contra gravidez ou doenças.

Segundos especialistas, as tatuagens em múmias femininas tinham efeito cosméticos, para realçar seus encantos.

 

Nativos da Polinésia, Filipinas, Indonésia e Nova Zelândia

Os nativos da Polinésia, Filipinas, Indonésia e Nova Zelândia (maori), tatuavam-se em rituais complexos, sempre ligados à religião. Os maoris se destacaram pela criatividade do Moko, tatuagem tradicional feita no rosto. No Taiti, segundo tradição local, a prática da tatuagem seria de origem divina.

 

 

A foto abaixo seria uma mera coincidência com os nativos da Oceania?

 

 

Por que a Tatuagem fica na pele?

Embora há quem acredite que o fazer tatuagem, é coisa "boba", coisa "pequena", que não tem "nada a ver ", o estudo que postamos com base nas Escrituras, deixam bem claro, que essa prática não é aprovada por Yahu. E cientificamente, podemos observar o que representa essa prática no corpo do indivíduo, onde para fixar as cores e o formato do desenho na pele, usa-se uma agulha com tinta, a qual penetra a epiderme - a parte superficial da pele - e deposita a tinta na derme, a camada embaixo da epiderme, que contém vasos sanguíneos e nervos.

 
Cada picada da agulha é uma ferida, à qual o corpo reage iniciando um processo inflamatório. Isso significa que o corpo vai enviar células do sistema imune para o local da ferida, e células especiais chamadas macrófagos vão 'comer' a tinta pra tentar limpar a inflamação causada por ela. O que sobrar acaba absorvido por células chamadas fibroblastos, que ficam na derme para sempre.
 
Como podemos perceber, a prática da tatuagem leva o indivíduo a GOLPEAR a própria carne e, a MARCÁ-LA. São essas práticas que Yah ordenou para que seu povo NÃO praticasse.
 
Portanto, ainda que alguém diga que, a tatuagem é proibida apenas quando feita pelos mortos e, tal proibição se deu no período da lei, tal afirmação é INCORRETA! Primeiro, porque de acordo com o texto em Levítico 19:28, a proibição dá-se em dois casos específicos: a) o GOLPEAR a carne pelos mortos e; b) o MARCAR o corpo, ação essa proibida em todas as hipóteses , até porque, para se marcar um corpo, faz-se necessário golpeá-lo e; SEGUNDO, porque o fato dessa ordenança constar na Lei, NÃO significa que nos dias de hoje, tal instrução do Yah(Yh) perdeu sua importância, visto que assim nos foi ensinado: "passará terra e céus, mas a minha palavra jamais passará." Mt 24:25.
 
 
Segue abaixo, o link no Youtube, para uma melhor visualização a respeito de como é feito a tatuagem na pele:
 

www.youtube.com/watch?v=DMuBif1mJz0

 

Tatuagens e seu simbolismo nos dias de hoje

 

Como podemos observar, o mesmo espírito que movia os homens do passado a marcarem sua pele, continua operando nos dias de hoje, estabelecendo dessa forma, vínculos tanto no reino visível, quanto no invisível, os quais  somente podem ser quebrados mediante o dom gratuito de Elohim, de modo a nos tornarmos separados para Yah(Yh), logo, NÃO CONVÉM nos assemelharmos as demais nações, as quais marcavam o corpo afim de obterem proteção; cura fertilidade, dentre outros. 

Façamos a diferença mediante agindo com FIDELIDADE para com Yah(Yh), pois como nos foi ensinado: " melhor é obedecer que sacrificar".

 

Fontes bibliográficas

1 – Bíblia Versão Revista e Atualiza – João Ferreira de Almeida

2 – Bíblia de Jerusalém – Versão Revista

3 – Torah

4 – Dicionário VINI – O Significado Exegético e Expositivo das Palavras do Antigo Testamento e do Novo Testamento – CPAD. W.E.Vini, Merril F.Unger, William White Jr.

5 – Dicionário Hebráico-Português e Aramaico-Português, 10ª Edição. Sinodoval/Vozes.

6 - https://www.mundodastatuagens.com.br/

7 - https://www.artenocorpo.com/568/tatuagens-femininas-de-laco

8 - www.seuhistory.com/noticias/video-especialistas-reconstituem-rosto-de-mumia-de-2500-anos

 

OBS: Caso tenha gostado de nosso estudo e, dos demais postados em nosso site, responda nossa enquete contida na Página Inicial e, desejando ser notificado a respeito das novas postagens feitas em nosso site, envia-nos seu e-mail.

Contato

Oholyao em Queimados RJ

oholyaodeiaurrushua@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode