Fanatismo - Um mal que precisa ser evitado

 
Abordarmos esse assunto, faz-se necessário pela seguinte razão: Ninguém se torna melhor que o outro pelo que tem, nem pelo que é! Como assim? Alguém pode ser perguntar! E, é exatamente isso que temos por objetivo comentar nessa postagem.
 
É muito comum nos depararmos com pessoas que por se encontrarem em uma boa condição financeira, julgam-se melhor que as demais pessoas, cuja condição financeira não se equipara a delas ! Outras, por acreditarem que estão na Verdade Absoluta, veem os que estão a volta como "perdidos", mentirosos! Há também quem se faça de "miserável", por acreditar que o Reino dos céus, não será ocupado por ricos! E, por incrível que pareça, há quem toma o hebraico como um idioma puro, mas tão puro que, veem as demais línguas(idioma) como algo sujo; corrompido; pagão...
 
É tanta coisa que vemos e, ouvimos que, chegamos a nos perguntar o seguinte: "o que o Ungido diria e faria diante dessas coisas"? Provavelmente faria o mesmo que nos é relatado nas Escrituras! Repreenderia; chamando a atenção destes que, se dizendo conhecedores da Verdade, não colocam em prática a essência da Verdade e, que essência é essa? E, a resposta é: o Amor!
 
Por incrível que pareça, há quem por acreditar que está no caminho certo, ao invés de testificar a veracidade do caminho em que anda, prefere olhar para o caminho que o outro segue! E, assim fazem, não com o objetivo de trazer luz; desfazer armadilhas/ciladas ou, tampar buracos, mas sim, com o objetivo de lançar pedras no caminho em que o outro caminha... escarnecer do caminho que o outro segue...
 
São nessas atitudes que percebemos nitidamente o FANATISMO! O fanatismo de quem por achar sua escolha melhor que a do outro; por achar sua religião melhor que a do outro; por achar sua pregação melhor que a do outro, dificulta o resplandecer da Luz; a prática da justiça; da bondade; da humildade; da emunah! 
 
Atentem-se para o seguinte fato: Onde há fanatismo, NÃO existe Shalom! Onde NÃO há Shalom, NÃO há diálogo! Onde NÃO há diálogo, Há Guerra! Portanto, bom é que tenhamos em mente o seguinte: O fanatismo NÃO é e, NUNCA foi agregador, ao contrário! O fanatismo sufoca; o fanatismo espalha! Onde o Fanatismo se faz presente, o amor NÃO reina! Logo, onde o amor não reina, a Verdade não encontra espaço para atuar!
 
Assim sendo, uma vez pois, resgatados em amor e, no amor somos revestidos, não faz sentido nos colocarmos acima dos outros, uma vez que, tal resgate não se deu por nós mesmos! Não sejamos fanáticos, mas sim, misericordiosos! Não sejamos fanáticos, mas sim, justos! Não sejamos fanáticos, mas sim, honestos! Não sejamos fanáticos, mas sim, verdadeiros! Não sejamos fanáticos, mas sim, bom ouvinte! Sejamos sábios! Sejamos humildes!
 
Não estamos aqui ensinando que devemos deixar de lado, o que confiamos! O que estamos ensinando é: no fanatismo NÃO há justiça! 
 
Diante disso, Não há por que agredirmos aqueles que um dia poderão vir a caminhar conosco! Ouvir o que apregoamos! Servir a quem servimos! Não há por que entrarmos em guerra pela simples razão de nos acharmos melhor que o católico; que o protestante; que o espírita; que o budista... não somos melhores que estes! Somos tão somente servos do Elohim vivo! Se há algo em que devemos nos alegrar, que nos alegremos nisso!
 
O conhecer a cultura judáica não me torna melhor que aquele que não a conhece! O falar hebraico não me torna melhor que aquele que não fala esse idioma! O fazer parte da Congregação do Eterno, não me torna melhor que aquele que não faz parte dela! Não nos coloquemos na posição de superioridade... pois aquele que a si mesmo se honra, já recebeu o que tanto deseja, mas aquele que se mantém na posição de servo, pelo seu Adon é honrado!
 
Aquele que zela pelo que crê, ou pelo o que acredita ser, NÃO age com fanatismo, mas SIM, com respeito ao próximo!

Contato

Oholyao em Queimados RJ

oholyaodeiaurrushua@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode