Há Quem Não Quer Receber Conselhos!

Há pessoas que não querem receber conselhos! Elas querem encontrar quem resolva seus problemas, como se acreditassem que o mundo gira em torno delas e, assim sendo, nada mais que normal, absterem-se de suas responsabilidades, transferindo e/ou, sobrecarregando a terceiros, com seus problemas, como se fosse obrigação destes, resolve-los!

 

Uma coisa que precisamos ter em mente é que, cada um de nós, somos responsáveis pelos frutos de nossas escolhas!

Cada um de nós, precisamos ter em mente que aquilo que plantamos é exatamente o que colhemos! Logo, não podemos plantar vento, achando que não colheremos vendavais… se queremos colher bons frutos e, descansarmos a sombra de uma árvore, precisamos primeiramente trabalharmos m prol do plantio da árvore, afim de obtermos dela seus e, a sombra para saborearmos o que da árvore colhemos!

 

Não podemos achar que para tudo que que precisamos ter, não se faz necessário o esforço! Ao contrário, o esforço e, a perseverança se faz necessário, de modo que no tempo certo, alcancemos a recompensa do que plantamos, mas... há quem não quer ter esforço algum, para obter o que precisa e, muito menos ouvir conselhos que o instrua no plantio certo! Estes querem tão somente degustar o fruto daqueles que trabalham.

 

A vida desses é como linha em carretel, vive enrolada! E pra desenrolar, requer paciência, humildade, de modo que consigam aproximar o nariz da boca, mas o resultado desse desenrolar, eles querem pra ontem!

 

Realmente há pessoas que não querem ouvir conselhos! O que eles querem é encontrar quem resolva seus problemas! Querem alguém que pague suas contas, que cuide de seus filhos, que resolva seus conflitos familiares, que lhe empreste dinheiro a perder de vista, que façam por eles, o que eles mesmos não tem coragem de fazer pelos outros! Querem ser servidos, mas não estão dispostos a aprender a servir!

 

E, quando se veem aflitos, perdidos em suas más escolhas, não se atentam para o que tem plantado, mas sentem o gosto amargo dos frutos que tem colhido! E, na ausência do que precisam, buscam na terra alheia, o seu sustento!

 

E quanto mais comem do que lhe é dado, nunca ficam satisfeitos, pois neles não há humildade para reconhecer que é hora de mudar! Que é hora de tratar a terra, de torná-la fértil, apta para o plantio e, consequentemente, apta para produzir bons frutos!

 

O comodismo, o desânimo, a preguiça, a desobediência, a inveja, a amargura, a soberba, geram nestes uma instabilidade emocional, física e, espiritual, a ponto de impedir-lhes de enxergar a luz no fim do túnel e/ou uma bóia em meio ao mar! Estes não querem ouvir conselhos! Eles querem quem resolva os seus problemas! E, para isso, colocam-se na condição de pobre coitado(a)! E, nesta condição de: “ ninguém me entende!”, “ninguém me ama!”, “ninguém me quer!”, tornam-se cada vez mais, prisioneiros do mundo que os governa.

 

Cada um de nós tem diante de si uma escolha, uma decisão a tomar: dar um passo para grandes mudanças em nossa vida; ou permanecer dando passos que nos levam a lugar algum!

 

Por isso, temos aprendido que na multidão de conselhos, encontramos sabedoria, encontramos vitória, mas na falta destes, tropeçamos e, caímos! Prov.11; Prov 24

 

Precisamos aprender a ouvir e, pela emunah(fé), colocarmos em ação o que temos aprendido! E, assim sendo, que sejamos diferentes! Que façamos diferente! Que nossas escolhas resultem em nossa vida, frutos de alegria! Pois até no que diz respeito ao que plantamos, precisamos saber o tempo certo para plantio, para podermos colher no tempo certo, os frutos de nossa colheita! Mas..., para isso, precisamos aprender a ouvir os bons conselhos, as boas instruções daqueles que já alcançaram a sabedoria e, estão aptos a ensinar!

 

A humildade, leva-nos a sermos bons ouvintes! A humildade, leva-nos a agirmos com sabedoria!

Contato

Oholyao em Queimados RJ

oholyaodeiaurrushua@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode