Pergunta nº 4 - Sendo o Criador Onisciente e, por não levar em conta o tempo da ignorância, quando O invocamos, fazendo uso de outros nomes, Ele não nos responde?

 

Não! O Altíssimo não nos ouve, quando o invocamos por um nome que não é o Seu! E, para compreendermos acerca disso, faz-se necessário termos em mente o seguinte: o termo e, o nome pelo qual nos reportávamos ao Criador e, outros ainda continuam se reportando, não constam nos Escritos Hebraicos.

Assim sendo, uma vez pois, que fazíamos uso de termos e, nome greco-latino, para se referir ao Criador, como esperarmos obter do Altíssimo, alguma resposta? Porventura, é possível obtermos da verdade, mentira? E, da justiça, injustiça?

Sabemos que, de imediato tais palavras nos parecem duras de se ouvir e, muitos chegam a ficar impressionados! Mas... precisamos entender que, o meio pelo qual interagimos com seres espirituais é, através de nossa fala, ou seja, para chamarmos alguém que não vemos, só mesmo invocando o seu nome.

Vejamos o texto abaixo:

Yohanan(Jo) 9:1 " sabemos que Elohim não ouve a pecadores; mas, se alguém for TEMENTE a Elohim, e FIZER a sua VONTADE, a esse ELE ouve."

Mt 12:46-50 “ E, falando ele ainda à multidão, eis que estavam fora sua mãe e seus irmãos, pretendendo falar-lhe.

E disse-lhe alguém: Eis que estão ali fora tua mãe e teus irmãos, que querem falar-te. Ele, porém, respondendo, disse ao que lhe falara: Quem é minha mãe? E quem são meus irmãos? E, estendendo a sua mão para os seus discípulos, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos; Porque, qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, e irmã e mãe.”

 

Como podemos perceber, somente os que são tementes ao Criador e, fazem a sua vontade e, O servem com fidelidade, por Ele são ouvidos! Portanto, a pessoa pode ser a mais sincera possível, pode ser uma pessoa de oração e, vida reta..., mas se sua integridade estiver atrelada aos nomes greco-latinos, far-se-á necessário, o Nascer de Novo! Far-se-á necessário compreender que, aquele que invocamos, é quem nos governa!

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode