Perguntas, Comentários e, Respostas Referentes ao Estudo: Yeshua, o Nome do Ungido de Yah Elohim

 
Estamos compartilhando nesse tópico, os comentários e/ou perguntamos que recebemos, a respeito do estudo, no qual abordamos sobre o Nome do Ungido. As respostas dadas a cada um desses comentários, tem por objetivo esclarecer ao leitor a importância de se compreender acerca do que cremos e, a quem temos rendido louvor!
 
Caso você, tendo acesso a esse nosso tópico, não encontrar em meio aos comentários que recebemos, um que seja semelhante a sua dúvida, envia-nos sua pergunta, afim de somarmos no conhecimento da verdade. E, desde já, informamos que, no objetivo de preservarmos a privacidade do leitor, não divulgamos nome, nem e-mail. Colocamos nesse Tópico, apenas as perguntas e/ou comentários recebebidos através do nosso site.
 
 
Pergunta/Comentário nº1 : Saudações a Igreja. Eu estou em dúvida na questão do nome do  Salvador. É  Yeshua ou Yahushua?
 
Resposta: Começaremos nossa resposta, mostrando pra você o por quê, do nome do Ungido não ser Yahushua. Vejamos os apontamentos abaixo:
 
1º - porque, no período pós Exílio Babilônico, o nome tendo por significado YHWH Salvará, era grafado em sua forma REDUZIDA (ישוע) e, NÃO em sua forma plena/completa ( יהושע);
 
2º - porque, de acordo com a regra gramatical hebraica, quando a grafia YHW( יהו), a qual é uma das formas reduzidas do Tetragrama Sagrado, encontra-se no FINAL de nomes próprios , conhecidos por "teofóricos", tem por pronúncia: Yahu. PORÉM, quando YHW ( יהו), encontra-se no INÍCIO de nomes próprios "teofóricos", tem por pronúncia: Yeho/Yehu.
 
Infelizmente, há quem, por não ter esse entendimento gramatical, acha que YHW tem apenas 1(uma) pronúncia: Yahu, o que NÃO É VERDADE! Pois como já dissemos e, evidenciamos com base na gramática hebraica, dependendo da posição/sílaba que YHW estiver, sua prónúncia será diferente!! Ou seja, poderá ser Yahu ou Yeho/Yehu.
 
3º - porque, de acordo com a regra gramatical hebraica, a sílaba forte/tônica, encontra-se normalmente, no FINAL de sílaba! Daí, entendermos porque YHW no final de nomes próprios "teofóricos", tem por pronúncia Yahu, pois a sílaba forte é sinalizada por uma VOGAL, neste caso, o qamets gadol ( ), cujo som vocálico é: A, por isso pronunciamos: YermYahu; NetanYahu; ObadYahu; YeshaYahu...
 
Entretanto, como já dissemos, a partir do momento que, YHW muda de posição/sílaba, sua pronúncia, também muda!!! Ter esse conhecimento gramatical, faz toda diferença!!! Primeiro, porque, ajuda-nos a compreendermos acerca da flexão gramatical que a palavra sofre, quando esta muda de posição/sílaba! Segundo, porque, leva-nos a percepção de que, YHW não tem apenas 1 pronúncia, ao contrário! Dependendo da posição em que se encontra, sua pronúncia pode ser Yahu ou Yeho/Yehu.
 
Assim sendo, quando YHW, encontra-se no INÍCIO de sílaba, sua força/tonicidade,que no final de sílaba era sinalizada por uma VOGAL, perde força, sendo substituída por uma SEMIVOGAL , a saber:  o Sheva(:), cujo som é de um "e" breve/curto. 
 
É por essa razão que, a pronúncia da forma plena/completa do nome do Ungido é Yehoshua ( יהושע), tendo por significado: YHWH Salvará. 
 
Precisamos deixar bem claro o seguinte: a pronúncia de YHWH NÃO é a mesma de YHW!! A forma reduzida, YHW remete-nos a Pessoa do ETERNO, PORÉM, a pronúncia obtida de 3(três) consoantes, NÃO é a mesma, que se obtém de 4(quatro) consoantes! 
 
Diante do que já abordamos até aqui, podemos afirmar com certeza, o seguinte: no INÍCIO de sílaba, YHW tem por pronúncia Yeho/Yehu e, NÃÃÃÕOO Yahu, como muitos errôneamente afirmam. Por isso, lemos: Yehoshua( יהושע) ao invés de Yahushua! Yehokhanan( יהוחנן) ao invés de Yahukhanan! Yehuda( יהודה) ao invés de Yahuda! Yehudim( יהודים) ao invés de Yahudim... 
 
 
4º - o nome do Ungido é Yeshua, porque de acordo com evidências textuais, a saber: livro de Esdras e Neemias, o nome que encontramos com o significado: YHWH Salvará, encontra-se grafado na forma reduzida, denotando que, no período pós Exílio Babilônico, essa forma de escrita, passou a ser de uso corrente entre os Yehudim(judeus).
 
Também encontramos evidências arqueológicas, que corroboram com as evidências textuais e historiográficas, a respeito do uso "corriqueiro" e/ou comum do nome Yeshua, evidências essas, datadas do Século I EC e, em relatos de Flávio Josefo, onde em suas publicações no idioma grego, fez uso do nome Iesus, o qual é resultado de uma tentativa de se transliter para o grego, o nome hebraico Yeshua.
 
Outro ponto importante a ser mencionado, é o diz respeito ao sinal vocálico que acompanha a letra yod(y) no início do nome Yeshua. Vimos, que na forma plena/completa, ou seja, no nome Yehoshua, o sinal vocálico que acompanha a letra yod(y) é a SEMIVOGAL Sheva(:), que por ter um som curto/breve, torna a leitura de palavras longas, mais rápida. Já, no que diz respeito as palavras curtas, como é no caso do nome Yeshua, a letra yod(y) vem acompanhada pela VOGAL Tsere(..), cujo som, ao contrário do Sheva, é longo! 

 

5º - normalmente as pessoas acreditam que o nome do Ungido é Yahushua, em razão da má interpretação do texto que se encontra em Números 6:1-27, no qual, o Altíssimo estabelece várias regras/ordens a serem cumpridas pelos filhos de IsraEl e, somente após o cumprimento dessas ordens, caberia a Arão e seus filhos, proferirem uma benção sacerdotal, sobre os filhos de IsraEl, de modo que, o Nome do ETERNO passasse a estar sobre eles como um escudo/proteção e, NÃO especificamente na grafia de seus nomes. E, tanto é verdade essa interpretação que, podemos constatar na própria Escritura, que nem todo Yehudi(judeu), traz em seu nome, a grafia do nome do ETERNO, quer seja na sua forma reduzida, conhecida por Trigrama (YHW), quer seja na sua forma reduzida conhecida por Digrama (YH), conforme podemos observar no nome do rei David; do rei Shaul; do profeta Elisha( conhecido por Eliseu); do Sacerdote Eli; ShemuEl( conhecido por Samuel); DaniEl; Shimon Kefa ( conhecido por Simão Pedro), dentre outros!

 

Esperamos ter elucidado sua dúvida e, sugerimos que releia novamente os estudos em que abordamos esse tema e, sendo possível, assista também o vídeo que elaboramos a respeito do nome do Ungido Yeshua.

Segue os links para estudo:

www.oholyao-em-queimados-rj.com.br/estudos-escriturais/yeshua-o-nome-do-ungido-de-yah-elohim/ 

www.oholyao-em-queimados-rj.com.br/estudos-escriturais/o-verdadeiro-nome-do-messias-ungido/

 

Segue também, link do vídeo onde abordamos acerca do nome do Ungido :

www.youtube.com/watch?v=3x6eTWCi1m4&t=32s

 

 

Pergunta/Comentário nº2: "Caros amigos, não sei se vocês sabem, mas Yeshua não pode ser o nome do Messias, porque este é a forma reduzida do nome Yehoshua, cujo significado é bode que salva."

Resposta: Prezado, no começo de nossa caminhada, foi exatamente esse tipo de discurso errôneo que nos "ensinaram"! PORÉM, tem um ensino nas escrituras  ( Rm 5:3-5) que nos diz o seguinte: " a paciência produz a experiência e, a experiência produz a esperança e, a esperança não traz confusão" . E, é exatamente esse processo que aconteceu conosco! 

Sabemos que todo começo, para quem nunca ouviu falar acerca do Nome do Altíssimo e do Ungido nas Escrituras hebraicas, vê naquele que fala uma ou outra palavra em hebraico, um conhecedor profundo desse idioma, o que nem sempre é uma verdade! Por isso, muitas informações repassadas, sem nenhum respaldo textual; gramatical; histórico; linguístico e arqueológico, são aceitos por alguns como sendo verdadeiros, porque, quem os recebe, não exercitam a paciência necessária para se alcançar o conhecimento e, sem o conhecimento, como poderão dar testemunho de sua emunah? Como terão experiência acerca do que creem? Como preservarão em si a esperança, de modo a se tornarem para seus irmãos, uma fortaleza?

Veja bem... afirmar que o nome do ungido não pode ser Yeshua, por acreditar que "Ye"  ou "ez" no hebraico tem por significado bode, NÃO FAZ SENTIDO! E, sabem por quê? Vejamos as respostas:

a) Primeiro, porque se assim fosse, todas as palavras hebraicas que começam com Ye, seriam associadas a bode, o que NÃO É VERDADE, conforme podemos observar nas palavras abaixo:

I - YEdidah( amado); 

II - YEgiah( fadiga/cansaço);

III - YEarim( florestas); 

IV- YEqaha( obediência); 

V - YErusa ( conquista/ocupação/herança/patrimônio/possessão);

VI - YEvarech(abençoará); 

VII - YEchazek (fortalecerá); 

VIII - YErushalaiym (conhecido por Jerusalém), dentre outros! 

 

b) Segundo, porque, assim como em qualquer outro idioma, no hebraico, as palavras se flexionam quando mudam de posição na sílaba, como ocorre na formação de nomes próprios "teofóricos", onde temos o Trigrama( יהו - Yhw). Já vimos que, no INÍCIO desses nomes, יהו(Yhw) tem por pronúncia Yeho/Yehu, conforme podemos observar nos exemplos a seguir: YEHOshua; YEHOiaquim; YEHOsef; YEHUda; YEHUdim ... PORÉM, no FINAL de nomes próprios, יהו(Yhw) tem por pronúncia Yahu, conforme os exemplos a seguir: NetanYAHU; ObadYAHU; YeshaYAHU; ElYAHU...

Essa flexão ocorre, em razão da sílaba tônica no hebraica, encontra-se na ÚLTIMA sílaba. Por isso, quando YHW encontra-se no final de nomes próprios, sua tonicidade é marcada por uma VOGAL, a saber: o qamet gadol, cujo som é "A". Daí, lermos Yahu. PORÉM, quando YHW se afasta da ÚLTIMA sílaba, indo para o INÍCIO desta, sua VOGAL perde força e/ou tonicidade, sendo substituída por uma SEMIVOGAL, a saber: o Sheva, cujo som é "E".

Percebeu a importância do conhecimento gramatical, para a compreensão das mudanças e/ou flexões que as palavras sofrem no idioma hebraico?

c) Terceiro, porque, de acordo com a regra gramatical hebraica, verbos quando conjugados na 3ª Pessoa do futuro, SEMPRE começam com YE. Daí, compreendermos o que nos foi revelado no livro de MatitYahu 1:21 "ela dará à luz um filho, a quem chamarás Yeshua; porque Ele SALVARÁ ( verbo salvar conjugado na 3ª Pessoa do Futuro)o seu povo dos seus pecados".

Infelizmente, nem todos que se colocam a falar a respeito de hebraico, atentam-se para as regras gramaticais desse idioma! Não se atentam para o fato de que, os verbos se flexionam! E, por assim ser, ao se flexionarem, sua grafia muda, porém, seu sentido permanece!! Um exemplo que podemos citar, para ajudar-nos na explicação do que estamos falando é o nome Yosef, o qual tem por significado Yhwh acrescentará, sendo oriundo do verbo Yasaf, cujo significado é adicionar; aumentar; dar continuidade.

Observem que o verbo Yasaf está no infinitivo e, ao ser conjugado na 3ª Pessoa do Futuro, temos Yesef, cujo signifado é: adicionará/aumentará. Percebeu a mudança/flexão sofrida pelo verbo, de modo que, a pronúncia no infinitivo, tendo por pronúncia inicial "Ya",  é diferente da pronúnica conjugada na 3ª Pessoa do futuro, a qual tem por pronúncia inicial Ye, mas SEM PERDER a raiz e/ou o sentido de seu significado?

Portanto, esse discurso, no qual se afirma que Yeshua, não pode ser o nome do Ungido, porque o Ye de Yehoshua tem por significado bode, NÃO passa de INVENÇÃO sem pé e sem cabeça! 

 

 

Pergunta/Comentário nº3: A paz Irmão. Por que o nome do Messias não pode ser Yehoshua?

Resposta: Shalom! O nome do Ungido, com base em evidências textuais, histórica; arqueológica, foi grafado na forma reduzida e, NÃO na forma plena/completa!

Como já abordamos em nossos estudos a respeito desse assunto, antes do exílio babilônico, o que encontramos em evidências textuais, tais como: Exodo;  Números; 1Cronicas; é a forma Yehoshua, cujo significado é: Ele salvará, PORÉM, após o exilio babilônico, o uso dessa grafia deixou de ser "comum", "corriqueiro", conforme podemos constatar nos textos de Neemias; Esdras, onde no lugar de Yehoshua, passou-se a adotar forma reduzida, a saber: Yeshua, que embora, tenha grafia diferente de Yehoshua, possui o mesmo significado deste, a saber: Ele Salvará!

Em textos históricos, como por exemplo, o de Flávio Josefo, datados do Século I EC, escritos em grego, também encontramos evidências de que a forma reduzida Yeshua, era de uso corrente em meio aos Yehudim(Judeus). E, como constatamos isso? E, a resposta é: observando nesses textos a presença do nome Iesus, o qual é resultado da tentativa de se transliterar para o grego, o nome hebraico Yeshua. 

Outra evidência que encontramos para corroborar que o nome Yeshua era de uso corrente no período pós exilio babilônico, são os ossuários datados do século I EC. Nestes, é possível vermos grafado o nome Yeshua.

Sugerimos que você acesse novamente nossos estudos: 

Segue os links para estudo:

www.oholyao-em-queimados-rj.com.br/estudos-escriturais/yeshua-o-nome-do-ungido-de-yah-elohim/

www.oholyao-em-queimados-rj.com.br/estudos-escriturais/o-verdadeiro-nome-do-messias-ungido/

 

Segue link do vídeo onde abordamos acerca do nome do Ungido :

www.youtube.com/watch?v=3x6eTWCi1m4&t=32s

 

 

Pergunta/Comentário nº 4: Yeshua, é o nome que os judeus ortodoxos que não crêem que o Mashiach já veio, usam para negar o nome Yehoshua, substraindo deste a consoante hebraica " ה ".

Resposta: Como assim, a retirada da letra "ה" no nome Yehoshua, resultou em Yeshua? E, em que você se baseou para afirmar que o nome Yeshua foi adulterado pelos judeus ortodoxos? Como assim o uso da forma reduzida Yeshua é resultado de uma adulteração, se o significado deste, mantém-se idêntico a sua forma plena/completa?

Vejamos...

A nível de esclarecimento, encontramos nas Escrituras, outros exemplos de nomes, cuja grafia aparece em sua forma plena e, também em sua forma reduzida, como é no caso do nome Yehoiaquim e Yoaquim, os quais, pesar da diferença na escrita, possuem o mesmo significado, a saber: Yhwh levantará. E, nisso perguntamos: por acaso a redução da forma plena/completa, também foi uma ação dos judeus ortodoxos? E, a resposta é: Claro que NÃO! E, com base em que, assim afirmamos? E, a resposta é simples, porém, exige o seguinte conhecimento histórico: o Judaísmo Ortodoxo surgiu no Século XIX EC, logo, afirmar que estes corromperam o nome Yehoshua ao retirar deste a letra H, é uma ação ANACRÔNICA! Pois como seria possível a um segmento religioso, fundado em pleno Século XIX EC, corromper um nome que o antecede milhares de anos?? Faz sentido isso? 

Precisamos ter bem conceituado em nossa mente o seguinte: o fato do nome Yeshua ser a forma reduzida do nome Yehoshua, NÃO SIGNIFICA que a forma correta do nome do Ungido seja Yehoshua! Pois como já dissemos e, voltamos a respetir, o que as evidências textuais; históricas e arqueológicas nos revelam é que, o nome comum no período do Ungido, tendo por significado: Ele salvará, é Yeshua. 

Esperamos ter conseguido responder seu comentário, com sensatez, sabedoria e, conhecimento!

 

Gostou do nosso site? Deseja receber notificações das postagens que fazemos nele? Responda a enquete que criamos em nossa página principal e, envia-nos seu e-mail informando que deseja receber noticações do nosso site!

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode