Sacrificou Abraão, àquele a quem mais amava?

 
 
Um ensino que permeia a mente de muitos é: Abraão em obediência a ordem do Criador, matou seu filho amado! Há quem apregoe e, nós um dia também pensávamos dessa forma, que Abraão embora não tenha matado fisicamente seu filho, dentro de si, ou seja, em pensamento, ele assim fizera! Mas é isso mesmo que as Escrituras nos revelam? Poderia alguém, que aguardava pelo cumprimento de uma promessa, após esta se tornar uma realidade em sua vida, abrir mão da mesma, entregando o que recebeu à morte?
 
Assim sendo, através desse texto, propomo-nos o seguinte: a meditação de um assunto fundamental e, de grande importância para os crentes, a saber: Na OBEDIÊNCIA, ao invés de morte, o que se tem é vida!
 
Gn 22:1-12 " Passado algum tempo, Elohim pôs Abraão à prova, dizendo-lhe: "Abraão! " Ele respondeu: "Eis-me aqui". disse Elohim: "Tome seu filho, seu único filho, Isaque, a quem você ama, e vá para a região de Moriá. Sacrifique-o ali como holocausto num dos montes que lhe indicarei... Abraão pegou a lenha para o holocausto e a colocou nos ombros de seu filho Isaque, e ele mesmo levou as brasas para o fogo, e a faca. E caminhando os dois juntos, Isaque disse a seu pai Abraão: Meu pai! Sim, meu filho, respondeu Abraão. Isaque perguntou: As brasas e a lenha estão aqui, mas onde está o cordeiro para o holocausto? Respondeu Abraão: Elohim mesmo há de prover o cordeiro para o holocausto, meu filho. E os dois continuaram a caminhar juntos. Quando chegaram ao lugar que Elohim lhe havia indicado, Abraão construiu um altar e sobre ele arrumou a lenha. Amarrou seu filho Isaque e o colocou sobre o altar, em cima da lenha. Então estendeu a mão e pegou a faca para sacrificar seu filho. Mas o Anjo de YHWH o chamou do céu: "Abraão! Abraão! " "Eis-me aqui", respondeu ele. "Não toque no rapaz", disse o Anjo. "Não lhe faça nada. Agora sei que você teme a Elohim, porque não me negou seu filho, o seu único filho. "
 

Meditando no texto acima, dois pontos nos chamam a atenção, são eles:

1 - quando é ordenado a Abraão sacrificar seu único filho, o qual ele amava;

2 - quando é dito a Abraão que ele deu testemunho de emunah(fé).

 

Alguns podem se perguntar, mas o que esses pontos tem haver com o tema desse texto para meditação? E, a resposta é a seguinte: Esses pontos nos levam a perceber que, ao contrário do que muitos imaginam e, apregoam, Abraão em nenhum momento desejou a morte de seu filho único! Em nenhum momento Abraão o matou, nem sequer em seu pensamento e/ou em seu coração! O que Abraão fez, foi tão somente OBEDECER a palavra do Yahu(YHW). E, no momento em que ele decidiu OBEDECER, NÃO houve a necessidade dele matar àquele a quem tanto amava!  A obediência de Abraão resultou no resgate de Isaque!

Assim sendo, ao invés de ter a certeza de que o filho seria morto, Abraão tinha a seguinte certeza: que na sua OBEDIÊNCIA, Yahu(YHW) pouparia a vida de seu filho! Por isso, o resultado de sua escolha resultou em benção, resultou em vida! O fazer a escolha certa, NÃO traz sobre nós prejuízo, ao contrário, traz-nos lucro! Portanto, melhor é obedecer que sacrificar! E, foi exatamente isso que fez Abraão: OBEDECEU para que não houvesse a necessidade de sacrificar seu filho!

Contato

Oholyao em Queimados RJ

oholyaodeiaurrushua@gmail.com

Pesquisar no site

© 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode