Estudo Sobre o Uso do Véu na Oholyao

 
 
Há quem diga que para uma mulher é desonroso orar ou profetizar com a cabeça descoberta e, nisso muitos são os que ensinam que mulher NÃO pode cortar o cabelo, pois o cabelo da mulher é o seu véu. Outros não proibem o corte do cabelo, mas exigem o uso do véu quando estão em meio a congregação.
 
 
Diante disso, surge-nos a seguinte pergunta:
 
1 – por que é ensinado que é desonroso para mulheres terem cabelo curto e, não usarem véu?
 
2 – em que eles se baseiam para fazer tais afirmações?
 
3 – em que contexto social, histórico e, cultural está inserido o ensino ministrado por Shaul em relação ao uso de véu e, em relação ao cabelo das mulheres?
 
4 – a  Escritura determina para os dias de hoje, o uso do véu?
 
 
“Toda mulher orando ou profetizando descoberta com a cabeça desonra a cabeça dela;”
 
Como já abordamos no estudo anterior a Respeito das Mulheres na Congregação, a Cidade de Corinto, abrigava grupos sociais distintos, dentre eles: Yehudim, gregos e, Romanos. Esses grupos tinham suas particularidades no que diz respeito a costumes, tradições e, religiosidade.
 
É nesse contexto em que o processo de aculturação se torna uma presença marcante em Corinto, que começamos a entender as razões pelas quais Shaul trouxe para a Congregação, ensinos considerados por alguns “radicais, rígidos, machistas”.
 
Embora houvesse em Corinto, grupos sociais distintos, a cultura predominante era a grega, a qual era fortemente influenciada pelos viajantes romanos que por ali passavam. Essa influência exercida pela cultura Greco-romana na vida social, política, econômica e, religiosa dos habitantes de Corinto, estava sendo levada para dentro da Congregação dessa localidade. Dái, a preocupação de Shaul com os crentes alí estabelecidos, de modo a ensiná-los a respeito dos rudimentos fundamentais da emuna e, a respeito de doutrina, afim de que eles NÃO se deixassem influenciar pela cultura dominante naquela localidade.
 
 
O USO DO VÉU 
 
Tomando por base e/ou ponto de partida a Cidade de Corinto, a qual Shaul deu a orientação para que as mulheres fizessem uso do véu, o que podemos constatar é: Para os Yehudim, o uso do véu era um costume antigo, que representava a decência das mulheres por meio da Submissão e, as que não usavam véu, eram vistas por eles como prostitutas, mulher sem dignidade, sem honra.
 
No caso de Corinto, temos os seguintes grupo de mulheres: 
 
1º grupo - constituído por mulheres que possuiam cabelo comprido, mas NÃO usavam véu;
 
2º grupo - constituído por mulheres que tinham a cabeça raspada e, NÃO usavam o véu. 
 
Um ponto interessante a mencionarmos a respeito desses dois grupos de mulheres é que, em Corinto, a forma como se usava o cabelo determinava a posição social que a mulher ocupava na sociedade, ou seja, mulher com cabelo comprido, indicava dignidade, já a de cabeça raspada, podia indicar prostituta e/ou, mulher acusada de adultério.
 
Mas a questão é: por que Shaul diz que as mulheres deveriam usar véu? 
 
Antes de mais nada, precisamos nos atentar que o ensino do véu foi dado num determinado contexto cultural e geográfico. Esse tipo de ensino se deu unicamente em Corinto por diversas razões, dentre as quais já citamos acima: o cabelo determinava a posição que a mulher ocupava na sociedade.
 
Acontece que para serem inseridas na cultura judáica, fazia-se necessário aos que desejassem ser inseridos nessa cultura, aprender a respeito dos costumes existente em Corintos, tanto os que dizem respeito aos gregos, quanto ao Yehudim, afim de que assim fazendo, evitasse causar escândalo.
 
Vejam: na cultura judáica, é costume a mulher usar véu, como forma de SUBMISSÃO. Na cultura grega, mulher que tem cabelo curto e, cabeça raspada é desonroso! Diante disso, o que Shaul traz ao entendimento dos que alí se encontravam é: O QUE ENSINA A VOSSA CULTURA? Sé é desonroso ter cabelo curto, mantenha-o comprido e, desejando ser inserido na tradição judáica, use também o véu! Dessa forma, ele procura trazer ao entendimento, a COERÊNCIA, isto é, o fazer uso do que representa honra, humildade e, submissão nas duas culturas: quer seja na cultura judáica, quer seja na cultura grega.
 
Convém mencionarmos também o seguinte: o ensino ministrado por Shaul, é circunstancial e, não eterno! Pois se assim fosse, ele ensinaria as demais Congregações, como as que se encontravam em Tessalonica, Romanos, em Gálatas e, etc, a respeito desse assunto e, do mesmo modo, caso o uso do véu fosse um ensino estabelecido como eterno, os demais emissários também o transmitiria, o que NÃO OCORREU! Portanto, o uso do véu se deu em Corinto em razão das CIRNCUNTÂNCIAS que se davam naquela localidade, naquele determinado período: prostituição, adultério, insubmissão, rebeldia e, independência.
 
Nos dias de hoje, NÃO HÁ qualquer restrição bíblica, quanto ao corte de cabelo ou a proibição do uso de calças compridas para mulheres. O que se deve respeitar é o meio em que o crente está inserido, isto é, o que nesse meio representa honra, dignidade, obediência e, submissão, antentando-se sempre para o seguinte: nenhuma tradição e, costumes humanos estão acima das Escrituras Sagradas. Nenhuma tradição ou costumes humanos, são mais importantes que o valor da vida.
 
Assim sendo, não é o que vestimos; nem o que comemos; nem o que calçamos, que nos afasta do Yahu! Não é um brinco, nem um cordão, nem uma pulseira, que nos afastará do Yahu! Não é uma maquiagem, não é uma unha pintada, ou a ausência de um véu sobre a cabeça e, muito menos um cabelo curto, que nos afastará do Yahu, MAS SIM, a falta de misericórdia; a falta de justiça; a falta de verdade; a falta de emuna; a falta de amor..., mas para os que trazem consigo princípios de Luz, manifestando-os perante os que estão a sua volta, estes SIM, agradam a Yahu! Estes sim, andam em sua presença! 
 
Mas... lembramos que, no respeito ao próximo encontramos humildade e amor! E, no amor, quem ama ao próximo, com este NÃO faz guerra, ao contrário, com este procura viver em paz!
 
Portanto, havedo quem use véu sobre a cabeça, respeitemos! Mas havendo quem não faça uso do véu, respeitemos também.
 

Gostou do estudo postado, ou tem alguma pergunta a fazer, escreva-nos! Estamos à disposição dos que buscam o conhecimento da Verdade, pois como nos foi ensinado: "o conhecer a Verdade, torna-nos verdadeiramente livres!"

Comentário Sobre o Estudo Postado

Deixe aqui o seu comentário e, em caso de dúvidas a respeito do Estudo abordado, pergunte-nos afim de trazermos Luz ao nosso entendimento.

Contato

Oholyao em Queimados RJ

oholyaodeiaurrushua@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode